In the Middle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"In The Middle"
Single de Sugababes
do álbum Three
Lado A "In the Middle"
Lado B
  • "Colder in the Rain"
  • "Disturbed"
Lançamento 22 de março de 2004 (2004-03-22)
Formato(s)
Gravação 2003
Gênero(s)
Duração 3:55
Gravadora(s) Island Records
Composição
Produção
  • Brian Higgins
  • Xenomania
  • Jeremy Wheatley
Informações sobre o vídeo musical
Director(es) Matthew Rolston
Cronologia de singles de Sugababes
"Too Lost in You"
(2003)
"Caught in a Moment"
(2004)

"In the Middle" é uma canção do girl group britânico Sugababes, lançado em 22 de março de 2004 como o terceiro single de seu terceiro álbum de estúdio, Three (2003). As Sugababes foram inspirados a compor a música com base nas diferentes situações experimentadas em uma noite fora; Elas escreveram em colaboração com Miranda Cooper, Brian Higgins, Niara Scarlett, Shawn Lee, Lisa Cowling, Andre Tegler, Phil Fuldner e Michael Bellina. Higgins, Xenomania e Jeremy Wheatley produziram a música. "In the Middle" é um disco de dance-pop, R&B, influenciada pelo funk que contém uma amostra da música "U Know Y" do DJ alemão Moguai.

A música recebeu críticas favoráveis ​​dos críticos, que elogiaram sua produção e apelação, e foi nomeado para o melhor single britânico no BRIT Awards de 2005. O single alcançou os dez melhores nas paradas da Hungria, Holanda e Reino Unido. Também atingiu o pico dos quarenta nas paradas na Austrália, Áustria, Alemanha, Irlanda e Suíça. Matthew Rolston dirigiu o videoclipe da música, que foi filmado em Pinewood Studios, Londres. Possui efeito de tela verde e configurações mágicas para os ambientes do vídeo. Os Sugababes cantou a música em suas turnês em apoio a Three, Overloaded: The Singles Collection (2006) e Change (2007).

Desenvolvimento e lançamento[editar | editar código-fonte]

As Sugababes escreveram "In the Middle" em colaboração com Miranda Cooper, Brian Higgins, Niara Scarlett, Shawn Lee, Lisa Cowling, Andre Tegler, Phil Fuldner e Michael Bellina, para o terceiro álbum de estúdio do grupo Three (2003).[1] A integrante do grupo Heidi Range revelou que a banda queria escrever uma música com a qual pudessem se divertir; Foi inspirado por diferentes situações vividas durante uma noite fora.[2] Keisha Buchanan, outra membro das Sugababes, disse à Digital Spy que escreveu 90% da música, mas não conseguiu compreender o significado da letra: "Eu acho que é porque, à medida que eu envelheci, eu realmente não me identifico com a letra . Foi mais uma canção divertida, mas simplesmente não a sinto mais em mim."[3] Higgins, Xenomania e Jeremy Wheatley produziram a música; O último a mixou no Town House Studios, em Londres.[1] "In the Middle" foi programado por Matt Duguid, Nick Coler, Tim Powell e Tim Larcombe.[1]

O Sugababes confirmou através de seu site oficial em fevereiro de 2004 que "In the Middle" seria lançado como o terceiro single do álbum.[2] A Island Records o lançou em 22 de março de 2004 como um CD single e descarga digital.[4] O lançamento da música coincidiu com o início da turnê do grupo no Reino Unido em março de 2004.[5] O CD single e as versões de download digital contêm um lado B intitulado "Disturbed".[6][7] Um maxi single foi liberado; Ele inclui o lado B "Colder in the Rain" e duas remixes da faixa, incluindo uma pela DJ Hyper,[8] que aparece em seu álbum de remix, Wired (2004).[9] "In the Middle" é apresentado no álbum de grandes sucessos do grupo Overloaded: The Singles Collection.[1]

Composição e letra[editar | editar código-fonte]

"In the Middle" é uma música dance-pop, R&B, influenciada pelo funk.[10][11] Harry Rubenstein, do Jerusalem Post, descreveu-o como um "experimental de estilo casa noturna"..[12] De acordo com as partituras digitais publicadas por Hal Leonard Publishing, "In the Middle" foi composta na nota de Si menor usando o tempo comum, com um ritmo de 128 batimentos por minuto.[13] É uma reminiscência dos singles do grupo "Round Round" e "Hole in the Head", ambos também produzidos pela Xenomania.[4][14] "In the Middle" contém uma amostra de "U Know Y" do DJ alemão Moguai, e possui instrumentação de guitarra e teclado.[1] A música contém um baixo que deriva de um trombone sintetizado.[4] O conteúdo lírico de "In the Middle" é sobre encontrar um homem depois de uma noite fora,[15] em que o refrão é aberto com as linhas, "Estou apanhados no meio, Jumping através do enigma, Eu estou caindo um pouco hoje à noite".[13]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

