Echinacea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaEchinacea
Echinacea purpurea Maxima

Echinacea purpurea Maxima
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Ordem: Asterales
Família: Asteraceae
Género: Echinacea
Espécies
ver text0
Commons
O Commons possui multimídias sobre Echinacea
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Echinacea

Echinacea é um género botânico pertencente à família Asteraceae, consituído por nove espécies.

A equinácea é uma planta originária da América do Norte, à qual são atribuídas propriedades imunoestimulantes que promovem os mecanismos de defesa do organismo. O extrato de equinácea é usado em tratamento complementar de infecções respiratórias, gripes, resfriado, faringite, rinite e sinusite.

Seus constituintes químicos são o ácido caféico, ácido chicórico, polialcanos, polissacarídeos, tusselagina, acetato de bornil, alcamídeos, borneol, cariofileno, cinarina, equinacosídeo, isotussilagina.

Sua propriedades medicinais são antibacteriana, antibiótico, antiviral, antisséptica, anti-inflamatória, antimicrobiana, imunoestimulante, fortificante.

Universidade de Connecticut[editar | editar código-fonte]

Depois de considerar os elementos de 14 estudos prévios sobre o uso da equinácia, pesquisadores da Escola Farmacêutica da Universidade de Connecticut, Estados Unidos, concluíram que o consumo da planta pode atenuar as chances de desenvolver resfriado comum, em mais de 58% dos casos. O estudo, divulgado na revista científica The Lance Infectious Diseases, alega, além disso, que a equinácia auxiliaria reduzir em até quatro dias a duração do resfriado. Prudentes, os pesquisadores afirmam que outros estudos em larga escala ainda são indispensáveis para admitir o uso da planta para prevenção e tratamento do resfriado comum.

O interesse do estudo da equinácia não é novidade, pois se trata do fitoterápico, mais frequente na Europa e nos Estados Unidos, como preventivo para gripes e resfriados. Os índios americanos foram os precursores na utilização da planta.

A planta da equinácia é abundante, arbustiva, chegando a aproximadamente de 60 cm de altura, na maioria das vezes. Parece-se com uma toupeira das margaridas. As folhas são lanceoladas, grosseiras e opostas. As flores apresentam-se com pétalas brancas ou rosadas e núcleo amarelo.

Um dos resultados mais extraordinários da equinácia é a estimulação da fagocitose. Esse acontecimento é responsável pela identificação e eliminação de estruturas invasoras. A planta, apresentada como capaz de aumentar a capacidade de resposta do sistema imunológico, é útil para todos os tipos de infecções: bacterianas, virais e por fungos.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre asteráceas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.