Divino das Laranjeiras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o município de Minas Gerais. Para outros significados, veja Divino (desambiguação).
Município de Divino das Laranjeiras
Bandeira indisponível
Brasão de Divino das Laranjeiras
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Aniversário 1 de março de 1963
Fundação 30 de dezembro de 1962 (55 anos)
Gentílico divinense
CEP 35.265-000
Prefeito(a) Romilson Alves (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Divino das Laranjeiras
Localização de Divino das Laranjeiras em Minas Gerais
Divino das Laranjeiras está localizado em: Brasil
Divino das Laranjeiras
Localização de Divino das Laranjeiras no Brasil
18° 46' 40" S 41° 28' 48" O18° 46' 40" S 41° 28' 48" O
Unidade federativa Minas Gerais
Região
intermediária

Governador Valadares IBGE/2017[1]

Região
imediata

Governador Valadares IBGE/2017[1]

Municípios limítrofes Central de Minas a leste; Mendes Pimentel, a nordeste; São Félix de Minas e Nova Módica a norte; Galiléia ao sul; e Governador Valadares a oeste
Distância até a capital 380 km
Características geográficas
Área 342,249 km² [2]
Distritos Central de Santa Helena e Divino das Laranjeiras (sede)[3]
População 5 086 hab. estatísticas IBGE/2017[4]
Densidade 14,86 hab./km²
Altitude 250 m
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,661 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 42 258,03 mil IBGE/2015[6]
PIB per capita R$ 8 315,24 IBGE/2015[6]

Divino das Laranjeiras é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Sua população estimada em 2017 era de 5 086 habitantes.[4]

O nome do município se deve aos dois principais córregos que atravessam a cidade, o Córrego Divino e o Córrego das Laranjeiras.

O Município de Divino das Laranjeiras pertence a Comarca de Galileia, cidade onde se encontra situado o Fórum da Justiça do Estado de Minas Gerais - TJMG e também ficam estabelecidos todos os Cartórios Extrajudiciais Especializados, como o Cartório de Registro de Títulos e Documentos e Civil das Pessoas Jurídicas, o Cartório de Registro de Imóveis, e etc.

História[editar | editar código-fonte]

O atual município de Divino das Laranjeiras foi criado inicialmente como distrito de Galileia, pela lei estadual nº 1039, de 12 de dezembro de 1953, com área desmembrada do distrito galileense de Sapucaia do Norte. A emancipação ocorreu pela lei estadual nº 2.764, de 30 de dezembro de 1962, sendo composto desde então por dois distritos: Central de Santa Helena e Divino das Laranjeiras (distrito-sede).[3]

Geografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com a divisão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística vigente desde 2017,[7] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária e Imediata de Governador Valadares.[1] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, o município fazia parte da microrregião de Governador Valadares, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Vale do Rio Doce.[8]

Política[editar | editar código-fonte]

Poder Executivo[editar | editar código-fonte]

Prefeitos que já administraram a cidade:

Poder Legislativo[editar | editar código-fonte]

A Câmara Municipal de Divino das Laranjeiras é composta por nove vereadores, e está em sua 14ª Legislatura, empossada em 2017.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

A cobertura de energia elétrica atinge praticamente 100% dos moradores e é feita pela CEMIG (Companhia Energética de Minas Gerais S/A).

O saneamento básico é feito pela COPASA/MG (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) e cobre tanto o distrito-sede (desde 1979), o distrito de Central de Santa Helena e os povoados de Linópolis e Macedônia. O esgoto está a cargo da Prefeitura Municipal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 11 de fevereiro de 2018. 
  2. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (15 de janeiro de 2013). «Áreas dos Municípios». Consultado em 11 de fevereiro de 2018.. Cópia arquivada em 11 de fevereiro de 2018 
  3. a b Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Divino das Laranjeiras - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 16 de julho de 2013.. Cópia arquivada em 16 de julho de 2013 
  4. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (30 de agosto de 2017). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2017» (PDF). Consultado em 11 de fevereiro de 2018. 
  5. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 11 de fevereiro de 2018.. Cópia arquivada (PDF) em 8 de julho de 2014 
  6. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2015). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2015». Consultado em 11 de fevereiro de 2018.. Cópia arquivada em 11 de fevereiro de 2018 
  7. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 11 de fevereiro de 2018.. Cópia arquivada em 11 de fevereiro de 2018 
  8. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1990). «Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas» (PDF). Biblioteca IBGE. 1: 76–78. Consultado em 11 de fevereiro de 2018.. Cópia arquivada (PDF) em 11 de fevereiro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Divino das Laranjeiras
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.