Escola Normal Caetano de Campos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ficheiro:Saopaulo6.jpg
Instituto Caetano de Campos

A Escola Normal Caetano de Campos fundada inicialmente em 16 de março de 1846, hoje denominada Escola Estadual Caetano de Campos, funcionava no prédio anexo à Catedral da Sé velha e foi transferida para a Praça da República para o edifício projetado por Antônio Francisco de Paula Sousa e Ramos de Azevedo inaugurado em 1894 onde atualmente está instalada a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

A escola ao sair desse edifício, em 1978 foi transferida para o bairro da Aclimação, em uma edificação moderna, situada no antigo terreno da Faculdade de Veterinária da Universidade de São Paulo.

Devido a muitas reclamações, uma parte dos alunos foi transferida para uma escola na Praça Roosevelt, no prédio antes pertencente ao Colégio Visconde de Porto Seguro e que anteriormente havia sido o Deutsche Schule (Escola Alemã), tornando-se uma sub-sede da Escola Estadual. No entanto a unidade que detém os decretos originais é a da Aclimação.

Entre outras personalidades marcantes, estudaram no Caetano de Campos Sérgio Buarque de Holanda, Francisco Matarazzo, Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Cecília Meireles, Oscar Americano, Esther de Figueiredo Ferraz, Ludgero Prestes, Dorina Nowill, Cincinato Braga, André Franco Montoro entre outros.

O edifício da praça da República foi tombado pelo Condephaat em 1978.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre escolas ou colégios é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.