Avenida Sapopemba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Av. Sapopemba)
Avenida Sapopemba
 São Paulo,  Brasil
Avenida Sapopemba próxima ao seu início na Água Rasa.
Extensão 45.000 m
Início Avenida Salim Farah Maluf
Subprefeitura(s) Mooca, Aricanduva, Vila Prudente, São Mateus e Sapopemba
Bairro(s) Água Rasa, Vila Formosa, Aricanduva, Sapopemba, São Mateus, Iguatemi e São Rafael
Fim Avenida Francisco Monteiro, Ribeirão Pires

A Avenida Sapopemba é uma avenida da zona Leste da cidade de São Paulo, Brasil. Sendo uma das maiores ruas do Brasil, com 45km de extensão, possui 1.786 postes e nela operam quarenta linhas de ônibus diferentes (entre municipais de São Paulo, municipais de Mauá e Ribeirão Pires).[carece de fontes?].

A avenida é atendida por quatro estações da Linha 15 - Prata do Metrô de São Paulo: Estação Jardim Planalto, Estação Sapopemba, Estação Fazenda da Juta e Estação São Mateus.

Inicia no acesso à avenida Salim Farah Maluf, no distrito da Água Rasa e termina no Largo de Santa Luzia, próximo ao centro do município de Ribeirão Pires, à leste da Grande São Paulo. A partir da limítrofe entre Mauá e o município de São Paulo, esta via passa ser denominada como "SPA-052/031 Ramal Sapopemba", trecho sob jurisdição do DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

Numeração: Lado par, até o número 75 008; lado ímpar, até o número 75 007.

História[editar | editar código-fonte]

Sua origem remonta ao início do século XIX, quando era chamada de Estrada de Sapopemba, e ligava a zona rural ao centro da cidade de São Paulo. Em 3 de junho de 1954 o prefeito Jânio Quadros sancionou a Lei 4.484 que alterava o nome de "estrada" para "Avenida Sapopemba", após algumas tentativas fracassadas de alterar o nome anos antes.[1]

Contestação de título de maior rua do Brasil[editar | editar código-fonte]

Há contestações sobre o título, considerando a Avenida Brasil no Rio de Janeiro como a maior rua do Brasil por ter 58 km de extensão, porém esta apresenta diversos trechos em rodovias federais (BR-040, BR-116, BR-465 e BR-101, sendo inclusive o maior trecho urbano da BR-101, ligando a BR-101 norte (Ponte Rio-Niterói e Rodovia Rio-Vitória/Niterói-Manilha) à BR-101 sul (Rodovia Rio-Santos). Como previsto pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro) em seu artigo 60[2] uma rua, avenida, viela ou caminho são consideradas como via urbana, enquanto uma rodovia é uma via rural tendo aplicações diferentes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «História das ruas de São Paulo». Prefeitura de São Paulo. Consultado em 8 de fevereiro de 2016 
  2. «Art. 60 - Comentário». CTB Digital. Consultado em 31 de agosto de 2021