Banana Split (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Banana Split
Informação geral
Origem São Paulo, SP
País  Brasil
Gênero(s)
Período em atividade 19891995
19982006
2013 - 2018
2021 - presente
Gravadora(s) Continental, BMG
Integrantes Vicck Lopes
Tycia Pego
Vanessa Vellozo
Ex-integrantes (ver lista completa)
Página oficial www.grupobananasplit.com.br/

Banana Split é um grupo feminino brasileiro formado em 1989 originalmente por Adriana Colin, Rosane Muniz, Mel Nunez e Andreia Reis.[1][2][3]

História[editar | editar código-fonte]

O Banana Split nasceu em 1989, quando Rosane Muniz, Adriana Colin, Andréia Reis, miss Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina, respectivamente, e a carioca Mel Nunes, que trabalhavam como elenco de apoio do humorístico Veja o Gordo, de Jô Soares, descobriram que dividiam a mesma paixão pela música.[4] Incentivadas por Jô, com o nome de "As meninas do Jô",[5] elas montaram o show "Certas Mulheres", no qual cantavam e dançavam músicas de artistas que admiravam como Rita Hayworth, Madonna e Janet Jackson e, após alguns meses, assinaram com a produtora Promoart, de Gugu Liberato, e com a gravadora Continental para gravarem um trabalho autoral.[6]

Em 1990, elas lançaram o primeiro álbum, que se tornou um grande sucesso e levou-as a realizar uma turnê na Europa, onde Rosane sofreu grave acidente de ultraleve e ficou afastada do grupo por cinco meses.[6] Ainda em 1990, Andréia se casou e deixou o grupo, sendo substituída por Eliana[7][8], que permaneceu poucos meses no grupo, já que foi logo convidada por Silvio Santos para apresentar um programa infantil.[6]

Em 1993, Rosane e Mel decidiram deixar o grupo e Adriana, juntamente com Gugu, testaram em 93 cantoras, das quais Liz Vargas[9][10], Luciana Priami e Nina Mayer foram escolhidas como novas integrantes. Em 1994, elas lançam o álbum Forró Mix, no qual atingiram sucesso com a versão de "Macarena". Em 1995, o grupo chegou ao fim, pela primeira vez.

Em 1998, com o nome Banana Split vendido para a Promoarte, Gugu selecionou cinco novas meninas para relançar o grupo: Sandra Pascutti, Monica Nocete[11], Mariana Peres, Adriana Della Rovere e Marcia Regina Alves. Assinadas com a RGE, elas lançaram o terceiro álbum e tiveram como maior sucesso "La Bamba". Esta formação foi capa da edição de outubro de 1998 da Revista Playboy. Em 1999, fizeram uma turnê pelo Japão. Marcia saiu do grupo em 2000, após se casar com o cantor Chitãozinho.[12][13] Em 2001, como quarteto, foi lançado o disco Som Caliente.[14] Neste ano, saíram Mariana e Sandra e no seguinte, em 2002, Monica e Adriana, terminando esta formação.

Em 2003, o grupo foi reformulado e se tornaram novas integrantes Vanessa Zotth[15], Camila Viana, Gizelle Maritan[16], Danieli Stanguini e Andrea Messiano, durando apenas um ano.[17]

Em 2005, a empresária Patrícia Gomes, adquiriu a marca Banana Split. Em 2006, receberam o convite para fazer uma turnê internacional em Portugal, Espanha e França, apresentando-se em Paris durante uma temporada.[5]

Em 2013, uma nova versão é formada[18][19] com Dayanna Gon[20], finalista do programa Popstars, nos vocais principais, e as dançarinas de Monique Souza, Lidia Moura, Nadia Antonov, Madá Bertoldo e Vanessa Leony[21][22]. Após nova reformulação, o grupo seguiu como trio com Dayanna Gon, Maggie Salles e Vanessa Leony.[23][24]

Em meados de 2021, foi anunciado que o grupo estava a procura de cinco mulheres, de 18 a 25 anos, para uma nova formação[2][25] e no final do mesmo ano, o grupo voltou totalmente reformulado, com novas integrantes (Vicck Lopes, Tycia Pego e Vanessa Vellozo)[26] e novas músicas, voltada para o pop moderno.[5]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes
Banana Split[27]
Forró Mix[28]
  • Lançamento: 1994
  • Formatos: CD
  • Gravadora: PolyGram
Banana Split[29]
  • Lançamento: 1998
  • Formatos: LP, CD
  • Gravadora: RGE
Som Caliente[30][31]
  • Lançamento: 2001
  • Formatos: CD
  • Gravadora: RGE

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Lista completa[editar | editar código-fonte]

