Campeonato Uruguaio de Futebol de 2008–09

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campeonato Uruguaio de Futebol de 2008–09
CV Campeonato Uruguayo
Dados
Participantes 16
Organização AUF
Local de disputa Uruguai
Período 23 de agosto de 2008 – 15 de julho de 2009
Gol(o)s 640
Partidas 231
Média 2,77 gol(o)s por partida
Campeão Nacional (42º título)
Vice-campeão Defensor Sporting
Rebaixado(s)
Melhor marcador 12 gols:
Melhor ataque (fase inicial) Defensor Sporting – 52 gols
Melhor defesa (fase inicial) Cerro – 25 gols
Maior goleada
(diferença)
Tacuarembó 0 – 5 Cerro
28 de fevereiro de 2008, Clausura, 2ª rodada
Outras divisões
Segunda Divisão Fénix
Segunda Divisão Amadora Oriental
◄◄ Uruguai Uruguaio 2007–08 Soccerball.svg Uruguaio 2009–10 Uruguai ►►

O Campeonato Uruguaio de Futebol de 2008–09 foi a 78ª edição da era profissional do Campeonato Uruguaio. Após bater o Defensor Sporting na final, o Nacional sagrou-se campeão.[2][3]

Regulamento[4][editar | editar código-fonte]

As equipes participantes jogam os torneios Apertura e Clausura, no segundo semestre de 2008 e no primeiro de 2009, respectivamente. Ambos os torneios são sob o sistema de pontos corridos, em um único turno.

Os campeões dos Torneios Apertura e Clausura disputam uma semifinal. O ganhador da partida enfrenta o vencedor da tabela anual (soma dos pontos obtidos nos torneios Apertura e Clausura) em dois jogos finais, onde quem vencer torna-se o campeão do Campeonato Uruguaio.

Com tal regulamento, existem duas possibilidades de haver um campeão sem a disputa da final: no caso de um time vencer um dos Torneios, Apertura ou Clausura, e vencer também a tabela anual, basta derrotar seu oponente na semifinal para sagrar-se campeão antecipado, já que teria terminado a tabela anual no primeiro lugar. A outra possibilidade é uma equipe ganhar os dois Torneios, Apertura e Clausura, para sagrar-se campeã, já que por consequência disso terminaria na primeira colocação da tabela anual e não haveria necessidade de jogar sequer semifinal.

A tabela de descenso consiste na soma dos pontos da tabela anual desta temporada e da temporada passada. As equipes que subiram da Segunda Divisão tem seus pontos multiplicados por 2. São rebaixados à Segunda Divisão os três piores clubes colocados na tabela de descenso.

Classificação[4][editar | editar código-fonte]

Torneio Apertura[editar | editar código-fonte]

O Torneio Apertura começou em 23 de agosto de 2008 e terminou somente em 15 de fevereiro de 2009, já que o campeonato foi suspenso por falta de segurança.[5]

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Danubio 32 15 10 2 3 27 15 12
Nacional 32 15 10 2 3 23 13 10
Defensor Sporting 30 15 9 3 3 23 12 11
Racing 27 15 7 6 2 24 14 10
Liverpool 27 15 7 6 2 21 15 6
Peñarol[a] 25 15 8 4 3 29 15 14
Cerro 23 15 6 5 4 20 12 8
River Plate 20 15 5 5 5 17 17 0
Central Español 20 15 5 5 5 17 21 -4
10º Tacuarembó 17 15 5 2 8 15 20 -5
11º Bella Vista 17 15 5 2 8 13 22 -9
12º Montevideo Wanderers 14 15 4 2 9 17 18 -1
13º Rampla Juniors 14 15 3 5 7 16 24 -8
14º Villa Española 12 15 3 3 9 11 26 -15
15º Cerro Largo 9 15 1 6 8 13 25 -12
16º Juventud 8 15 2 2 11 9 26 -17



 Disputam uma final para determinar o campeão do Torneio Apertura.

