Canuto IV da Dinamarca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Canuto IV
Rei da Dinamarca
Overselo L2valv1a.jpg
Governo
Reinado 108017 de Julho de 1086
Consorte Adélia da Flandres
Antecessor(a) Haroldo III
Sucessor(a) Olavo I
Vida
Nascimento 1043
Morte 17 de Julho de 1086
Priorido de São Albano , Odense, Dinamarca
Filho(s) Carlos I, conde de Flandres
Ingegarda Knudsdatter
Cecília Knudsdatter
Pai Sueno II
São Canuto IV da Dinamarca
A morte de Canuto, o Santo, por Christian Albrecht von Benzon
Rei da Dinamarca
Nascimento 1042
Morte 17 de julho de 1086
Veneração por Igreja Católica Romana
Canonização 1300 por Paschal II, Roma, Itália
Festa litúrgica 19 de Janeiro
Padroeiro Dinamarca
Gloriole.svg Portal dos Santos

Canuto IV (c.104317 de Julho de 1086), também conhecido como Canuto, o Santo (em dinamarquês, Knud den Hellige), foi rei da Dinamarca entre 1080 e 1086. É o santo padroeiro da Dinamarca.

Canuto IV era o filho ilegítimo do rei Sueno II, tendo sucedido o seu irmão Haroldo III. Casou-se com Adelaide da Flandres, filha de Roberto I, conde da Flandres, e teve um filho, Carlos, que se tornou conde da Flandres.

Canuto pretendia estabelecer uma forte autoridade real com base numa igreja poderosa. Ele considerou ser seu o título de Rei da Inglaterra, já que era o sobrinho-neto do rei Canuto, o Grande, que reinou a Inglaterra, a Dinamarca e a Noruega entre 1016 e 1035. Canuto IV tentou forçar os camponeses da Jutlândia a participar numa invasão à Inglaterra. No entanto, esta acção provocou antes uma rebelião que culminou com o regicídio de Canuto na igreja de S. Alban, em Odense. Na mesma, morreram o seu irmão Bento e 17 dos seus seguidores. Em 1101, Canuto IV foi canonizado e em 1300, ele e o seu irmão foram enterrados na nova catedral de S. Canuto.

Após a expansão do Luteranismo, e apesar da sua canonização, Canuto foi visto como um tirano que explorava o povo e foi assassinado pelo mesmo em busca da sua liberdade. Esta interpretação mentirosa da História é predominantemente vista em escrita de influência liberal e esquerdista. No entanto, os camponeses da Dinamarca medieval tinham liberdade e influência política, ao contrário do feudalismo continental europeu. É de notar que Canuto IV seguia contudo uma linha absolutista, à qual a Dinamarca não tinha sido exposta devido à grande resistência a influências provindas da zona do Mediterrâneo, em reinados anteriores.

Precedido por
Haroldo III
Rei da Dinamarca
1080 - 1086
Sucedido por
Olavo I