  • Adriana Colin (1989–95)
  • Rosane Muniz (1989–93)
  • Mel Nunez (1989–93)
  • Andreia Reis (1989–90)
  • Eliana (1990–91)
  • Liz Vargas (1993–95)
  • Luciana Priami (1993–95)
  • Nina Mayer (1993–95)
  • Márcia Alves (1998–00)
  • Mônica Nocete (1998–02) (2007–08)
  • Mariana Peres (1998–01)
  • Adriana Della Rovere (1998–02)
  • Sandra Pascuti (1998–01)
  • Vanessa Zotth (2003–04)
  • Camila Viana (2003–04)
  • Gizelle Maritan (2003–04)
  • Danieli Stanguini (2003–04)
  • Andréa Messiano (2003–04)
  • Dayanna Gon (2013-2018)
  • Monique Souza (2013)
  • Nadia Antonov (2013)
  • Madá Bertoldo (2013)
  • Lidia Moura (2013)
  • Vanessa Leony (2013-2018)
  • Vicck Lopes (2021-2022)
  • Tycia Pego (2021-2022)
  • Vanessa Vellozo (2021-2022)

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. «A salada russa com tempero dos baianos». Tabloide Digital. 15 de agosto de 2015 
  2. a b «Cringe news: o Banana Split vai voltar; relembre 12 girlgroups do Brasil!». POPline. 1 de julho de 2021. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  3. «Como estão as integrantes do Banana Split que foram sucesso nos anos 90: fotos». VIX. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  4. Blog do R7.com. «EU LANCEI O GRUPO BANANA SPLIT» 
  5. a b c «Grupo Banana Split». www.grupobananasplit.com.br. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  6. a b c «Saiba por onde andam as integrantes da primeira formação do 'Banana Split'‏». Pure People. 15 de agosto de 2015 
  7. «Eliana trabalhou como modelo, cantou nos grupos 'A Patotinha' e 'Banana Split', antes de se tornar apresentadora‏». Pure People. 15 de agosto de 2015 
  8. «Eliana no Banana Split? Confira 20 fatos que você talvez não se lembre sobre a TV que vê hoje». R7.com. 26 de agosto de 2015. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  9. «Ex-Banana Split, Liz Vargas fala sobre relação com Leonardo». ROLNEWS. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  10. «Ex-Banana Split, Liz Vargas fala sobre relação com Leonardo, pai de seu único filho: 'Só conversa quando é preciso'». Extra Online. 29 de maio de 2021. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  11. «Mônica Nocete – Cake Designer». Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  12. «Chitãozinho chora ao relembrar início difícil de relacionamento: "A gente tem que ter coragem"». R7.com. 7 de julho de 2014. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  13. «Filho de Chitãozinho, Enrico Lima lança filme e foca na música: 'Sandy e Junior são referências'». Extra Online. 24 de janeiro de 2020. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  14. Trash 80's. «Vídeo do dia: O grupo Banana Split no Clube do Bolinha!» 
  15. EGO, do; Rio, do. «Modelo da 'Escolinha do Gugu' será capa da Playboy de janeiro». Ego. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  16. Albuquerque, Rafael. «Ex Axé Blond e Banana Split exibe corpo sarado». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  17. Banana Split cantando Vem Comigo no Boa Noite Brasil (2004), consultado em 14 de janeiro de 2022 
  18. «Grupo Banana Split vai voltar apostando no sertanejo». R7. 15 de agosto de 2015 
  19. «A volta do Grupo Banana Split: O novo CD da banda será lançado no próximo semestre». Novo Momento. 15 de agosto de 2015 
  20. Região, Do G1 Araraquara e (20 de fevereiro de 2012). «Com público reduzido, escolas encerram desfiles em Araraquara, SP». Araraquara e Região. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  21. Variedades, Da Editoria Gente & (22 de abril de 2013). «Grupo 'Banana Split' negocia ensaio nu para próximo semestre, diz jornal». iBahia. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  22. «Grupo Banana Split negocia com». F5. 22 de abril de 2013. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  23. SP, Mogi das Cruzes- (30 de abril de 2018). «Parada LGBT reúne milhares de pessoas em Mogi das Cruzes». jornaldopovao. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  24. «Banana Split e Fiákra farão show de encerramento da Parada de SP - Guia Gay São Paulo». www.guiagaysaopaulo.com.br. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  25. RedeTV!. «De volta? Grupo Banana Split promete retorno aos palcos». RedeTV! - TV Fama. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  26. «Mãe de Mayra Cardi vira empresária de novo Banana Split». FAMOSANDO. 3 de dezembro de 2021. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  27. «Saiba por onde andam as integrantes da primeira formação do 'Banana Split'». Pure People. Consultado em 5 de maio de 2012 
  28. «Vinyl Records». Tripod. Consultado em 5 de maio de 2012 
  29. «Banana Split ‎– Banana Split». Discogs. Consultado em 5 de maio de 2012 
  30. «Som Caliente – Banana Split». Catálogo Musical. Consultado em 5 de maio de 2012 
  31. «Som Caliente – Banana Split». Nany. Consultado em 5 de maio de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]