Antônio Tito Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antonio Tito Costa
Vereador de Torrinha
Período 1977 de 1983
11º Prefeito de São Bernardo do Campo
Período 1977 de 1983
Antecessor(a) Geraldo Faria Rodrigues
Sucessor(a) Aron Galante
Deputado Federal de Estado de São Paulo
Período 1987 de 1990
Vice-Prefeito de São Bernardo do Campo
Período 1993 de 1996
Antecessor(a) 1993
Sucessor(a) 1996
Vida
Nascimento 31 de dezembro de 1922 (94 anos)
Torrinha
Dados pessoais
Partido PMDB
Profissão Advogado, Político, Escritor

Antônio Tito Costa (Torrinha, 31 de Dezembro de 1922) é um político, advogado e escritor brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Tito Costa, filho de José Vicente Costa e Hermínia Braidotti Costa, nasceu em Torrinha, São Paulo, em em 31 de dezembro de 1922. Aos doze anos, deixou a cidade natal para estudar, frequentando seminário por três anos. Posteriormente, abandonou a carreira eclesiástica e retomou o curso secundário. Após terminar o curso, mudou-se para São Paulo, onde cursou Direito na Faculdade do Largo São Francisco, USP, até 1950.

Começou a trabalhar no Departamento Jurídico do Frigorífico Wilson. O diretor da empresa, Lauro Gomes, viria a se eleger prefeito de São Bernardo do Campo em 1951 e levou Tito Costa a trabalhar na prefeitura em 1951. De 1952 a 1954, Tito Costa trabalharia como advogado e procurador da prefeitura de São Bernardo do Campo.

Em 1953, casou-se como Léa Nunes Costa (com quem teve cinco filhos) e colaborou com a anexação do território de Taboão ao município de São Bernardo do Campo. Atuou como assessor de Lauro Gomes em seu segundo governo como prefeito de São Bernardo do Campo (1960-1963) e nos meses de 1964 em que Lauro Gomes foi prefeito de Santo André.

Atuou como advogado até 1976. Foi vereador do município de Torrinha e prefeito do município de São Bernardo do Campo entre os anos de 1977 e 1983. Foi também deputado federal constituinte pelo partido político PMDB entre 1987 e 1990. Foi vice-prefeito da cidade na gestão de Walter Demarchi, de 1993 a 1996.

Carreira em Direito[editar | editar código-fonte]

Tito Costa atuou como advogado militante em São Paulo e São Bernardo do campo. Sua especialidade era Direito Público, especialmente Direito Administrativo e Direito Eleitoral. Se destacou como advogado constitucionalista, especializando na área de Direito Eleitoral. Foi Vice-presidente da OAB - seccional de São Paulo.

Obra[editar | editar código-fonte]

Antônio Tito Costa escreveu os seguintes livros:

  • Recursos em tribunais eleitorais (7ª edição);
  • Crimes eleitorais (1ª edição);
  • Responsabilidades de prefeitos e vereadores (4ª edição).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.