Entre Morros (Velas)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Entre Morros, zona da Quinta do Canavial, Velas, ilha de São Jorge, Açores, Portugal.
Antigo moinho de vento, Morro das Velas.
Rosais, vista do Morro das Velas.

Entre-Morros (Velas) é uma baía localizada no Oceano Atlântico junto à costa da ilha de São Jorge, no concelho de Velas arquipélago dos Açores.

Encontra-se nas coordenadas geográficas de Latitude 38º41.16'N e Longitude 28º13.68'W.

Formação Geológica e descrição[editar | editar código-fonte]

Apresenta-se com uma formação geológica em que o fundo é constituído por escoadas lávicas de natureza basáltica muito antigas sobre as quais e devido a uma erupção submarina também antiga se formaram grandes tufos palagoníticos recobertos por blocos de grande dimensão também compostos por tufos palagoníticos e grande quantidade de calhau rolado de variadas dimensões. Surgem também alguns depósitos arenosos depositados em zonas mais fundas ou protegidas das correntes marinhas.[1]

Esta formação apresenta uma profundidade variada, apresentando no entanto uma profundidade que ronda os 21 metros como cota média.

O acesso à zona de Entre-Morros é feito predominantemente por mar embora exista um acesso por terra que no entanto se apresenta como muito difícil. Não se encontra a grande distância do Porto das Velas, uma vez que está a uma milha náutica do mesmo. E é uma zona utilizada para a realização de mergulho predominantemente diurno, e como se trata de uma zona de águas geralmente calmas não oferece perigo.

Apresenta uma grande variedade de paisagem tanto dentro como fora da água o que torna este sítio único nos Açores. As grandes falésias dos morros elevam-se praticamente a pique desde o fundo marinho, e apresentam-se numa baía relativamente fechada e dotada de um raro arco formado pelos materiais vulcânicos que formaram toda esta paisagem.

Fauna e flora característica[editar | editar código-fonte]

A Flora e Fauna dominante deste baixa são a Castanheta-castanha, castanheta-azul, Sargos, Peixei-rei, Asparagopsis armata e a Thorogobius ephippiatus, além de grandes cardumes de chicharro, isto além de toda uma enorme variedade de fauna e flora marinha em que convivem mais de 106 espécies diferentes, sendo de 11.2 o índice de Margalef.

Fauna e flora observável[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Guida das Velas 2009/2010, pág. 20. Nova Gráfica, Lda. Dep. Legal, n.º 268828/08.