Archosauriformes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaArchosauriformes
Ocorrência: Permiano Médio - Recente 260–0 Ma
Euparkeria capensis

Euparkeria capensis
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Subclasse: Sauria
Infraclasse: Archosauriformes
Gauthier, 1986
Ordens
Archosauria

Erythrosuchidae
Euparkeriidae
Proterochampsidae
Proterosuchidae
Turfanosuchus
Yonghesuchus
Uatchitodon

Archosauriformes (do grego "lagartos dominantes, e do latim "forma") é um clado de répteis diapsidas que se desenvolveu a partir de ancestrais do Archosauromorpha no final do Permiano (cerca de 250 milhões de anos atrás). Esses répteis que incluem membros da família Proterosuchidae e formas mais avançadas. Foram originalmente parecidos com crocodilos predadores semi-aquáticos de cerca de 1,5 metros de comprimento, uma postura com cotovelos para fora e focinhos longos. Ao contrário da maior parte de seus contemporâneos Therapsidas, os proterosuchideos sobreviveram à Extinção do Permiano-Triássico, talvez porque eram catadores oportunistas e podiam recuar na água para encontrar alívio a partir de um clima superaquecido. Qualquer desses cenários são hipotéticos, o que é claro é que estes animais tiveram grande sucesso em seu novo ambiente e evoluiu rapidamente. Dentro de alguns milhões de anos no Triássico, o Proterosuchidae tinha dado origem ao Erythrosuchidae (o primeiro sauropsídeo a dominar totalmente o seu ambiente), que por sua vez, foram os ancestrais dos pequenos ágil Euparkeriidae, que gerou uma série de famílias avançados de sucesso - os arcossauros evoluiram rapidamente para preencher nichos ecológicos vazios no sistema global devastado.

Archosauriformes pré-Euparkeria foram no passado incluídos na subordem Proterosuchia da ordem Tecodonte. No âmbito da metodologia cladística, Proterosuchia é rejeitado como uma montagem parafilético, é um taxon de pré-arcossauros que são considerados como Archosauriformes basal.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

Abaixo está o cladograma de Ezcurra (2010):[1]

Archosauriformes 

Proterosuchus




Sarmatosuchus



Fugusuchus




Osmolskina




Koilamasuchus



 Erythrosuchidae 

Shansisuchus




Vjushkovia



Erythrosuchus






Euparkeria




Chanaresuchus





Vancleavea



Doswellia



 Archosauria 

Pseudosuchia



Avemetatarsalia











Abaixo está um cladograma de Nesbitt (2011):[2]

Archosauriformes 

Proterosuchus




Erythrosuchus




Vancleavea



 Proterochampsia 

Tropidosuchus



Chanaresuchus





Euparkeria



 Phytosauria

Parasuchus




Smilosuchus



Pseudopalatus




 Archosauria 

Pseudosuchia



Avemetatarsalia








*Nota: Phytossauros são geralmente colocados dentro Pseudosuchia ou arcossauros crocodilos.

Notas e referências

  1. Ezcurra, M.D.. (2010). "A new basal archosauriform diapsid from the Lower Triassic of Argentina". Journal of Vertebrate Paleontology 30 (5): 1433–1450. DOI:10.1080/02724634.2010.501446.
  2. Nesbitt, S.J.. (2011). "The early evolution of archosaurs: relationships and the origin of major clades". Bulletin of the American Museum of Natural History 352: 1–292. DOI:10.1206/352.1.

Literatura[editar | editar código-fonte]