Barcímio Sicupira Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sicupira
Sicupira
Sicupira (esquerda) e Capitão Hidalgo em atletiba de 1972
Informações pessoais
Nome completo Barcímio Sicupira Júnior
Data de nasc. 10 de maio de 1944 (74 anos)
Local de nasc. Lapa, Brasil
Informações profissionais
Posição meia-atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1962-1964
1964-1967
1967-1968
1968-1972
1972
1972-1975
Brasil Ferroviário-PR
Brasil Botafogo
Brasil Botafogo-SP
Brasil Atlético-PR
Brasil Corinthians (emp.)
Brasil Atlético-PR
n/d (n/d)
n/d (n/d)
n/d (n/d)
n/d (n/d)
22 (4)
n/d (158)

Barcímio Sicupira Junior (Lapa, Paraná, 10 de maio de 1944) é um ex-futebolista brasileiro e comentarista esportivo.[1][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Quando criança, jogou na escolinha de futebol do Coritiba Foot Ball Club[3] e estreou no profissional como jogador do Clube Atlético Ferroviário, em 1962. Entre 1962 e 1964[3], jogou no "Boca Negra" (apelido do Ferroviário). Em 1964, foi transferido para o Botafogo Futebol e Regatas, onde ficou até 1967[3]. Entre 1967 e 1968, jogou no Botafogo Futebol Clube.

Contratado pelo presidente do Clube Atlético Paranaense, Jofre Cabral e Silva em 1968, estreou no rubro negro do Paraná em 2 de setembro de 1968 no jogo contra o São Paulo Futebol Clube na Vila Capanema, onde marcou um gol de bicicleta[4]. No Atlético, jogou ao lado de Bellini, Djalma Santos, Nilson Borges e Dorval[1] e tornou-se ídolo da torcida, ostentando até hoje a marca de maior goleador do clube, com 154 gols marcados[3]. Sicupira foi o artilheiro nos Campeonatos Paranaenses de 1970 e 1972[1], mas em 1972, quando o clube não participou do Campeonato Brasileiro, foi emprestado para o Sport Club Corinthians Paulista. Ao fim do brasileirão, Sicupira retornou ao Clube Atlético Paranaense, onde jogou ate a sua aposentadoria, em 1975, aos 31 anos de idade.[4][1]

Após deixar a vida esportista, formou-se em Educação Física[4] e trabalhou como professor por alguns anos. Retornou ao futebol como comentarista esportivo, atuando em rádios e televisões de Curitiba.

Referências

  1. a b c d Sicupira Clube Atlético Paranaense
  2. Trajetória de Sicupira Paraná Online - edição de 18 de junho de 2013
  3. a b c d Sicupira comemora 50 anos de Atlético e 56 de futebol Jornal Tribuna do Paraná - ed. 19/10/2018
  4. a b c Sicupira, o eterno camisa 8, relembra seus grandes momentos na Baixada Globo Esporte - ed. 10/09/2014
Ícone de esboço Este artigo sobre um futebolista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.