Crank It Up

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"Crank It Up"
Single de Ashley Tisdale
do álbum Guilty Pleasure
Lado B "Time's Up'" "Blame It On the Beat"
Lançamento 9 de Outubro de 2009
Formato(s) Digital download
CD single
Gravação 2009
Gênero(s) Dance-pop, electropop
Duração 3:01
Gravadora(s) Warner Bros. Records
Composição Niclas Molinder, Joacim Persson, Johan Alkenäs, David Jassy.
Crítica profissional Crank it up teve boas críticas, que compararam o som ao de Britney Spears.
Cronologia de singles de Ashley Tisdale
"It's Alright, It's OK"
(2009)
"Gonna Shine"
(2011)

"Crank It Up" (em português: "Aumente o Som") é o segundo single do segundo álbum da Ashley Tisdale com participação especial de Sean Garrett para o álbum Guilty Pleasure. O single teve seu primeiro lançamento na Alemanha dia 16 de Outubro de 2009 e na Europa no dia 17 de Outubro. No Brasil, o clipe e a música foram lançados no dia 26 de Outubro. Mesmo sem receber grandes certificados como He Said She Said, este é consciderado o melhor clipe já feito pela cantora, além de ser também o primeiro clipe de Ashley que mistura sensualidade e um toque de fantasia.

Informações sobre a música[editar | editar código-fonte]

A música fala sobre uma batida que a faz delirar, entrar em um tipo de frenesi,e querer "quebrar tudo" com suas amigas, a canção tem batidas eletrônicas e guitarras leves em terceiro plano.

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Versão Oficial[editar | editar código-fonte]

O clipe começa com a Ashley ajoelhada num quarto escuro,de hotel, em frente a uma janela,de dia,onde penas negras caem sobre ela,com asas escuras e uma roupa bastante curta, cena que é revezada com uma cena da Ashley num corredor, com a mesma roupa, porém, sem as asas. A partir do primeiro refrão, ela aparece num corcelet branco com uma saia/cinta-liga branca,encostada em uma parede dourada,mal-iluminada cena que reveza com uma cena de uma boate, onde ela dança provocativamente com dois membros de sua banda. Durante o bridge, ela aparece em cima de uma mesa, com o mesmo corcelet branco e saia/cinta-liga, dançando para seus amigos que brindam.

Nele Ashley mostra que perdeu suas "asas" e que agora está madura e sexy. O clipe foi filmado no dia 1 de Outubro de 2009 e teve o primeiro lançamento no canal Alemão VIVA. No Brasil, foi o segundo videoclipe da cantora a entrar no Top 15 do Lab Disk MTV, além de ter atingido a primeira posição em duas ocasiões, e o sexto a entrar no TOP TVZ, alcançando o primeiro lugar 4 semanas após a estréia na parada. A musica teve um bom desempenho no YouTube, chegando a marca de 1 milhão de acessos em poucos dias e, até o momento, já ultrapassa 7,5 milhões de exibições,e até 2010 o vídeo já havia sido visualizado mais de 10 milhões de vezes.Em 21 de março o video ja tem mais de 12,7 milhões de acessos sendo assim o segundo video da cantora mais visto no youtube(atrás apenas de He said She Saidque tem 18,1 milhões).

Versão Alternativa[editar | editar código-fonte]

Uma versão alternativa foi lançada para divugação filme Premonição 4. O clipe tem as mesmas cenas do original sendo adicionadas cenas do filme.

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

CD Single

  1. "Crank It Up" (Single Version) - 3:01
  2. "Time´s Up" (Exclusive Non-Album Track) - 3:25
  3. "Blame It On The Beat" (Exclusive Non-Album Track) - 3:28

Desempenho em Charts[editar | editar código-fonte]

Logo na primeira semana tornou-se o quarto single de Ashley a entrar no top 20 alemão, na posição de #19. Not Like That teve um melhor desempenho no Chile, mas Crank It Up permaneceu durante mais tempo na parada. Na Grécia, Crank It Up ficou em #1 por vários dias no top 10 MTV e foi por duas semanas, a música mais pedida nas rádios do país, ultrapassando até Bad Romance, de Lady GaGa.

Charts (2009-2010) Pico
 Alemanha Singles Chart 3
 Brasil Hot 100 Singles & Tracks 57
 Áustria Top 75 22
 Chile Top 100 45
União Europeia Hot 100 66
União Europeia Euro 200 127

Paradas de fim de ano[editar | editar código-fonte]

Chart (2007) País Posição
Alemanha Top 300 singles Alemanha 193

Históricos[editar | editar código-fonte]

Chile Top 100
Semana 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16
Posição 98 80 99 53 45 45 51 63 60 56 72 95 78 51 59 97

Históricos[editar | editar código-fonte]

German singles Chart
Semana 01 02 03 04 05 06 07 08 09
Posição 19 22 26 38 56 63 72 97 89

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.