Budismo inicial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pipal.jpg
Budismo
inicial
Escrituras

Cânone páli
Agama
Textos budistas
de Gandhara

Concílio

1º Concílio
2º Concílio
3º Concílio
4º Concílio

Escolas

Primeira Sangha
 Mahāsāṃghika
     Ekavyahāraka
     Lokottaravāda
     Prajñaptivāda
     Caitika
 Sthaviravāda
     Puggalavāda
     Sarvāstivāda
     Vibhajjavāda
         Theravāda
         Dharma-
             guptaka

O termo Budismo inicial pode referir-se:

O período pré-sectário do budismo durou até cem anos após o falecimento de Gautama Buddha. As várias separações dentro da organização monástica, se deu junto com a introdução e ênfase na literatura abhidharmika. Tal literatura era específica de cada escola. Argumentos e disputas entre as escolas eram geralmentes baseados nos escritos do abhidharma. Entretanto, as cisões de fato eram originalmente baseadas em discordâncias sobre o vinaya (a disciplina monástica) apesar de, mais tarde (por volta de 100 d.C. ou antes), elas podiam se basear em discordâncias doutrinárias.[1] O budismo pré-sectário, entretanto, não possuía escritos do abhidharma, exceto talvez em algumas estruturas básicas.

Vários séculos depois do advento do budismo maaiana (no século V d.C.), as escolas do budismo inicial adentraram um período de declínio na Índia, enquanto que o budismo maaiana tornou-se mais forte. Xuanzang, o peregrino chinês do século VII reporta, entretanto, que os budistas não-maaiana ainda mantinham-se como uma maioria substancial na Índia daquela época e provavelmente isto manteve-se verdadeiro até o final do budismo na Índia.

Cronologia: Desenvolvimento e propagação das tradições budistas (ca. 450 a.C. – ca. 1300 d.C.).

  450 a.C. 250 a.C. 100 d.C. 500 d.C. 700 d.C. 800 d.C. 1200 d.C.

 

Índia

Sanga
inicial

 

 

 

Escolas iniciais do Budismo Mahayana Vajrayana

 

 

 

 

 

Sri Lanka &
Sudeste Asiático

  Budismo Teravada

 

 
 

 

 

 

Ásia Central

 

Greco-Budismo

 

Budismo Tibetano

 

Budismo da Rota da Seda

 

Extremo Oriente

  Chán, Tendai, Terra Pura, Zen, Nichiren

Shingon

 

 

  450 a.C. 250 a.C. 100 d.C. 500 d.C. 700 d.C. 800 d.C. 1200 d.C.
  Legenda:   = Tradição Teravada   = Tradições Mahayana   = Tradições Vajrayana

Notas e referências

  1. Harvey,Introduction to Buddhism, Cambridge University Press, 1990, page 74

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Buswell, Jr., Robert E. (ed.) (2003). Encyclopedia of Buddhism (MacMillan). ISBN 0-028-65718-7.
  • Cousins, L.S. (1996). "The Dating of the Historical Buddha: A Review Article" in Journal of the Royal Asiatic Society, Series 3, 6.1 (1996): 57-63. Retrieved 29 Nov 2008 from "Indology" at http://indology.info/papers/cousins/.
  • Embree, Ainslie T. (ed.), Stephen N. Hay (ed.), Wm. Theodore de Bary (ed.), A.L. Bashram, R.N. Dandekar, Peter Hardy, J.B. Harrison, V. Raghavan, Royal Weiler, and Andrew Yarrow (1958; 2nd ed. 1988). Sources of Indian Tradition: From the Beginning to 1800 (vol. 1). NY: Columbia U. Press. ISBN 0-231-06651-1.
  • Gombrich, Richard F. (1988; 6th reprint, 2002). Theravāda Buddhism: A Social History from Ancient Benares to Modern Colombo (London: Routledge). ISBN 0-415-07585-8.
  • Harvey, Peter (1990; 15th printing, 2007). An Introduction to Buddhism: Teachings, History and Practices (Cambridge: Cambridge University Press). ISBN 0-521-31333-3.
  • Keown, Damien and Charles S Prebish (eds.) (2004). Encyclopedia of Buddhism (London: Routledge). ISBN 978-0-415-31414-5.
  • Robinson, Richard H. and Willard L. Johnson (1970; 3rd ed., 1982). The Buddhist Religion: A Historical Introduction (Belmont, CA: Wadsworth Publishing). ISBN 0-534-01027-X.
  • Williams, Paul with Anthony Tribe (2000). Buddhist Thought (London: Routledge). ISBN 0-415-20701-0. Retrieved 29 Nov 2008 from "Google Books" at http://books.google.com/books?id=v0Rpvycf1t0C.