Chitãozinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chitãozinho
Chitãozinho.jpg
Nome completo José Lima Sobrinho
Pseudônimo(s) Chitãozinho
Outros nomes Chitão
Nascimento 5 de maio de 1954 (65 anos)
Astorga, Paraná
Residência Campinas, São Paulo
Nacionalidade Brasileiro
Parentesco Irmãos: Xororó, Maurício & Mauri
Sobrinhos: Sandy, Junior Lima
Cônjuge Adenair Lima (1982-2000)
Márcia Alves (2000-presente)
Filho(s) Aline Lima
Allison Lima
Enrico Lima
Ocupação Cantor, compositor e produtor musical
Carreira musical
Período musical 1970 - presente
Gênero(s) Música sertaneja
Gravadora(s) Tropicana
Sinter
Tropical
Rancho
Copacabana (1974-1989)
Polygram do Brasil (1989-1999)
Universal Music (1999-2007;2012-presente)
Sky Blue Music (2007-2009)
EMI (2009-2010)
Radar Records (2010-2011)
Som Livre (2011-2012)
Afiliações

Chitãozinho, nome artístico de José Lima Sobrinho[1] (Astorga, 5 de maio de 1954), é um cantor brasileiro de música sertaneja[2][3].

Chitãozinho faz parte da dupla Chitãozinho & Xororó, que integra com seu irmão Xororó[2].

Chamado carinhosamente de Chitão pelos amigos e fãs e por seu irmão, tem três filhos, Aline e Allison, do seu primeiro casamento com Adenair Lima, e Enrico, do seu segundo casamento com Márcia Alves[2].

Em maio de 2019, Chitãozinho se tornou embaixador do Rio Araguaia a convite do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, durante o projeto "Juntos Pelo Araguaia", promovido pelos governos de Goiás e Mato Grosso e apoiado pelo presidente da República Jair Bolsonaro, que prevê a recuperação das nascentes e de recarga da Bacia do Rio Araguaia em 27 municípios do dois estados.[4][5]

No dia 30 de novembro do mesmo ano, Chitãozinho cantou pela primeira vez com seu filho caçula, Enrico, no programa Altas Horas, da Rede Globo. Eles cantaram juntos a música "Fogão de Lenha", de Chitãozinho & Xororó e que Chitãozinho e Enrico gravaram juntos em homenagem ás mães. Enrico também canta profissionalmente, assim como o pai, e pretende lança seu primeiro EP em 2020.[6][7]

Discografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com o site oficial, a dupla já passou de 35 milhões de discos vendidos.[8]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Gravadora Vendagem Certificados[9]
1969 Moreninha Linda
1970 Chitãozinho & Xororó (Copacabana) 10 mil --
1972 A Mais Jovem Dupla do Brasil (Sinter/Philips) 5 mil --
1974 Caminhos de Minha Infância (Copacabana) 15 mil --
1976 A Força Jovem da Música Sertaneja (Copacabana) 25 mil --
1977 A Força Jovem da Música Sertaneja - Vol. II (Copacabana) 30 mil --
1979 60 Dias Apaixonado (Copacabana) 180 mil Ouro
1981 Amante Amada (Copacabana) 400 mil[8] Platina[8]
1982 Somos Apaixonados (Copacabana) 1,5 milhão[8] Diamante
1984 Amante (Copacabana) 1,8 milhão Diamante
1985 Fotografia (Copacabana) 1,8 milhão Diamante
1986 Coração Quebrado (Copacabana) 1,7 milhão de cópias Diamante
1987 Meu Disfarce (Copacabana) 1,5 milhão de cópias Diamante
1989 Nossas Canções Preferidas (Copacabana) 800 mil cópias 3× Platina
1989 Os Meninos do Brasil (Polygram) 1,5 milhão de cópias Diamante[10]
1990 Cowboy do Asfalto (Polygram) 1,5 milhão de cópias Diamante
1991 Planeta Azul (Polygram) 1 milhão de cópias Diamante
1993 Tudo por Amor (Polygram) 900 mil cópias 2× Platina
1994 Coração do Brasil (Polygram) 1 milhao cópias Diamante
1995 Chitãozinho & Xororó (Polygram) 900 mil cópias 3× Platina
1996 Clássicos Sertanejos (Polygram) 1,4 milhão de cópias Diamante[11]
1997 Em Família (Polygram) 750 mil cópias 3× Platina
1998 Na Aba do Meu Chapéu (Polygram) 600 mil cópias 2× Platina[11]
1999 Alô (Universal) 600 mil cópias 2× Platina
2001 Inseparáveis (Universal) 400 mil cópias Ouro[11]
2002 Festa do Interior (Universal) 250 mil cópias platina[12]
2002 Minha Vida, Minha Música (Universal)
2004 Aqui o Sistema é Bruto (Universal) 180 mil cópias Platina[11]
2006 Vida Marvada (Universal) 50 mil cópias Ouro
2009 Se For pra Ser Feliz (EMI Music) 15 mil cópias
2015 Tom do Sertão (Universal e Evidencias Music) 20 mil cópias
Total de Vendas 37 000 000 de discos (segundo o site oficial)

