História do tênis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gravura do jeu de paume de 1632

O esporte que atualmente é conhecido como 'Tênis' originou-se no século XIX, na Inglaterra, sendo o descendente direto do que hoje é conhecido como "Ténis real" ou "Jeu de paume" (que continua a ser jogado hoje como um esporte separado com regras mais complexas).[1]

O torneio mais antigo de tênis no mundo, o Torneio de Wimbledon, foi realizado pela primeira vez em Londres em 1877.[2] Essa primeira edição gerou um debate sobre a padronização das regras do esporte.

Em 21 de Maio de 1881, a United States National Lawn Tennis Association foi fundada para padronizar as regras e organizar as competições. O U.S. National Men's Singles Championship, hoje o US Open de tênis, foi realizado pela primeira vez em 1881, em Newport, Rhode Island. O torneio feminino se estabeleceu em 1887. O esporte também era popular na França, com o Aberto da França datando de 1891. Assim, Wimbledon, o US Open, o Aberto da França e o Aberto da Austrália (de 1905) tornaram-se os eventos de maior prestígio no tênis, algo que se mantém até hoje. Juntos, esses torneios são chamados de Majors ou Slams (termo retirado do basebol).

As regras mais abrangentes foram promulgadas em 1924, pela Federação Internacional das Regras de Tênis, hoje conhecida como Federação Internacional de Tênis, e se mantém até os dias atuais, com a principal alteração sendo a adição do tie-break, desenvolvido por Jimmy Van Alen. No mesmo ano, o esporte se retirou dos Jogos Olímpicos, tendo retornado somente em 1984, como um evento promocional. O sucesso do evento foi tão grande que o COI decidiu reintroduzir o tênis como um esporte olímpico na edição de 1988, em Seul. A Copa Davis, a principal competição internacional entre as federações nacionais, existe desde 1900.[3] A versão análoga para as mulheres é a Fed Cup, iniciada em 1963.[4]

Real Tennis[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Ténis real

No período medieval uma forma de tênis é descrita como tênis real. O Real tênis evolui nos últimos três séculos, de um jogo primário que envolvia bola ao redor século XII na França, na qual, continha golpear uma bola com a mão uma única vez e depois com uma luva.[5][6] No século XVI, a luva se torna uma raquete, e o jogo tinha-se movido para uma área fechada, e as regras começaram a ser estabilizadas. O Real tênis começou a ganhar popularidade na realeza europeia, alcançando grande fama ainda no século XVI.

Origem do Tennis atual[editar | editar código-fonte]

Real tenis raquetes e bolas. Cahusac no tradicional Falkland Palace Royal Tennis Club.

Tênis é mencionado na literatura pela primeira vez em meados do final da Idade Média em The Second Shepherds' Play (c. 1500) pastores dão três presentes, incluindo uma bola de tênis, no nascimento de Cristo. E Sir Gawain, um cavaleiro do Rei Arthur da távola redonda, joga uma partida de tênis contra um grupo de 17 gigantes em um The Turke and Gowin (apox. 1500).[7][8]

Entre 1859 e 1865, em Birmingham, na Inglaterra, o major Harry Gem, um advogado, e seu amigo Augurio Perera, um comerciante espanhol, combinaram elementos do jogo de raquetes e pelota basca e o jogaram em um gramado de críquete em Edgbaston.[9][10] Em 1872, os dois homens se mudaram para o Leamington Spa e, em 1874, com dois médicos do Hospital Warneford, fundaram o primeiro clube de tênis do mundo, o Leamington Tennis Club.[11]

Evolução[editar | editar código-fonte]

Nos primórdios do tênis, em 1870, o esporte se baseava em tentar derrotar o adversário usando slices, topspins e largadinhas, e os tenistas iniciam os pontos com o Saque por Baixo. O saque por cima da cabeça demorou até a década de 1890 para ser executado[12].

De 1890 e 1960, as mudanças foram acontecendo devagarinho, com a introdução do chamado "saque e voleio", que muitos jogadores passaram a intercalar com pontos jogados do fundo de quadra. Também foi nesse momento que as empunhaduras diferentes foram surgindo[12].

Em 1968, após denúncias de lavagem de dinheiro envolvendo tenistas menos expressivos, iniciou-se a era aberta, onde todos os jogadores poderiam competir em todos os torneios. Com o estabelecimento da era aberta, também iniciou-se o circuito profissional internacional, aumentando a receita e a popularidade do esporte pelo mundo. Com isso, o jogo foi ficando cada vez mais dinâmico; surgiu o backhand de duas mãos e alguns jogadores passaram a ir melhor com o revés do que com o forehand. Nos anos 1980 teve início a revolução dos materiais, principalmente as raquetes, sumindo de vez com as de madeira[12].

Os novos equipamentos permitiram que os tenistas imprimissem cada vez mais potência nas bolas, aumentando a variação de golpes e permitindo que eles jogassem cada vez mais dentro de quadra. As partidas ficaram cada vez com pontos mais longos e com os atletas subindo cada vez menos à rede[12].

Referências

  1. The History of Tennis Arquivado em 23 de julho de 2011, no Wayback Machine. (em inglês) Acesso em 7 de Janeiro de 2012
  2. Wimbledon - History (em inglês) Acesso em 7 de Janeiro de 2012
  3. Davis Cup - History - Davis Cup History (em inglês) Acesso em 7 de Janeiro de 2011
  4. Fed Cup - History - Fed Cup History (em inglês) Acesso em 7 de Janeiro de 2012
  5. Clerici, Gianni (1976). Tennis. London: Octopus Books. p. 21. ISBN 9780706405231. OCLC 16360735 
  6. Schickel, Richard (1975). The World of Tennis. New York: Random House. p. 32. ISBN 0-394-49940-9 
  7. Gillmeister, Heiner (1998). Tennis : A Cultural History. Washington Square, N.Y.: New York University Press. pp. 75, 76. ISBN 081473121X 
  8. Hahn, Thomas(1995). Sir Gawain: Eleven Romances and Tales. Medieval Institute Publications
  9. Tyzack, Anna, The True Home of Tennis Country Life, 22 June 2005
  10. Lawn Tennis and Major T. H. Gem Arquivado em fevereiro 9, 2008[Erro data trocada], no Wayback Machine. Birmingham Civic Society
  11. «Leamington Tennis Club». Consultado em 29 de maio de 2007 
  12. a b c d tenisbrasil.cloudbr.net/ Veja a evolução do tênis de 1870 até hoje em dia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Categoria no Commons