Beau Geste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2018). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde fevereiro de 2018.


Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde fevereiro de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Beau Geste
 Estados Unidos
1939 •  pb •  112 min 
Direção William A. Wellman
Roteiro Robert Carson
P. C. Wren (romance)
Elenco Gary Cooper
Ray Milland
Robert Preston
Susan Hayward
Broderick Crawford
Brian Donlevy
Género aventura
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Beau Geste é um filme estadunidense de 1939 do gênero aventura, produzido e dirigido por William A. Wellman. Baseado no romance homônimo de P. C. Wren, uma história clássica da fraternidade entre irmãos que se alistam na famosa Legião Estrangeira Francesa. Significando esse serviço militar um verdadeiro suicídio, a Legião era vista como uma saída honrosa para homens desesperados e sem alternativas e que só esperavam a morte. Mas também podia ser uma aventura irresistível para jovens cavalheiros, como eram os protagonistas do filme.

Refilmagem da produção de 1926, com Ronald Colman.

Premiação[editar | editar código-fonte]

Indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante (Brian Donlevy).

Elenco Principal[editar | editar código-fonte]

  • Gary Cooper...Beau Geste
  • Ray Milland...John
  • Robert Preston...Digby
  • Brian Donlevy...Sargento Markoff
  • Susan Hayward...Isobel Rivers
  • Heather Thatcher...Lady Brandon
  • J. Carrol Naish...Rasinoff
  • Albert Dekker...Schwartz
  • Broderick Crawford...Hank Miller
  • Charles Barton...Buddy McMonigal
  • James Stephenson...Maj. Henri de Beaujolais
  • James Burke...Tenente Dufour
  • G.P. Huntley...Augustus Brandon
  • Donald O'Connor - Beau aos 12
  • Ann Gillis...Isobel criança

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Uma valiosa safira chamada de "Água Azul" foi roubada da casa do falido Lorde inglês Brandon. Os dois irmãos Geste mais velhos, 'Beau' e Digby, que juntos com John viviam na casa desde a infância, assumem o roubo e fogem para se alistar na legião estrangeira francesa. Apesar de amar Isobel, a filha adotiva do Lorde e que também morava com eles, John resolve acompanhar os irmãos e também se apresenta à instituição.

Os três irmãos se reúnem para o treinamento militar, comandados pelo sádico sargento Markoff, um russo oriundo da Sibéria. Ao conversarem sobre o roubo da safira à noite, Beau e John se dizem os ladrões. Um dos recrutas ouve a conversa e conta para Markoff. O sargento imediatamente começa a planejar um meio de ficar com a jóia, e assim que o treinamento acaba, ele envia Digby para um outro posto militar deixando Beau e John sob seu comando no Fort Zinderneuf, em pleno deserto do Saara. Além do cruel sargento que leva os homens à beira do motim, os irmãos agora irão enfrentar os constantes ataques dos guerreiros árabes (chamados de tuaregues), que lutam encarniçadamente contra o domínio francês.

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.