Real Club Deportivo Espanyol de Barcelona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espanyol
RCD Espanyol de Barcelona.png
Nome Real Club Deportivo Espanyol de Barcelona
Alcunhas Periquitos
Blanquiblaus
Mascote Periquito
Fundação 28 de outubro de 1900 (114 anos)
Estádio Cornellà-El Prat
Capacidade 40.500
Presidente Espanha Daniel Sánchez Llibre
Treinador Espanha Sergio González Soriano
Patrocinador Espanha Power 8
Material esportivo Espanha Joma
Competição Espanha Campeonato Espanhol
Divisão Espanha La Liga
Website rcdespanyol.com
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Real Club Deportivo Español de Barcelona, normalmente em português Espanhol de Barcelona, é um clube de futebol espanhol fundado em 28 de outubro de 1900, na cidade de Barcelona, Catalunha. Manda seus jogos no estádio Cornellà-El Prat, com capacidade para 40 500 mil adeptos. Seu mascote é um piriquito. O Espanyol tem como grande rival o Barcelona, contra quem disputa o clássico derby catalão.

Assim como o Nacional do Uruguai, o Espanyol tem esse nome pois na época de sua fundação, adoptava apenas jogadores nacionais (ao contrário de outros, que costumavam contar com britânicos em seus elencos). Seu nome original era Sociedad Española de Fútbol, mudado alguns meses depois para Club Español de Fútbol. Em 1912, o clube, assim como vários outros, recebeu da Coroa Espanhola, pelo Rei Afonso XIII, a opção de ostentar a coroa real no emblema. Assim a equipa passou chamar-se Real Club Español de Fútbol.

Com a abdicação de Afonso XIII e o advento da República, todos os clubes Reais tiraram o "Real" de seus nomes, assim como a coroa de seus emblemas. A partir daí, a equipa adoptou um nome mais republicano e em catalão, Club Esportiu Espanyol. Entretanto, após o golpe do General Franco em 1937, que instituiu um governo totalitário e que oprimia oficialmente as culturas não-espanholas (como a catalã e a basca), o time teve que renomear-se para Real Club Deportivo Español.

Após a Guerra Civil Espanhola (encerrada com a vitória dos partidários de Franco, que colocou o general no poder), é o rival Barcelona (que, até então, era um dos clubes compostos de britânicos, além de suíços) que toma a iniciativa de se afirmar como representante do nacionalismo catalão; a falta da mesma atitude por parte do Español faz a equipe decair sua imagem ante aos catalães, sendo o time associado como um alinhado do poder de Madrid.[1]

Franco morre em 1975, mas só 20 anos depois o clube adota novamente um nome catalão, Reial Club Deportiu Espanyol de Barcelona. Cabe salientar que a palavra Deportiu não existe em catalão, sendo inventada apenas para manter a sigla RCD, àquela altura já tradicional. A demora, entretanto, só fez reforçar a imagem de "colaborador" do governo espanhol, injusta ou não.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Uma formação da equipe em 2008.

O Reial Club Deportiu Espanyol de Barcelona é um dos clubes mais antigos de toda Espanha, fundado em 28 de outubro de 1900 por alunos da Universidade de Barcelona com o nome original de Sociedad Española de Fútbol, o clube é inclusive um dos fundadores da liga espanhola de futebol, tinha por características iniciais aceitar apenas espanhóis em seu elenco em contrapartida a clubes como o Futbol Club Barcelona que tinham seus elencos principalmente formados por britânicos.

Apesar de hoje o time usar o uniforme "blanquiazul" (azul com branco), o amarelo foi a primeira cor adotada simplesmente porque era a cor das peças de roupa que havia para que se fosse usado como uniforme, depois o clube rapidamente mudou para o as cores tradiconais(branco e azul), que eram as do brasão do Almirante Roger de Lluria.

A equipe desde 1923 até a temporada 1996-97, mandou seus jogos no estádio de Sarriá, popularmente conhecido como ‘Can Rabia’ o ‘la Bombonera’. Em 1997 o clube se viu obrigado a vender o terreno do estádio por problemas financeiros e mandar seus jogos no Estádio Olímpico Lluís Companys, Onde se encontra atualmente.

Em 1929 a equipe conquistou seu 1º grande título: A Copa do Rei com uma vitória sobre o Real Madrid por 2-1, o clube voltaria a conquistar a copa em 1940.

Ao término da temporada 1962/63 O Espanyol desceu a Segunda división pela primera vez em sua história.

Na temporada 1987-88, com Javier Clemente como técnico, o time foi vice-campeão da Copa da UEFA. Um ano depois desceu pela terceira vez em sua história a Segunda división.