Final do Torneio Apertura[editar | editar código-fonte]

15 de fevereiro de 2009 Danubio 1 – 2 Nacional Estádio Centenário, Montevidéu

Rodríguez Gol marcado aos 36 minutos de jogo 36' Relatório Fernández Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
García Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77'
Público: 40 000
Árbitro: Jorge Larrionda[6]

Torneio Clausura[editar | editar código-fonte]

O Torneio Clausura, cujo começou em 21 de fevereiro de 2009 e terminou em 14 de junho do mesmo ano, não contou com a presença do Villa Española, já que o clube não pagou as dívidas que tinha com a Asociación Uruguaya de Fútbol (AUF) e por conta disso, foi rebaixado para a Segunda Divisão Amadora, que equivale à Terceira Divisão do futebol uruguaio.[7]

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Defensor Sporting 34 14 11 1 2 29 15 14
River Plate 30 14 9 3 2 32 17 15
Cerro 29 14 9 2 3 30 13 17
Liverpool 25 14 7 4 3 23 17 6
Peñarol 23 14 7 2 5 22 15 7
Nacional 23 14 6 5 3 27 21 6
Racing 23 14 6 5 3 22 17 5
Montevideo Wanderers 21 14 6 3 5 25 24 1
Cerro Largo 19 14 5 4 5 20 20 0
10º Danubio 15 14 4 3 7 20 24 -4
11º Central Español 12 14 3 3 8 16 24 -8
12º Tacuarembó 12 14 2 6 6 16 25 -9
13º Bella Vista 10 14 2 4 8 16 28 -12
14º Juventud 8 14 2 2 10 15 34 -19
15º Rampla Juniors 5 14 0 5 9 15 34 -19


 Campeão do Torneio Clausura e classificado à semifinal.

Tabela anual[editar | editar código-fonte]

A tabela anual resulta na soma dos pontos obtidos nos Torneios Apertura e Clausura.

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Defensor Sporting 64 29 20 4 5 52 27 25
Nacional 55 29 16 7 6 50 34 16
Cerro 52 29 15 7 7 50 25 25
Liverpool 52 29 14 10 5 44 32 12
Racing 50 29 13 11 5 46 31 15
River Plate 50 29 14 8 7 48 36 12
Peñarol^ 48 29 15 6 8 51 30 21
Danubio 47 29 14 5 10 47 39 8
Montevideo Wanderers 35 29 10 5 14 42 42 0
10º Central Español 32 29 8 8 13 33 45 -12
11º Tacuarembó 29 29 7 8 14 31 45 -14
12º Cerro Largo 28 29 6 10 13 33 45 -12
13º Bella Vista 27 29 7 6 16 29 50 -21
14º Rampla Juniors 19 29 3 10 16 33 57 -24
15º Juventud 16 29 4 4 21 24 60 -36
16º Villa Española 12 15 3 3 9 11 26 -15



 Vencedor da tabela anual, classificado à final e à Liguilla Pré-Libertadores.
 Classificados à Liguilla Pré-Libertadores.

Tabela de descenso[editar | editar código-fonte]

A tabela de descenso consiste na soma do pontos da tabela anual desta temporada e da temporada passada. As equipes que subiram da Segunda Divisão teriam seus pontos multiplicados por 2, mas como o Torneio Clausura teve uma equipe a menos com o descenso do Villa Española à Segunda Divisão Amadora, obrigou o campeonato a ter o coeficiente alterado, com os times que subiram da Segunda Divisão tendo seus pontos multiplicados por 59/29 (aproximadamente 2,034).

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
10º Rampla Juniors 66 59 16 18 25 67 103 -36
11º Central Español 64 59 17 13 29 71 97 -26
12º Tacuarembó 63 59 16 15 28 64 95 -31
13º Cerro Largo 56,97 29 6 10 13 33 45 -12
14º Juventud 56 59 14 14 31 54 89 -35
15º Bella Vista 50 59 13 11 35 60 102 -42
16º Villa Española 24,41 15 3 3 9 11 26 -15


 Rebaixados à Segunda Divisão.
 Rebaixado à Segunda Divisão Amadora.


Promovidos para a próxima temporada: Fénix, Cerrito e Atenas.

Fase final[4][editar | editar código-fonte]

  Semifinal Final
                   
 
 Nacional (Vencedor do Torneio Apertura) 1 1 3
 Defensor (Vencedor do Torneio Clausura) 1 1 0
 Nacional (Vencedor da semifinal) 2 2
 Defensor (Vencedor da tabela anual) 1 1

Semifinal[editar | editar código-fonte]

A semifinal se baseia na regra de "melhor de três", ou seja, a equipe que vencer duas de três partidas a serem disputadas classifica-se à final, independente da diferença de gols. Caso um time vença os dois primeiros jogos já está na final, pois seu oponente não poderia mais alcançá-lo no número de vitórias, pois restaria apenas uma partida.

