RGE

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2013).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja RGE (desambiguação).

A RGE (Rádio Gravações Especializadas) foi fundada em 1947 como um estúdio de gravação de jingles, por José Aliado Brasil Ítalo Scatena e por Cícero Leuenroth. O nome da gravadora foi dado pelo publicitário João Dória. Nessa época, São Paulo não possuía estúdios de gravação de spot e era necessário viajar para o Rio de Janeiro para gravá-los. [1]. O estúdio possuía a melhor tecnologia disponível, o que levou Roberto Côrte Real, diretor da Columbia, a sugerir que Scatena o transformasse em gravadora.

Popularmente costuma-se pensar que a RGE foi fundada especialmente para o lançamento de Maysa como cantora. Porém, o primeiro disco da RGE foi lançado em 1954, quando o Corinthians foi campeão paulista do 4º Centenário, após Scatena ter arquitetado aquilo que seria uma grande jogada de marketing. Chamou o conjunto Os Titulares do Ritmo e produziu a gravação de um disco 78 RPM da canção "Campeão dos campeões", de Lauro D'Ávila, que logo após se tornou o hino oficial do clube. Esse disco teve a regência de Sílvio Mazzuca, e foram prensadas cerca de 50 mil cópias. Mas o disco vendeu menos de 500 exemplares.

Em 1956 Scatena chamou o maestro Enrico Simonetti, que gravou um segundo disco para a RGE chamado Panorama Musical, com sucessos musicais populares da época. Mas o LP RLP-0001 foi um fracasso total. O primeiro sucesso veio quando Maysa Matarazzo, então uma ilustre desconhecida do mundo musical, gravou o seu primeiro álbum. A partir de então, vários dos principais nomes da música popular brasileira tiveram os seus álbuns lançados pela gravadora.

No período entre 1971 e 1980 a gravadora se fundiu com a Fermata Indústria Fonográfica, formando a Discos RGE/ Fermata Ltda[2].

Referências

  1. Morre o ator e publicitário José Scatena Portal de Notícias Folha - acessado em 29 de maio de 2011
  2. Discos RGE/Fermata Ltda. Portal DiscoGs - Acesso em 28 de Março de 2016