Telmo Zarra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Telmo Zarra
Telmo Zarra
Telmo Zarra
Informações pessoais
Nome completo Pedro Telmo Zarraonandia Montoya
Data de nasc. 20 de janeiro de 1921
Local de nasc. Erandio, Espanha Espanha
Nacionalidade Espanha Espanhol
Falecido em 23 de fevereiro de 2006 (85 anos)
Local da morte Bilbao, Flag of Spain.svg Espanha
Altura 1,80 m
Apelido Zarra
Informações profissionais
Posição Centroavante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1939-1940
1940-1955
1955-1956
1956-1957
Total
Espanha Erandio Club
Espanha Athletic Club
Espanha S. D. Indautxu
Espanha Barakaldo A.H.V.
00020 000(12)
00277 00(251)
00014 0000(3)
00007 0000(1)
00318 00(268)
Seleção nacional
1945-1951 Espanha Espanha 0020 000(20)

Telmo Zarraonaindia Montoya, conhecido como Telmo Zarra (Erandio, 20 de janeiro de 1921Bilbao, 23 de fevereiro de 2006), foi um jogador de futebol basco que defendeu a Seleção Espanhola.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Zarra só jogou apenas em equipes do País Basco, quatro no total; nos pequenos Erandio (onde começou, em 1939), Indautxu e Barakaldo (onde encerrou a carreira, em 1957), passou apenas uma temporada em cada um. Já no Athletic Bilbao, o clube mais expressivo da região e onde ele conquistou títulos, defendeu por 15 anos, de 1940 a 1955.

Nele, ganhou o campeonato espanhol de 1942 e quatro Copas do Generalíssimo (como era chamada a Copa do Rei na época em que Francisco Franco governava a Espanha), em 1942, 1943, 1944 e 1949. Zarra foi ainda artilheiro da Liga por seis vezes, não tendo sido superado por Di Stéfano e, mais tarde, por Quini e Hugo Sánchez, que foram cinco vezes. Ele foi também o maior goleador do campeonato espanhol até o dia 22 de novembro de 2014, quando Lionel Messi, ultrapassou o seu antigo recorde de 251 gols marcados, até então.

Uma das seis artilharias de Zarra também lhe valeram outro recorde, que demorou sessenta anos para ser superado: seus 38 gols na temporada 1950/51 só foram ultrapassados pelos 40 gols do português Cristiano Ronaldo na temporada 2010-11, sendo depois este recorde superado pelo argentino Lionel Messi na temporada seguinte com 50 golos. Até então, esta marca de Zarra havia sido apenas igualada, por Hugo Sánchez, na de 1989/90.[1]Também foi considerado o segundo melhor jogador da história do campeonato espanhol, logo atrás do jogador Lionel Messi.

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Zarra jogou apenas 20 partidas pela Espanha; com seus 20 gols marcados, possui a média de 1 gol por jogo. Jogou a Copa do Mundo de 1950, no Brasil, um ano antes de sua última convocação. Com seus três gols na primeira fase (um em cada jogo), era apontado pela imprensa brasileira como o jogador mais preocupante da Furia antes do jogo contra a Seleção Brasileira, no quadrangular final que decidiria o mundial. Entretanto, foi bem anulado e o Brasil goleou por 6 a 1. Zarra marcou seu quarto gol na partida que acabou decidindo o terceiro lugar, na derrota de 3 a 1 para a Suécia.

Troféu Zarra[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Troféu Zarra

Em sua homenagem, o diário espanhol Marca criou o Troféu Zarra na temporada 2005-06. O prêmio é destinado ao jogador espanhol com mais gols marcados na Primera División e Segunda División do país.

Referências

  1. «C. Ronaldo estabelece recorde na goleada dos Blancos». Trivela.com. 21 de maio de 2011. Consultado em 22 de maio de 2011