Angels with Dirty Faces (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Angels with Dirty Faces
Álbum de estúdio de Sugababes
Lançamento 26 de agosto de 2002 (2002-08-26)
Gravação 2001—02
Gênero(s)
Duração 41:30
Idioma(s) Inglês
Formato(s)
Gravadora(s) Island Records
Produção
  • Lucas Secon
  • Bloodshy & Avant
  • Robbie Bronnimann
  • Jeremy Wheatley
  • Howard Jones
  • Jony Rockstar
  • Robin Boult
  • Craigie
  • Fredro
  • Ron Tom
  • Richard X
  • Xenomania
Cronologia de Sugababes
One Touch
(2000)
Three
(2003)
Singles de Angels with Dirty Faces
  1. "Freak Like Me"
    Lançamento: 22 de abril de 2002 (2002-04-22)
  2. "Round Round"
    Lançamento: 12 de agosto de 2002 (2002-08-12)
  3. "Stronger/Angels with Dirty Faces"
    Lançamento: 4 de novembro de 2002 (2002-11-04)
  4. "Shape"
    Lançamento: 10 de abril de 2002 (2002-04-10)

Angels with Dirty Faces é o segundo álbum de estúdio do girl group britânico Sugababes, Foi lançado pela Island Records no Reino Unido em 26 de agosto de 2002 e na maioria dos países europeus em setembro de 2002. O álbum marcou a estréia da banda na nova gravadora Island, depois da saída da banda da London Records em 2001 e foi o primeiro álbum da banda com a nova formação que incluía Heidi Range, no lugar da integrante fundadora Siobhán Donaghy.

O álbum tem produção de Lucas Secon e Xenomania, e alcançou a posição número dois no UK Albums Chart, alcançando certificação de platina tripla.[1] Na Austrália, o álbum foi lançado em 18 de Novembro de 2002. Foi lançado em 26 de agosto de 2002 e teve grande impacto nas paradas.

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.[2]
The Guardian 2 de 5 estrelas.[3]
NME 7 de 10 estrelas.[4]
Yahoo! Music 8 de 10 estrelas.[5]

Pouco depois do lançamento do último single do álbum de estréia da banda, One Touch, a integrante e co-fundadora Siobhán Donaghy deixou a banda por causa de diferenças pessoais dentro da banda. Ela foi oficialmente substituída pela nova integrante Heidi Range no fim de 2001. Depois de terem sido abandonadas pela sua antiga gravadora, London Records, a banda começou a procurar uma nova gravadora. Já começaram a escrever material para o segundo álbum de estúdio da banda, elas finalmente assinaram com a Island Records.

O álbum foi finalmente lançado no mercado em 26 de agosto de 2002, com muita expectativa, seguindo o sucesso dos dois primeiros singles lançados do álbum "Freak Like Me" e "Round Round", que atingiram o número 1 na principal parada do Reino Unido. O álbum recebeu críticas favoráveis ​​dos críticos e a AllMusic deu 3,5 de 5 estrelas.

Quase um mês após o lançamento do álbum no Reino Unido, foi lançado em toda a Europa e na Nova Zelândia em setembro de 2002, onde ganhou um sucesso considerável. O álbum recebeu uma Certificação de platina pela IFPI, em reconhecimento pelas vendas europeias de mais de 1 milhão de cópias.[1]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Angels with Dirty Faces aumentou consideravelmente o sucesso do grupo, em comparação ao seu antecessor One Touch, com uma posição mais alta no UK Albums Chart no número dois; Permanecendo nas paradas durante quarenta semanas. "Freak Like Me", que contem amostras de "Are 'Friends' Electric?", de Gary Numan, Foi o primeiro single lançado e entrou no UK Singles Chart atingindo a posição número um. "Round Round", produzido pela Xenomania, foi o segundo single lançado e também estreou no gráfico do Reino Unido no número um. O terceiro single lançado foi um duplo lançamento em "A-side" de Stronger e Angels with Dirty Faces, que atingiu o número sete no UK Singles Chart. O último single, "Shape", que contem amostras do single "Shape of My Heart", do Sting, foi o único do álbum a não conseguir uma posição entre os dez melhores do UK Singles Chart; Entrou no número onze. A música, no entanto, atingiu o top 10 na Polônia (número um), Irlanda (número nove) e Holanda (número dez).

