Beelzebufo ampinga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBeelzebufo ampinga
Ocorrência: Cretáceo Superior: 70 Ma
Representação artística.

Representação artística.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Anura
Superfamília: Hyloidea
Família: Ceratophryidae
Género: Beelzebufo
Evans, Jones & Krause, 2008
Espécie: B. ampinga
Nome binomial
Beelzebufo ampinga
Evans, Jones & Krause, 2008

Beelzebufo ampinga é uma espécie de anfíbio fóssil da família Ceratophryidae do Cretáceo Superior de Madagascar. É a única espécie descrita para o gênero Beelzebufo. Seus restos fósseis foram encontrados na formação Maevarano e datam do Maastrichtiano (cerca de 70 milhões de anos).[1]

Os primeiros fragmentos fósseis foram descobertos em 1993 pelo pesquisador americano David W. Krause da Universidade Stony Brook, de Nova York, sendo formalmente descrito apenas em 2008 com a colaboração dos pesquisadores Susan E. Evans e Marc E. H. Jones.[1]

Pesava em média 4,5 kg e media cerca de 40 cm de comprimento. Possuía uma mordida de uma força de 2 200 N, mais forte que a de um pit bull, o que lhe permitia caçar dinossauros.[2]

Referências

  1. a b Evans, S.E.; Jones, M.E.H.; Krause, D.W. (2008). «A giant frog with South American affinities from the Late Cretaceous of Madagascar». Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America. 105 (8): 2951–2956. doi:10.1073/pnas.0707599105 
  2. «Beelzebufo: o sapo-boi de 68 milhões de anos que comia dinossauros». Super Interessante. Consultado em 27 de outubro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Beelzebufo ampinga
Ícone de esboço Este artigo sobre anfíbios anuros é um esboço relacionado ao Projeto Anfíbios e Répteis. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.