Della Penna Motorsports

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estados Unidos Della Penna Motorsports
Informações gerais
Nome completo Della Penna Motorsports
Chefe de equipe Argentina John Della Penna
Site dellapenna.com
Pilotos CART:
Estados Unidos Richie Hearn
Japão Hideshi Matsuda
Argentina Norberto Fontana
Estados Unidos Memo Gidley
Austrália Jason Bright
IRL:
Estados Unidos Richie Hearn
Estados Unidos Scott Harrington
Fórmula Atlantic:
Estados Unidos Jimmy Vasser
Estados Unidos Jamie Galles
Estados Unidos Clint Mears
Motor Ford-Cosworth, Ford XD, Ford XB, Toyota
Chassis Lola T96/00, Lola T97/00, Swift 009.c,
Swift 010.c, Reynard 99i, Reynard 2KI
Pneu Goodyear e Firestone
Champ Car
Estreia Estados Unidos GP de Long Beach, 1996
Corridas concluídas 69
Última corrida Estados Unidos 500 Milhas de Fontana, 2000
Posição no último campeonato (2000) 14º (17 pontos)
Indy Racing League
Estreia Estados Unidos Indy 200 at Walt Disney World, 1996
Corridas concluídas 5
Vitórias 1
Pole Positions 1
Volta mais rápida 1
Última corrida Estados Unidos GP de Las Vegas, 1996

Della Penna Motorsports foi uma equipe norte-americana de automobilismo fundada em 1990 pelo argentino John Della Penna, ex-piloto da Fórmula Atlantic na década de 1980.

Disputou a extinta CART (Champ Car) entre 1996 e 2000, obtendo, na maioria das provas, resultados pouco expressivos. Na Atlantic, disputou as temporadas de 1990, 1991, 1994 e 1995, além das 2 primeiras temporadas da Indy Racing League, conquistando um 3º lugar nas 500 Milhas de Indianápolis de 1996 e vencendo a etapa de Las Vegas[1], ambos com o norte-americano Richie Hearn (campeão da Atlantic em 1995). Esta foi, também, a última prova da escuderia na IRL.

Estreou na CART em 1996, disputando 3 corridas, todas com Hearn - que seria o principal piloto da escuderia até 1999. Outros pilotos que guiaram carros da Della Penna foram o japonês Hideshi Matsuda (apenas no GP de Motegi de 1998), o mexicano-americano Memo Gidley (9 corridas), o argentino Norberto Fontana (10 etapas) e o australiano Jason Bright (apenas o GP de Surfer's Paradise de 2000, último ano do time na CART). A melhor colocação da equipe foi um 5º lugar conquistado por Hearn nas 500 Milhas de Michigan de 1998. Com o final da parceria entre a Della Penna e a Toyota, o time ficou sem motores para a temporada de 2001[2], o que inviabilizou sua continuação no automobilismo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Skip Myslenski (30 de maio de 1997). «Hearn On The Rise In Cart Thanks In Part To Della Penna». Chicago Tribune. Consultado em 3 de outubro de 2017 
  2. «Toyota Drops Della Penna». Crash.net. 26 de outubro de 2000. Consultado em 3 de outubro de 2017