Audio News

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde março de 2016). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Audio News
Razão social Etcetera Group
Tipo Estúdio de dublagem
Slogan Versão brasileira: Audio News
Versão brasileiraː Audio News, Rio
Indústria Dublagem
Fundação 1994 (23 anos)
Sede Rio de Janeiro, RJ,  Brasil
Pessoas-chave Marco Ribeiro
Renan Ribeiro
Produtos Dublagem
Legendagem
Website oficial www.audionews.com.br

Audio News é um estúdio de dublagem brasileiro, fundado por Ricardo Ribeiro, um empresário, e ele e seu sobrinho, o dublador e diretor de dublagem Marco Ribeiro são os proprietários do estúdio.[1] A sede da empresa fica no Alto da Boa Vista, na cidade do Rio de Janeiro.

Audio News possui os clientes: FOX, FX, Cartoon Network, Nickelodeon, Nick Jr., HBO, Rede Globo, entre outros.[carece de fontes?]

Principais produções dubladas pela Audio News[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Séries[editar | editar código-fonte]

Desenhos e Animes[editar | editar código-fonte]

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Marco Ribeiro é a voz brasileira de Jim Carrey». Abril. Veja. Consultado em 4 de março de 2016 
  2. «Curiosidades sobre Drake e Josh». Fatos da Hora. Consultado em 4 de março de 2016 
  3. «Dublagem de Sam & Cat manterá vozes de iCarly e Brilhante Victoria». ANMTV. ANMTV. Consultado em 4 de março de 2016 
  4. «Episódio de "Os Simpsons" que critica o Brasil é censurado». Globo.com. G1. Consultado em 5 dr março de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «Sonic Boom: novidades sobre a dublagem brasileira». ANMTV. ANMTV. Consultado em 4 de março de 2016 
  6. «Thundercats estreia nesta segunda no Cartoon Network». ANMTV. ANMTV. Consultado em 4 de março de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]