Primeira partida[editar | editar código-fonte]

21 de junho de 2009 Defensor Sporting 1 – 1 Nacional Estádio Centenário, Montevidéu

de Souza Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24' Relatório Lodeiro Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22' Árbitro: Martín Vázquez

Segunda partida[editar | editar código-fonte]

5 de julho de 2009 Nacional 1 – 1 Defensor Sporting Estádio Centenário, Montevidéu

Romero Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23' Relatório Vera Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44' Árbitro: Darío Ubríaco

Terceira partida[editar | editar código-fonte]

8 de julho de 2009 Defensor Sporting 0 – 3 Nacional Estádio Centenário, Montevidéu

Relatório García Gol marcado aos 31 minutos de jogo 31' (pen.)
Coates Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74'
Fernández Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77'
Árbitro: Roberto Silvera

Final[editar | editar código-fonte]

A final se baseia na regra de "melhor de três", ou seja, a equipe que vencer duas de três partidas a serem disputadas é campeã, independente da diferença de gols. Caso um time vença os dois primeiros jogos já sagra-se campeão, pois seu oponente não poderia mais alcançá-lo no número de vitórias, pois restaria apenas uma partida.

Primeira partida[editar | editar código-fonte]

12 de julho de 2009 Defensor Sporting 1 – 2 Nacional Estádio Centenário, Montevidéu

Pintos Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' Relatório Coates Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78'
Biscayzacú Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'
Público: 13 000
Árbitro: Martín Vázquez

Segunda partida[editar | editar código-fonte]

15 de julho de 2009 Nacional 2 – 1 Defensor Sporting Estádio Centenário, Montevidéu

Victorino Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25'
Lodeiro Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86'
Relatório Navarro Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60' Árbitro: Jorge Larrionda

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Torneio Apertura[8][editar | editar código-fonte]

Jogador Equipe Gols
Uruguai Emiliano Alfaro Liverpool 7
Uruguai Sergio Leal Danubio 7
Uruguai Sebastián Balsas Racing 6
Uruguai William Ferreira Defensor Sporting 6
Uruguai José María Franco Peñarol 6
Uruguai Jonathan Charquero Montevideo Wanderers 5
Uruguai Santiago García Nacional 5
Uruguai Henry Giménez River Plate 5
Uruguai Antonio Pacheco Peñarol 5
Uruguai Mauro Vila Defensor Sporting 5

Torneio Clausura[9][editar | editar código-fonte]

Jogador Equipe Gols
Uruguai Jorge Zambrana River Plate 10
Uruguai Joaquín Boghossian Cerro 9
Uruguai Diego Ifrán Danubio 8
Uruguai Gustavo Biscayzacú Nacional 8
Uruguai Álvaro Navarro Defensor Sporting 8
Uruguai Diego Chaves Montevideo Wanderers 7
Uruguai Antonio Pacheco Peñarol 7
Uruguai Líber Quiñones Racing 7
Uruguai Leandro Rivero Cerro Largo 7
Uruguai Diego de Souza Defensor Sporting 6
Uruguai Paulo Pezzolano Liverpool 6
Uruguai Mauren Franco Tacuarembó 6
Uruguai Aldo Díaz Bella Vista 6

Tabela anual[editar | editar código-fonte]

Jogador Equipe Gols
Uruguai Líber Quiñones Racing 12
Uruguai Antonio Pacheco Peñarol 12

Liguilla Pré-Libertadores da América[editar | editar código-fonte]

Liguilla Pré-Libertadores da América de 2009
XXXV Liguilla Pre-Libertadores de América
Copa Artigas 2009
Dados
Participantes 6
Organização AUF
Período 18 de julho – 5 de agosto
Gol(o)s 50
Partidas 16
Média 3,13 gol(o)s por partida
Campeão Cerro (1º título)
Vice-campeão Racing
Melhor marcador UruguaiURU Joaquín Boghossian (Cerro) – 7 gols[1]
Melhor ataque (fase inicial) Cerro – 12 gols
Melhor defesa (fase inicial) 6 gols:
Maiores goleadas
(diferença)
River Plate 0 – 3 Defensor Sporting
19 de julho, 1ª rodada
 
