Eliana no Parque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eliana no Parque
Informação geral
Formato game show
Gênero Infantojuvenil
Duração 120 minutos (12:45 - 14:45)
País de origem Brasil Brasil
Idioma original língua portuguesa
Produção
Diretor(es) Wanderley Villa Nova
Apresentador(es) Eliana
Exibição
Emissora original Brasil Rede Record
Transmissão original 28 de março de 1999 - 25 de junho de 2000
Episódios 68

Eliana no Parque foi um programa de televisão brasileiro apresentado por Eliana e exibido pela RecordTV entre 28 de março de 1999 à 25 de junho de 2000. Desde o início, o programa foi um game show, focado na audiência infanto-juvenil dos domingos.

História[editar | editar código-fonte]

Eliana no Parque começou a ser produzido em 1999 como parte da proposta que a Record TV fez para contratar Eliana quando foi contratada pela emissora no ano anterior. A apresentadora havia tentado ter um programa voltado ao público jovem aos domingos ainda no SBT - emissora que a revelou, mas o próprio dono da emissora, Sílvio Santos, havia dito que naquele momento não seria possível atendê-la[1]. A atração, inspirada no Domingo no Parque comandando pelo próprio Sílvio Santos com sucesso na década de 1980, era um game show que ia desde competições esportivas, como basquete, voleibol ou cabo de guerra,[2] até a disputas entre bebês com o intuito de descobrir qual engatinhava mais rápido. O programa de auditório competia pela audiência dominical com programas de sucesso na época, como Fantasia, Domingo Legal e Planeta Xuxa.[3]

Em 2000, devido à pesada concorrência o programa foi cancelado com promessa de reformulação (que nunca aconteceu) e a apresentadora passou a apresentar apenas o diário Eliana & Alegria, exibido nas manhãs da emissora.

O Programa[editar | editar código-fonte]

Eliana no Parque consistia na disputa através de gincanas entre duas escolas. Haviam provas de cunho esportivo e social, sendo que essas últimas davam mais pontos. Eram três provas: Cada escola tinha de providenciar trabalho (com registro profissional) para um desempregado; dar bolsas de estudo e arrecadar a maior quantidade de alimentos não perecíveis. Os alimentos eram distribuídos pela Associação Beneficente Cristã (ABC). A entrega dos alimentos era exibida e acompanhada pela apresentadora e produção[4].

As outras brincadeiras eram pensadas para divertir a família, com o Futebol de Sabão, Corrida de Bebês, Cabo de Gerra, Basquete, entre outros.

Apresentadora[editar | editar código-fonte]

Eliana, a apresentadora do programa.

Eliana é uma apresentadora de televisão, atriz, empresária e cantora brasileira que começou a carreira de apresentadora no SBT em 1993 apresentando programas infantis[5]. Em 1998 foi para a RecordTV para apresentar o Eliana & Alegria[1]. Em 2004, com o fim do Programa Eliana, mudou de público passando a apresentar o dominical Tudo é Possível, que foi seu último trabalho na RecordTV. Além de seus mais de 160 produtos licenciados, a apresentadora durante sua fase dedicada ao público infantil, movimentou quarenta milhões de dólares por ano com seu nome. Foi uma das maiores vendedoras de brinquedos do Brasil - perdendo apenas para os licenciados da Disney[6] tendo comercializado mais de dez milhões de unidades desde 1994. Sua boneca de 1,10 m da Estrela foi, por mais de dez anos, um dos maiores sucessos de venda da empresa[7]. Na carreira como cantora vendeu mais de 5 milhões de álbuns e foi a primeira brasileira indicada ao Grammy Latino na categoria de Melhor Álbum Infantil[8]. Suas músicas mais famosas são: Os Dedinhos e Pop Pop.

Em 2009 Eliana foi novamente contratada pelo SBT[9], emissora que permanece até hoje. Atualmente, é uma dos apresentadores mais bem pagos do país[10].

Recepção[editar | editar código-fonte]

Antes do programa, a audiência na faixa horária era de apenas 4 pontos, com a exibição de desenhos animados como O Laboratório de Dexter e A Vaca e o Frango.[11] Com a estreia, a audiência subiu para uma média entre 7 e 10 pontos[12], ficando em segundo lugar na audiência com frequência – assim como Eliana & Alegria, que mantinha a vice-liderança[13] . Mesmo a concorrência no domingo sendo a mais forte na semana. Outras vezes, ficava em terceiro lugar na audiência, ficando atrás da Rede Globo com o Planeta Xuxa e do SBT com o Celso Portiolli e com o Programa Silvio Santos.[14][15]

A mídia especializada elogiou o programa e seu caráter social. O Jornal o Estado de São Paulo destacou que o programa da RecordTV mostrava que um programa de auditório podia ser mais que um entretenimento familiar e ainda frisou que "desde a estreia em março, num total de 16 edições, incluindo a de hoje, às 14h30, o programa conseguiu, com os colégios, recolocar 14 desempregados no mercado de trabalho, entregar 16 bolsas de estudo e arrecadar 64 toneladas de alimentos"[4].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Thevenet, Cláudia (27 de setembro de 1998). «Eliana Ganha Uma Casa na Record». O Globo. Consultado em 15 de junho de 2020 
  2. (em português) FACED Arquivado em 3 de novembro de 2010, no Wayback Machine. - História da televisão brasileira. Página visitada em 08/04/08.
  3. (em português) AN Tevê Arquivado em 26 de fevereiro de 2008, no Wayback Machine. - Ana Lúcia do Vale, Roda da fortuna. Página visitada em 08/04/08.
  4. a b França, Carla (16 de maio de 1999). «Quando a diversão dá emprego». O Estado de S. Paulo. Consultado em 12 de julho de 2020 
  5. «Biografia de Eliana». IG. Consultado em 12 de julho de 2020 
  6. Jardim, Vera (11 de outubro de 1998). «Eliana no País das Maravilhas». Jornal do Brasil. Consultado em 15 de junho de 2020 
  7. Franco, Carlos (04 de fevereiro de 2004). «Eliana supera Xuxa em licenciamento». O Estado de S. Paulo. Consultado em 15 de junho de 2020  Verifique data em: |data= (ajuda)
  8. «Eliana faz um ano de namoro». Terra. Consultado em 12 de julho  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  9. Feltrin, Ricardo (21 de junho de 2009). «SBT decide pagar multa e tira Eliana da Record». Uol. Consultado em 12 de julho de 2020 
  10. «Quem são e quanto ganham os 10 apresentadores de TV mais bem pagos do Brasil». Incrível. Consultado em 12 de julho de 2020 
  11. (em português) AN Tevê Arquivado em 23 de março de 2008, no Wayback Machine. - Isadora Andrade e Fábio Dobbs, Eliana encara jornada dupla na Rede Record. Página visitada em 08/04/08.
  12. Pereira, Eliane (1 de novembro de 1999). «Loura em alta». Meio & Mensagem. Consultado em 20 de junho de 2020 
  13. Corrêa, Elena (24 de novembro de 1999). «Uma lourinha que está a mil 20 horas por dia». O Globo. Consultado em 16 de junho de 2020 
  14. (em português) Vale Paraibano[ligação inativa] - Isadora Andrade e Fábio Dobbs, Eliana vai marcar presença no domingo. Página visitada em 08/04/08.
  15. (em português) TV Crítica[ligação inativa] - Eliana no Parque é uma boa opção. Página visitada em 08/04/08.