Antipapa Adalberto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antipapa Adalberto
Nascimento Século XI
Morte 1102
Aversa
Ocupação sacerdote, monge, padre católico
Religião Catolicismo

Adalberto, Alberto ou Alerico foi um cardeal italiano e bispo suburbicário de Santa Rufina eleito como antipapa em janeiro de 1101 pelo partido imperial em Roma, na sequência da detenção e prisão do Antipapa Teodorico.[1]

Encorajado pelo Imperador Henrique IV, os seguidores do falecido antipapa Clemente III, que havia eleito Teodorico, reuniram-se na Basílica de SS. XII Apostoli para eleger Adalberto em oposição ao papa Pascoal II.

Traído por seu patrono, é arrastado até o seu rival, Pascoal II, que limitou-lo para o mosteiro de São Lourenço de Aversa, Campania, no sul da Itália. Ele permaneceu lá até o fim de seus dias.


Referências

  1. Imma Penn, Dogma Evolution and Papal Fallacies, (AuthorHouse, 2007), 233.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Dictionnaire historique de la papauté. Paris: Fayard. 2003. ISBN 2-213-618577  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)