Manuel Corral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Corral
Nascimento 22 de novembro de 1934
Cabeza del Buey
Morte 15 de julho de 2011 (76 anos)
Utrera
Cidadania Espanha
Ocupação antipapa, advogado
Religião Igreja católica palmariana

Manuel Alonso Corral (Badajoz, 1934Utrera, 2011[1][2] ) conhecido por seus seguidores como papa Pedro II, foi o líder da Igreja católica palmariana. Corral sucedeu Clemente Domínguez y Gómez (papa palmariano Gregório XVII), em 2005. Domínguez fundou o grupo palmariano em 1975, inicialmente sob o pretexto de ser uma recém-formada ordem conservadora católica dos Carmelitas (Ordem dos Carmelitas da Santa Face), mas depois, alegou que Jesus Cristo o fez papa em 1978, por ocasião de uma visão mística.

Quando da morte do Antipapa Gregório XVII, em 2005, o cargo de pontífice da igreja de Palmar de Troya foi ocupado por Manuel Corral, que adotou o nome de Pedro II.

A igreja de Palmar de Troya é considerada uma dissidência da Igreja Católica. Segundo eles, os papas em Roma após o Papa Paulo VI são todos ilegítimos.

Referências

  1. «Fallece Pedro II, segundo papa apóstata del Palmar de Troya». Diario ABC. 21 de julho de 2011. Consultado em 21 de julho de 2011. 
  2. «Muere el Papa de El Palmar de Troya». El Correo de Andalucía. 20 de julho de 2011. Consultado em 20 de julho de 2011.. Arquivado do original em 24 de julho de 2011