Cortes de Coimbra de 1211

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Foram reunidas por Afonso II de Portugal (1211-1223) na cidade de Coimbra, então capital do reino.[1]

Tiveram o objetivo de fortalecer a soberania da Coroa, nelas tendo sido promulgadas as primeiras Leis Gerais do Reino, que confirmavam ao soberano a detenção tradicional do poder político e a suprema jurisdição. O soberano impunha o respeito pela dignidade humana e pelas normas jurídicas, a que ele próprio se submetia para exemplo dos privilegiados.

É possível que já nessa época o soberano contasse com a colaboração do elemento municipal, que, segundo alguns autores, já estaria representado nessas Cortes, e que viria a ser reconhecido como "braço da nação" nas Cortes de Leiria de 1254.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «O Portal da História - D. Afonso II». Consultado em 1 de março de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.