"In the Middle" recebeu críticas favoritas dos críticos. Natasha Perry, da Contactmusic.com, nomeou a música um dos "vencedores imediatos" do Three;[15] Harry Rubenstein do Jerusalem Post também a considerou uma das melhores faixas do álbum.[12] O escritor Andrew Mueller do The Guardian, considerou "In the Middle" como "vastamente superior",[16] enquanto Alan Braidwood da BBC, a descreveu como um pop de qualidade.[17] Ben Hogwood, da musicOMH, questionou o número de compositores que se formou para escrever a faixa, embora tenha sido citada como uma razão para a "produção polida e mais lisa do que o refrão liso".[4] Escrevendo para o Daily Mirror, Gavin Martin elogiou a atitude das Sugababes na música, que ele descreveu como "colorida e explosiva".[18] Dan Gennoe do Yahoo! Music, caracterizou "In the Middle" como um "retro hip-shake".[14] Um crítico do Daily Record, considerou a música como "viciante e dançante" e escreveu que destaca os "encantos consideráveis" do grupo.[10] O escritor notou que a faixa tem apelo de single com facilidade para conquistar o número um, "Freak Like Me" e "Round Round".[10] O escritor do Daily Mail, Adrian Thrills, comentou que a música replica "a grandeza arrogância" do antigo material do grupo.[19]

James Mortlock do Eastern Daily Press descreveu "In the Middle" como um clássico pop dos Sugababes,[20] enquanto Phil Udell, da revista Hot Press, a considerou uma das melhores músicas pop dos anos 2000.[21] "In the Middle" deu a Sugababes uma indicação ao prêmio BRIT Awards de 2005 pelo melhor single britânico.[22] No entanto, a música foi adicionada à categoria após os organizadores do BRIT Awards terem cometido um erro com a lista original, conforme foi elaborado com o prazo incorreto.[23]

Comercial[editar | editar código-fonte]

"In the Middle" fez sua primeira aparição em cartaz no Irish Singles Chart em 25 de março de 2004, em que atingiu o pico no número 13. Passou sete semanas no gráfico, e foi o segundo segundo consecutivo a atingir o pico nesta posição.[24] A música estreou e chegou ao número oito no UK Singles Chart para a edição de 3 de abril de 2004 e tornou-se o terceiro hit consecutivo do grupo no top-10 do Reino Unido.[25] Passou oito semanas no gráfico.[25] O pico do single mais alto no gráfico foi no gráfico Dutch Top 40 dos Países Baixos, onde estreou no número trinta e um e atingiu o número sete três semanas depois. Tornou-se o 70º melhor desempenho do gráfico de 2004. "In the Middle" atingiu o número vinte e três no Swiss Singles Chart, número vinte e nove no German Singles Chart,[26] número trinta e três no Austrian Singles Chart, e número quarenta sobre o gráfico belga (Flanders) Ultratop. O single alcançou o número nove no Hungarian Dance Chart e o número trinta e três no Hungarian Radio Chart. "In the Middle", entrou no número trinta e três no Australian Singles Chart, tornando-se o terceiro triunfo consecutivo da Sugababes na Austrália.

Promoção[editar | editar código-fonte]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O videoclipe foi dirigido por Matthew Rolston e filmado no Pinewood Studios, em Londres, em fevereiro de 2004.

O videoclipe de "In the Middle" foi dirigido por Matthew Rolston,[27][28] que dirigiu o clipe do single anterior do grupo "Hole in the Head".[27] Foi filmado em Pinewood Studios, Londres, em fevereiro de 2004.[28] A fotografia foi completada por Martin Ahlgren.[29] Buchanan se absteve de revelar detalhes sobre o clipe antes do seu lançamento, dizendo: "A gravação foi muito boa, mas o que realmente acontece no vídeo está sendo mantido em segredo até que seja lançado. Estamos todas muito excitadas e não podemos esperar para ouvir o que nossos fãs acharam dele".[29] Foi transmitido no site oficial da Sugababes e na televisão, em 20 de fevereiro de 2004, e foi incluído no lançamento do CD single.[8][29]

