Cratera de Vredefort

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pix.gif Cratera de Vredefort *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Vredefort Dome STS51I-33-56AA.jpg
Imagem de satélite
País África do Sul
Critérios N (i)
Referência 1162 en fr es
Coordenadas 26° 51' 36" S 27° 15' 36" E
Histórico de inscrição
Inscrição 2005  (29.ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
Cratera de Vredefort está localizado em: África do Sul
Cratera de Vredefort
Localização na África do Sul

A cratera de Vredefort, com 300 km de diâmetro e mais de dois bilhões de anos, é considerada a maior e a mais antiga cratera de impacto já descoberta na Terra (em 2006 pesquisadores liderados por Ralph von Frese descobriram em Wilkes Land na Antártida uma cratera com 480 km de diâmetro).[1][2]

Localiza-se na Província do Estado Livre da África do Sul. A localidade de Vredefort situa-se dentro da cratera e dá nome à mesma.

Estima-se que o meteoro que causou a cratera tivesse entre 6 a 10 km de diâmetro e que este embateu na Terra há cerca de 2,1 bilhões de anos com uma velocidade 40 000 a 250 000 km/h.

É um testemunho do evento conhecido que mais energia libertou e que causou enormes mudanças globais, incluindo mudanças evolutivas. Apesar da importância para a história do planeta, actividades geológicas na superfície da Terra levaram ao desaparecimento de evidências da maioria das áreas de impacto. Vredefort é hoje o único exemplo que fornece todas as características deste tipo de formação na superfície do planeta.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Rui Pena dos Reis, O Tempo de Pedra, Imprensa da Univ. de Coimbra ISBN 9-898-07455-8
  2. «Crateras por impacto de corpos extraterrestres - Astroblemas». www.igc.usp.br 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma cratera é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre a África do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.