Em 1992 virou Sociedad Anónima Deportiva (S.A.D.), e por problemas financeiros em 1997 vendeu o terreno do Estádio Sarriá e manda seus jogos em um estádio municipal.

Entre seus grandes ídolos se encontram Ricardo Zamora, considerado um dos maiores goleiros da história e que inspira o prêmio de melhor goleiro que o renomado diário Marca distribui toda temporada na Espanha; outro grande goleiro, o camaronês Thomas Nkono e também outros grandes jogadores como Alfredo Di Stéfano e László Kubala.

Raúl Tamudo é o maior artilheiro da história do Espanyol, superando a marca de Marañón, de 111 gols, justamente num clássico contra o Barcelona.

2009[editar | editar código-fonte]

Em 2009 foi inaugurado o novo estádio do Espanyol, o Cornellà-El Prat, com lotação para 40 500 adeptos.

Medidas: 105 x 68 m

Arquitetos: Merk Fenwick, Javier Irribaren e Estebán Gastulla

Fonte: zerozero.com

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 20 de agosto de 2015.[2]

Legenda
  • Capitão: Capitão
  • PenalizadoExpulso: Jogador suspenso
  • Lesionado: Jogador lesionado


Goleiros
Jogador
1 Itália Francesco Bardi
(emprestado pela Internazionale)
13 Espanha Pau López
Defensores
Jogador Pos.
6 Chile Enzo Roco
(emprestado pelo O'Higgins)
Z
15 França Michaël Ciani Z
22 Espanha Álvaro González Z
24 Espanha Antonio Raíllo Z
27 Espanha Lluís Lopez Z
2 Espanha Rober LD
16 Espanha Javi López LD
23 Espanha Anaitz Arbilla LD
3 Espanha Rúben Duarte LE
5 Espanha Víctor Álvarez LE
18 Espanha Fuentes LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
4 Espanha Víctor Sánchez V
10 Espanha Abraham González V
14 Espanha José Cañas V
8 Espanha Salva Sevilla M
11 Espanha Paco Montañés M
19 Espanha Joan Jordan M
25 Espanha Marco Asensio
(emprestado pelo Real Madrid)
M
TBA Espanha Marc Caballé M
TBA Espanha Christian Alfonso M
TBA Espanha Cristian Gómez M
Atacantes
Jogador
7 Espanha Gerard Moreno
9 Espanha Burgui
(emprestado pelo Real Madrid)
17 Paraguai Hernán Pérez
20 Equador Felipe Caicedo
28 Senegal Mamadou Sylla
Comissão técnica
Nome Pos.
Espanha Sergio González Soriano T

Futebolistas famosos[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Nacionais[editar | editar código-fonte]

RFEF - Copa del Rey.svg Copa do Rei da Espanha: 4

(1929, 1939-40, 1999-00 e 2005-06).

Liga.png Segunda Divisão Espanhola: 1

(1993-94).:

Torneios Regionais[editar | editar código-fonte]

(1902-1903).:
(1903-1904, 1911-1912, 1914-1915, 1917-1918, 1928-1929, 1932-1933, 1936-1937, 1939-1940).:
(1994-1995, 1995-1996, 1998-1999, 2005-2006, 2009-2010).:
(1975, 1977, 1978, 1979, 1981, 1984, 1986, 1987, 1990, 1996, 1997, 1998, 2000, 2001, 2004, 2006, 2007, 2008 e 2010).:

Otros reconocimientos[editar | editar código-fonte]

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Uniformes dos jogadores[editar | editar código-fonte]

  • Primeiro Uniforme : Camisa branca com faixa vertical azul, calção azul e meias brancas.
  • Segundo Uniforme : Camisa vermelha, calção e meias vermelhas.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo uniforme

Uniformes de goleiro[editar | editar código-fonte]

  • Camisa preta com detalhes em rosa, calção e meias pretas;
  • Camisa laranja, calção e meias laranjas;
  • Camisa verde-limão, calção e meias verde-limão.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'

Uniformes anteriores[editar | editar código-fonte]

  • 2014-15
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
  • 2013-14
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro Uniforme
  • 2012-13
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro Uniforme
  • 2011-12
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro Uniforme
  • 2010-11
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Quarto Uniforme

Referências

  1. a b "Entreguista, eu?", Ubiratan Leal, Trivela nº 24, fevereiro de 2008, Trivela Comunicações, pág. 55
  2. Primer Equip (em catalão) RCD Espanyol. Visitado em 20 de agosto de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de EspanhaSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol espanhóis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.