Arno Breker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arno Breker, à esquerda, junto com Albert Speer

Arno Breker (Elberfeld, hoje um bairro de Wuppertal, 19 de julho de 1900Düsseldorf, 13 de fevereiro de 1991) foi um arquiteto e artista plástico alemão, tornou-se mundialmente conhecido pelos seus trabalhos artísticos para o Terceiro Reich. Todavia, após em 1945, com a derrota do III Reich na Segunda Guerra Mundial, quase toda a sua obra feita até então foi destruída pelo aliados, tivesse a obra em questão com teor político ou não.

Após isso, Breker recebeu uma oferta de Stalin para a realização de um memorial. Com a singela recusa de "um ditador é o suficiente para mim",[1] partiu para outros trabalhos. Recebeu inúmeras comissões internacionais, como uma ao Rei do Marrocos nos anos 1970.

De sua vida pessoal, Breker foi casado duas vezes. Sua primeira esposa, Demetra Messala, uma modelo grega, morreu em 1956 num acidente de carro. Ele se casou novamente em 1958 com Carola Kluge, com quem teve duas crianças: Gerhart (1959) e Carola (1962). Breker foi casado com Kluge até sua morte, em 1991.[2]

Referências

  1. Evans, Richard J. The Third Reich at War New York:2008 Penguin Page 754
  2. Arno Breker biography

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Arno Breker
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.