Rolston usou o efeito da tela verde para produzir o clipe, enquanto os projetos e efeitos no ambiente foram criados por Jerry Steele.[30] Rolston conceituou uma sala de vidro "em prisma" com seis lados e grandes paredes de vidro, nas quais Steele foi inspirado a aprimorá-lo com efeitos, incluindo reflexões e luzes.[30] O clipe foi desenvolvido em configurações mágicas, pois o STEELE VFX criou "ambientes virtuais glamourosos", como uma sala de vidro cintilante.[30] Buchanan usava um biquíni, coberto de correntes e espigas, pelo vídeo.[31] Ela é exibida em uma sala azul e tem brilhos de cor de arco-íris em seu rosto.[30] Buena, que é mostrada em um pole dancing em uma sala de cor verde,[32] é mostrada controlando "elementos de fumaça" com as mãos.[30] Range é mostrada em uma sala rosa e dançando em torno de uma cadeira e contra uma parede.[33] Ao longo do vídeo, o nome de cada integrante do grupo aparece na tela, Mutya é coberta por fumaça, Keisha por diamantes e Heidi por cubos metálicos.[30]

Performances ao vivo[editar | editar código-fonte]

As Sugababes cantaram uma versão estendida de "In the Middle" durante sua turnê no Reino Unido em março e abril de 2004 para promover Three,[34] em que foram apoiadas por uma banda de quatro músicos.[35] O grupo cantou o single, juntamente com "Hole in the Head" e "Too Lost in You", no festival Birmingham's Party in the Park em 10 de julho de 2004.[36] "In the Middle" foi incluído na set list definitiva da turnê de 2007 da banda em suporte a Overloaded: The Singles Collection.[21] Além disso, foi cantado como parte da Change Tour,[37][38] em que as performances apresentaram o grupo em saias grandes e espelhadas, enquanto os raios de luz refletiam o local.[39] Kat Keogh do The Journal, elogiou o desempenho no City Hall de Newcastle como um dos destaques do show,[38] enquanto um crítico do The Scotsman, descreveu o desempenho no Edinburgh Playhouse como "ridiculo", embora admitiu que o efeito da luz era "simples, mas fantásticamente eficaz ".[39] As Sugababes cantaram "In the Middle" em 10 de julho de 2009 no Riverside Ground, no Condado de Durham, na Inglaterra, como parte do set list.[40]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Posições[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e Overloaded: The Singles Collection (album). Universal Island Records. 2006. pp. 13–14. 1712650 
  2. a b «Next single announcement». Sugababes.com. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Cópia arquivada em 15 de dezembro de 2017 
  3. Balls, David (15 de dezembro de 2017). «Keisha reveals her favourite Sugababes hits». Digital Spy. Hearst Magazines. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  4. a b c d Hogwood, Ben. «Sugababes – In the Middle (MCA)». musicOMH. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Cópia arquivada em 15 de dezembro de 2017 
  5. «Five things to do this week». Sunday Mirror. Trinity Mirror. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  6. a b «In the Middle: Sugababes». Amazon (UK). Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  7. a b «In the Middle – Single – Sugababes». iTunes Store (GB). Apple. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  8. a b c «In the Middle: Sugababes». Amazon (UK). Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  9. Hogwood, Ben. «Hyper – Wired (Thrive)». musicOMH. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Cópia arquivada em 15 de dezembro de 2017 
  10. a b c «The Razz: Singles and albums». Daily Record. Trinity Mirror. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  11. «Three is the magic number for the babes». Birmingham Post. Trinity Mirror. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  12. a b Rubenstein, Harry (15 de dezembro de 2017). «Sugababes: Pop girls with a difference». Jerusalem Post. Mirkaei Tikshoret. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  13. a b «Digital Sheet Music – Sugababes – In the Middle». Hal Leonard Publishing. Musicnotes.com. 2003. SC0012998 
  14. a b Gennoe, Dan (15 de dezembro de 2017). «Sugababes – Three». Yahoo! Music. Yahoo! UK & Ireland. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  15. a b Perry, Natasha. «Sugababes – Three – Album Review». Contactmusic.com. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  16. Mueller, Andrew (15 de dezembro de 2017). «New singles». The Guardian. Guardian News & Media. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  17. Braidwood, Alan (15 de dezembro de 2017). «Sugababes – Three – Review». BBC Music. BBC. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  18. Martin, Gavin (15 de dezembro de 2017). «Going into Threefall». Daily Mirror. Trinity Mirror. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  19. Thrills, Adrian (15 de dezembro de 2017). «The new Sophie: This blonde shoots to thrill». Daily Mail. Associated Newspapers. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  20. Mortlock, James (15 de dezembro de 2017). «Sugababes go down to the woods». Eastern Daily Press. Archant. