Estanislao Basora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Este é um nome catalão. O primeiro sobrenome é Brunet e o segundo é Basora.
Estanislao Basora
Informações pessoais
Nome completo Estanislao Basora Brunet
Data de nasc. 18 de novembro de 1926
Local de nasc. Barcelona, Espanha
Nacionalidade Espanha espanhol
Falecido em 16 de março de 2012 (85 anos)
Local da morte Las Palmas, Espanha
Apelido Monstro de Colombes
El pipo
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1946-1958 Espanha Barcelona
Seleção nacional
1949–1957 Flag of Spain.svg Espanha 22 (13)

Estanislao Basora Brunet (Barcelona, 18 de novembro de 1926 - Las Palmas, 16 de março de 2012) foi um futebolista atacante espanhol, na qual passou a maioria de sua carreira no FC Barcelona.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Barcelona[editar | editar código-fonte]

Basora nasceu em 1926 em Colonia Valls, ao norte da província de Barcelona. Defendeu o time catalão de 1946 a 1958 e marcou 153 gols, conquistando quatro campeonatos nacionais, quatro Taças do Generalíssimo, uma Taça das Feiras, três Copas Eva Duarte e duas Copas Latinas, graças a essas conquistas é conhecido no clube como o jogador das cinco Taças.[2]

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Na seleção espanhola recebeu o apelido de "Monstro de Colombes", por ter feito um hat-trick em jogo contra a França, na cidade de Colombes. Representou a Espanha em 22 partidas e jogou a Copa do Mundo de 1950, quando marcou cinco gols.[2] Foi apontado por Ghiggia como o melhor jogador da Copa de 1950, logo após a partida entre Espanha e Uruguai, que terminou empatada em 2 a 2, realizada no Estádio do Pacaembu, em São Paulo. Basora reivindicava sua ótima participação na Copa, ignorado pela torcida espanhola.[3]

Morreu de infarto, em 16 de março de 2012, em Las Palmas.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]