Caboclo Mirim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Caboclo Mirim é uma entidade pertencente à linha dos Caboclos de Umbanda. A entidade considerada uma das precursoras da Umbanda.

Através de seu médium, o Caboclo Mirim apresentou várias orientações sobre o comportamento do filho de Umbanda, tanto na sua postura no terreiro como em sua vida.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1920 no Rio de Janeiro, o médium Benjamin Gonçalves Figueiredo, teve a primeira manifestação de uma entidade que identificou-se como Caboclo Mirim. Durante os primeiros anos de sua ligação com a Umbanda, Benjamin foi auxiliado no seu desenvolvimento pelo médium Zélio Fernandino de Morais.

O Caboclo Mirim viria com a finalidade de criar um novo núcleo de crescimento para a Umbanda e assim, toda a família do médium foi chamada a participar. A Tenda Mirim foi fundada em 1924.[1] Eram ao todo 12 pessoas que deram início em 1924 ao que foi chamada a Seara de Mirim, localizada à Rua Sotero dos Reis, 101, Praça da Bandeira. Posteriormente, a tenda mudou-se para a Rua São Pedro e depois para a Rua Ceará. Atualmente está situada na Avenida Marechal Rondon, 597.

Ainda sob a orientação dessa entidade, deu-se a fundação do Primado de Umbanda, uma das primeiras federações umbandistas do Brasil, criada para difundir e estimular o estudo da religião de Umbanda e dos seus reais ensinamentos.

Referências

  1. Sérgio Martins Dos Reis. Universo Umbandista. [S.l.: s.n.] p. 18. Consultado em 3 de novembro de 2018