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  21. a b Udell, Phil (15 de dezembro de 2017). «Sugababes live at The Point, Dublin». Hot Press. Niall Stokes. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  22. «The BRITs 2005». BRIT Awards. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  23. «Brits admit error in awards list». BBC News. BBC. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  24. «Discography Sugababes». Irish-charts.com. Hung Medien. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  25. a b «Sugababes». Official Charts Company. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Cópia arquivada em 15 de dezembro de 2017 
  26. «Longplay-Chartverfolgung at Musicline». Musicline.de. Media Control. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  27. a b Overloaded: The Singles Collection (DVD liner notes). Island Records 
  28. a b «Martin Ahlgren – Director of Photography» (PDF). Dineor Management. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original (PDF) em 15 de dezembro de 2017 
  29. a b c «In The Middle video». Sugababes.com. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Cópia arquivada em 15 de dezembro de 2017 
  30. a b c d e f «STEELE VFX Creates Virtual Magic For Hot Sugababes Video». Animation Artist. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  31. «Keisha Buchanan: 'I always say be better, not bitter'». Daily Mirror. Trinity Mirror. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  32. «Sugababes learn pole-dancing for their sexiest video yet». Daily Mail. Associated Newspapers. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  33. «Sugababes: In the Middle». MTV Australia. MTV Networks. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  34. Hayden, Charlotte (15 de dezembro de 2017). «In the Pink». icNewcastle. Trinity Mirror. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Cópia arquivada em 15 de dezembro de 2017 
  35. Caffery, Adrian (15 de dezembro de 2017). «Sugababes spice up the stage». Birmingham Mail. Trinity Mirror. Consultado em 15 de dezembro de 2017. 
  36. «Singing in the rain!». Birmingham Evening Mail. Trinity Mirror. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  37. Sharp, Rob (15 de dezembro de 2017). «Sugababes, Royal Albert Hall, London». The Independent. Independent News & Media. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  38. a b Keogh, Kat (15 de dezembro de 2017). «Review: Sugababes, Newcastle City Hall». The Journal. Trinity Mirror. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  39. a b «Sugababes review: The new material girls». The Scotsman. Johnston Publishing. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  40. Barr, Gordon (15 de dezembro de 2017). «Sugababes thrill Durham Riverside crowd». Chronicle Live. Trinity Mirror. Consultado em 15 de dezembro de 2017.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2017 
  41. «Die ganze Musik im Internet: Charts, News, Neuerscheinungen, Tickets, Genres, Genresuche, Genrelexikon, Künstler-Suche, Musik-Suche, Track-Suche, Ticket-Suche – musicline.de» (em alemão). Media Control Charts. PhonoNet GmbH. Consultado em 10 June 2012.
  42. «Australian-charts.com – Sugababes – In the Middle» (em inglês). ARIA Top 50 Singles. Hung Medien. Consultado em 10 June 2012.
  43. «Sugababes – In the Middle Austriancharts.at» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Hung Medien. Consultado em 10 June 2012.
  44. «Ultratop.be – Sugababes – In the Middle» (em francês). Ultratip. ULTRATOP & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 10 June 2012.
  45. «Ultratop.be – Sugababes – In the Middle» (em neerlandês). Ultratop 50. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 10 June 2012.
  46. «Archívum – Slágerlisták – MAHASZ» (em húngaro). Dance Top 40 lista. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. Consultado em 27 October 2012.
  47. «Archívum – Slágerlisták – MAHASZ» (em húngaro). Rádiós Top 40 játszási lista. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. Consultado em 10 June 2012.
  48. «Chart Track» (em inglês). Irish Singles Chart. GfK. Consultado em 10 June 2012.
  49. «Nederlandse Top 40 – week 15, 2004» (em neerlandês). Dutch Top 40 Stichting Nederlandse Top 40. Consultado em 30 June 2012.
  50. «Dutchcharts.nl – Sugababes – In the Middle» (em neerlandês). Mega Single Top 100. Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 10 June 2012.
  51. «Top 40 Official UK Singles Archive» (em inglês). UK Singles Chart. Consultado em 10 June 2012.
  52. «Sugababes – In the Middle swisscharts.com» (em inglês). Swiss Singles Chart. Hung Medien. Consultado em 10 June 2012.
  53. «De Nederlandse Top 100» (PDF). Dutch Top 40 Stichting Nederlandse Top 40. Consultado em 4 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 17 de janeiro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.