Bloodflowers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bloodflowers
Álbum de estúdio de The Cure
Lançamento 15 de Fevereiro de 2000
Gênero(s) Rock alternativo
Duração 64:29
Gravadora(s) Fiction Records
Produção Paul Corkett, Robert Smith
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de The Cure
Último
Último
Galore
(1997)
Greatest Hits
(2001)
Próximo
Próximo


Bloodflowers é o décimo primeiro álbum de estúdio da banda inglesa The Cure, lançado em 2000.

Em 2001 o álbum foi indicado no Grammy Award como Melhor álbum de música alternativa.

Cquote1.svg ...Gravar o Bloodflowers foi a melhor experiência que eu tive desde que gravei o Kiss Me Kiss Me Kiss Me. Atingi os meus objectivos, que eram fazer o álbum, ter prazer enquanto o gravava, e acabar com algo bastante intenso e emocional.[1] Cquote2.svg
Robert Smith, acerca de Bloodflowers, Never Enough - The Story of The Cure, 2005

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções por Robert Smith/Simon Gallup/Perry Bamonte/Jason Cooper/Roger O'Donnell.

  1. "Out of This World" – 6:43
  2. "Watching Me Fall" – 11:13
  3. "Where the Birds Always Sing" – 5:44
  4. "Maybe Someday" – 5:04
  5. "Coming Up" – 6:26
  6. "The Last Day of Summer" – 5:36
  7. "There Is No If...." – 3:43
  8. "The Loudest Sound" – 5:09
  9. "39" – 7:19
  10. "Bloodflowers" – 7:31

Referências

  1. Jeff Apter


Ícone de esboço Este sobre um álbum de The Cure é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.