Liverpool 3 – 0 River Plate
22 de julho, 2ª rodada
 
Cerro 3 – 0 Liverpool
29 de julho, 4ª rodada
◄◄ Uruguai Liguilla 2008 Soccerball.svg Não disputado ►►

A Liguilla Pré-Libertadores da América de 2009 foi a 35ª edição da história da Liguilla Pré-Libertadores, competição disputada entre as temporadas de 1974 e 2008–09, a fim de definir quais seriam os clubes representantes do futebol uruguaio nas competições da CONMEBOL. O torneio de 2009 consistiu em uma competição com um turno, no sistema de todos contra todos. O vencedor foi o Cerro, que obteve seu 1º título da Liguilla.[10]

Essa foi a última edição da Liguilla Pré-Libertadores da América, já que em 2010 foi suspendida a realização do torneio por conta da Copa do Mundo[11] e em 2011 novamente suspendida sua realização por conta da Copa América. Ainda em 2011, foi decidido que a competição não seria mais disputada.

Classificação da Liguilla[4][editar | editar código-fonte]

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Cerro 12 5 4 0 1 12 6 6
Racing 10 5 3 1 1 11 7 4
River Plate 6 5 2 0 3 7 11 -4
Liverpool 5 5 1 2 2 6 7 -1
Defensor Sporting 5 5 1 2 2 5 6 -1
Nacional^ 4 5 1 1 3 8 12 -4



 Campeão da Liguilla e classificado à Libertadores de 2010.
 Classificados à Libertadores de 2010.
 Classificado à Copa Sul-Americana de 2009.
 Disputam o playoff pela 2ª vaga à Copa Sul-Americana de 2009.

Resultados dos jogos da Liguilla[editar | editar código-fonte]

18 de julho Luis Franzini Liverpool 1:1 Racing
19 de julho Centenário River Plate 0:3 Defensor Sporting
19 de julho Centenário Cerro 3:1 Nacional
23 de julho Parque Palermo Liverpool 3:0 River Plate
23 de julho Parque Saroldi Cerro 2:0 Defensor Sporting
23 de julho Luis Franzini Nacional 2:3 Racing
26 de julho Parque Palermo Racing 3:1 Cerro
26 de julho Parque Nasazzi Defensor Sporting 0:0 Liverpool
26 de julho Luis Franzini River Plate 4:2 Nacional
29 de julho Parque Palermo River Plate 1:0 Racing
29 de julho Parque Nasazzi Nacional 0:0 Defensor Sporting
29 de julho Luis Franzini Liverpool 0:3 Cerro
2 de agosto Parque Nasazzi Liverpool 2:3 Nacional
2 de agosto Luis Franzini Franzini Cerro 3:2 River Plate
2 de agosto Parque Capurro Defensor Sporting 2:4 Racing

Playoff pela 2ª vaga à Copa Sul-Americana de 2009[editar | editar código-fonte]

5 de agosto de 2009 Liverpool 1 – 0 Defensor Sporting Estádio Jardines del Hipódromo, Montevidéu

Nicolás Correa Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80' Relatório Árbitro: Jorge Larrionda

Artilheiros da Liguilla[12][editar | editar código-fonte]

Jogador Equipe Gols
Uruguai Joaquín Boghossian Cerro 7
Uruguai Álvaro Navarro Defensor Sporting 4
Uruguai Sebastián Balsas Racing 4
Uruguai Henry Giménez River Plate 3
Argentina Pablo Hernández Racing 3
Uruguai Sergio Blanco Nacional 3
Uruguai Bruno Montelongo River Plate 2
Uruguai Claudio Dadomo Cerro 2
Argentina Pablo Torres Racing 2
Uruguai Santiago García Nacional 2
Uruguai Emiliano Alfaro Liverpool 2

Clubes classificados às competições da CONMEBOL[12][editar | editar código-fonte]

Copa Libertadores da América de 2010[editar | editar código-fonte]

Equipe Classificação
1 Nacional Campeão Uruguaio de 2008–09
2 Cerro Campeão da Liguilla de 2009
3 Racing Vice-campeão da Liguilla de 2009

Copa Sul-Americana de 2009[editar | editar código-fonte]

Equipe Classificação
1 River Plate 3º colocado da Liguilla de 2009
2 Liverpool 4º colocado da Liguilla de 2009

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Uruguaio de 2008–09
Flag of Uruguay.svg
Nacional
Campeão
(42º título)

Referências