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Freak Like Me"  
  • Eugene Hanes
  • Marc Valentine
  • Loren Hill
  • William Collins
  • George Clinton
  • Gary Numan
  • Richard X
  • Jeremy Wheatley
3:17
2. "Blue"  
  • Jones
  • Bronniman
  • Boult
  • Wheatley
3:56
3. "Round Round"  
  • Brian Higgins
  • Miranda Cooper
  • Lisa Cowling
  • Nick Coler
  • Buchanan
  • Buena
  • Range
  • Florian Pflueger
  • Felix Stecher
  • Robin Hofmann
  • Rino Spadavecchia
  • Kevin Bacon
  • Jonathan Quarmby
  • Wheatley
3:57
4. "Stronger"  
Jony Rockstar 4:00
5. "Supernatural"  
  • Christian Karlsson
  • Pontus Winnberg
  • Michelle Bell
Bloodshy & Avant 3:37
6. "Angels with Dirty Faces"  
  • Higgins
  • Bob Bradley
  • Tim Powell
  • Cooper
  • Matthew Del Gray
  • Buchanan
  • Buena
  • Range
  • Higgins
  • Bradley
  • Powell
  • Gifford Noel
3:48
7. "Virgin Sexy"  
Secon 3:45
8. "Shape"  
  • Sting
  • Dominic Miller
  • Craigie
  • Craigie
  • Bacon
4:14
9. "Just Don't Need This" (Faixa bônus britânica)
  • Lipsey
  • Howard
  • Jeremy Shaw
  • Buchanan
  • Buena
  • Range
Jony Rockstar 3:32
10. "No Man No Cry" (Faixa bônus britânica)
  • Craigie
  • Buchanan
  • Buena
  • Range
Craigie 3:34
11. "Switch"  
  • Howard
  • Frederick Odesjo
  • Henrick Jonback
  • Nina Woodford
  • Buchanan
  • Buena
  • Range
Fredro 3:37
12. "More Than a Million Miles"  
  • Secon
  • Morgan
  • Buchanan
  • Buena
  • Range
Secon 3:24
13. "Breathe Easy" (Acoustic Jam)
  • Craigie
  • Buchanan
  • Buena
  • Range
Craigie 3:59
14. "Round Round" (Alternative Mix) (Faixa bônus britânica)
  • Higgins
  • Cooper
  • Cowling
  • Coler
  • Buchanan
  • Buena
  • Range
  • Pflueger
  • Stecher
  • Hofmann
  • Spadavecchia
  • Higgins
  • Powell
6:07
Duração total:
41:30

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

Região Certificação Vendas
Países Baixos (NVPI)[23] Ouro 40,000^
Reino Unido (BPI)[24] 3× Platina 926,000[25]
Suíça (IFPI Suíça)[26] Platina 20,000^
Resumo
Europa (IFPI)[27] Platina 1,000,000*

*números de vendas baseados na certificação
^números de vendas baseados somente na certificação

Referências

  1. a b «"British album certifications – Sugababes – Angels with Dirty Faces"». British Phonographic Industry. Consultado em 4 de setembro de 2009 
  2. Angels with Dirty Faces (álbum) (em inglês) no Allmusic
  3. Alexis Petridis (17 de janeiro de 2010). «The Guardian review». The Guardian. Consultado em 17 de janeiro de 2010 
  4. Alex Needham (17 de janeiro de 2010). «NME review». Nme.com. Consultado em 20 de agosto de 2011 
  5. Andy Strickland (17 de janeiro de 2010). «Yahoo! Music review». Uk.launch.yahoo.com. Consultado em 20 de agosto de 2011 
  6. Longplay-Chartverfolgung at Musicline (em alemão). Musicline.de. Media Control. Consultado em 2010-01-17.
  7. «Week Commecing: 2nd December 2002 - Issue No: 666» (PDF). Australian Recording Industry Association. 17 de janeiro de 2010. Consultado em 17 de janeiro de 2010 
  8. Sugababes - Angels with Dirty Faces (em alemão). Austriancharts.at. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  9. Sugababes – Angels with Dirty Faces (em holandês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  10. Sugababes – Angels with Dirty Faces (em francês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  11. Sugababes – Angels with Dirty Faces (em dinamarquês). Danishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  12. Sugababes – Angels with Dirty Faces (em inglês). Finnishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  13. GFK Chart-Track (em inglês). Chart-Track.co.uk. GFK Chart-Track. IRMA. Consultado em 2010-01-17.
  14. «Sugababes - Angels With Dirty Faces». Oricon. Consultado em 17 de janeiro de 2010 
  15. Sugababes – Angels with Dirty Faces (em norueguês) Norwegiancharts.com. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  16. Sugababes – Angels with Dirty Faces (em inglês). Charts.org.nz. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  17. Sugababes – Angels with Dirty Faces (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  18. Chart Stats – Sugababes – Angels With Dirty Faces (em inglês). UK Albums Chart. Chart Stats. Consultado em 2010-01-17.
  19. Sugababes – Angels with Dirty Faces (em inglês). Swedishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  20. Sugababes – Angels with Dirty Faces (em inglês). Swisscharts.com. Hung Medien. Consultado em 2010-01-17.
  21. «2002 UK Albums Chart» (PDF). ChartsPlus. Consultado em 18 de maio de 2015 
  22. «2003 UK Albums Chart» (PDF). ChartsPlus. Consultado em 18 de maio de 2015 
  23. «Certificações (Países Baixos) (álbum) – Sugababes – Angels with Dirty Faces» (em neerlandês). Nederlandse Vereniging van Producenten en Importeurs van beeld- en geluidsdragers. Consultado em 8 de junho de 2017 
  24. «Certificações (Reino Unido) (álbum) – Sugababes – Angels with Dirty Faces» (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 8 de junho de 2017 
  25. Myers, Justin. «Official Charts Flashback 2002: Sugababes - Round Round». Official Charts Company. Consultado em 8 de março de 2010 
  26. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards (Sugababes; 'Angels with Dirty Faces')» (em inglês). Hung Medien. Consultado em 8 de junho de 2017 
  27. «IFPI Platinum Europe Awards – 2003» (em inglês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica. Consultado em 8 de junho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Sugababes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.