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Gravadora Vendagem Certificados[9]
1992 Ao Vivo (Polygram) 1 milhão de cópias diamante
2000 Irmãos Coragem - 30 Anos - Ao Vivo (Universal) 400 mil cópias Platina[11]
2007 Grandes Clássicos Sertanejos I Acústico (LCM Records, Evidências Music e Radar Records) 75 mil cópias Ouro[13]
2007 Grandes Clássicos Sertanejos II Acústico (LCM Records, Evidências Music e Radar Records) 70 mil cópias Ouro[13]
2010 Chitãozinho & Xororó 40 Anos Nova Geração (Radar Records e Evidências Music) 30 mil cópias
2011 Chitãozinho & Xororó 40 Anos Entre Amigos (Radar Records e Evidências Music) 30 mil cópias
2011 Chitãozinho & Xororó 40 Anos Sinfônico (Som Livre, Radar Records e Evidências Music) 45 mil cópias Ouro[11]
2013 Do Tamanho do Nosso Amor (Universal e Evidencias Music) 20 mil cópias
2016 Clássico (com Bruno & Marrone) (Universal Music) 30 mil cópias
2018 Elas Em Evidências (Universal Music)

Projetos especiais e coletâneas[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Gravadora Vendagem Certificados[9]
1969 No Rancho Fundo (Som Global)
1987 Os Grandes Sucessos de Chitãozinho e Xororó (Copacabana)
1990 Disco de Ouro (Copacabana)
1991 Nascemos pra Cantar (Polygram)
1993 Minha História (Polygram)
1994 Personalidade (Polygram)
1996 Amigos Ao Vivo (Som Livre) 750 mil 3× Platina[11]
1996 Obras Primas (Polygram)
1997 Amigos Ao Vivo 2 (Som Livre) 500 mil 2× Platina[11]
1997 Nossa História na Cidade (Globo Disk)
1997 Nossa História no Sertão (Globo Disk)
1998 20 Músicas do Século XX (Polygram)
1998 Raízes Sertanejas (EMI) 100 mil cópias Ouro[11]
1998 Amigos Ao Vivo 3 (Som Livre) 750 mil 3× Platina[11]
1998 Todos os Supersucessos da Dupla (EMI)
1998 Pura Emoção: O Melhor De Chitãozinho & Xororó (Pantanal) 250 mil cópias Platina[11]
1999 Amigos 99 (Som Livre)
1999 Bailão de Chitão e Xororó (Universal)
2000 Série Bis (EMI Music) 100 mil Ouro[11]
2001 Sem Limites (Universal)
2002 Alma Sertaneja (Universal)
2002 Identidade (EMI)
2004 Retratos (EMI)
2014 Hipótese (Universal)
Total de Vendas 3,450 milhões

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2014 Festival Sertanejo Apresentador
2018 Coração de Cowboy Ele mesmo

Referências

  1. «Descubra os verdadeiros nomes dos cantores sertanejos - Rádio FM Super | A número 1». Rádio FM Super - A número 1. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  2. a b c Carasn online. «Perfis / Chitãozinho / Biografia». UOL. Consultado em 11 de julho de 2013 
  3. «Chitãozinho & Xororó - Dados artísticos». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  4. «Cantor Chitãozinho aceita convite de Caiado e se torna "Embaixador do Rio Araguaia"». Jornal Hora Extra. 23 de maio de 2019. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  5. «Cantor sertanejo Chitãozinho se torna Embaixador do Rio Araguaia». CurtaMais. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  6. «Chitãozinho canta pela primeira vez com filho caçula na TV». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  7. «Chitãozinho canta com o filho, Enrico, pela primeira vez na TV». contigo. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  8. a b c d Biografia Site da dupla
  9. a b c ABPD e fotos
  10. Vídeo do youtube, especial estúdio coca-cola, discografia
  11. a b c d e f g h i j k l ABPD
  12. Certificado de platina
  13. a b Chitãozinho e Xororó Desafio.com.br