Sociedad Deportiva Huesca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Huesca
Sd huesca.png
Nome Sociedad Deportiva Huesca, S.A.D.
Torcedor/Adepto Huesquino
Fundação 29 de março de 1960 (60 anos)
Estádio Estádio El Alcoraz
Capacidade 8.000 pessoas
Localização Huesca
Proprietário Espanha Agustín Lasaosa
Treinador Espanha Míchel
Patrocinador Espanha Huesca la magia
Material (d)esportivo Espanha Kelme
Competição La Liga
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Sociedad Deportiva Huesca, S.A.D., ou simplesmente Huesca, é um clube espanhol baseado em Huesca, na comunidade autônoma de Aragão, fundado no dia 29 de março de 1960. Atualmente joga a La Liga e disputa jogos em casa no Estádio El Alcoraz, que possui capacidade para mais de 8 mil torcedores.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Atualizado em 4 de janeiro de 2019.
Legenda
  • Capitão: Capitão
  • PenalizadoExpulso: Jogador suspenso
  • Lesionado: Jogador lesionado
  • Vindo de Empréstimo: Jogador emprestado


Goleiros
N.º Jogador
1 Espanha Álvaro Fernández
13 Espanha Rubén Yáñez
30 Espanha Antonio Valera
Defensores
N.º Jogador Pos.
3 Portugal Josué Sá Z
4 Espanha Pablo Insua Z
14 Espanha Pulido Capitão Z
15 Croácia Toni Datkovic Z
2 Espanha Miguelón LD
19 Espanha Pedro López LD
11 Espanha Javi Galán LE
16 Portugal Luisinho LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
5 Espanha Pedro Mosquera V
6 Costa do Marfim Cheick Doukouré V
17 Espanha Mikel Rico V
' Espanha Álvaro Rodríguez V
8 Espanha Eugeni Valderrama M
18 Espanha Sergio Gómez M
21 Espanha Juan Carlos M
25 Nigéria Kelechi Nwakali M
Atacantes
N.º Jogador
7 Espanha David Ferreiro
9 Espanha Jordi Mboula
10 Espanha Cristo
12 Japão Shinji Okazaki
23 Espanha Dani Raba
24 Espanha Rafa Mir
Comissão técnica
Nome Pos.
Espanha Míchel T

História[editar | editar código-fonte]

Em 1910 nasceu o Huesca CF, com Santos Solana como presidente. 16 anos depois, dobrou - depois de ter ingressado na Real Federação Espanhola de Futebol em 1922 -, mas em 1929 o CD Huesca, rebatizado Unión Deportiva em 1940, tomou o seu lugar, mas o clube desapareceu novamente em 1956 devido a problemas financeiros. Lorenzo Lera foi o primeiro associado do clube, que estava matriculado na Federação com cores blaugranas, já que seus membros fundadores eram apoiadores do Barcelona.

Um dos primeiros jogos de referência escrita foi um derby local contra o Bosco FC, uma derrota por 3-5. Em meados da década de 1920, o clube tornou-se profissional e, em 1926, um jogo contra o Barcelona foi disputado no Villa Isabel, em um empate 2-2; Em 1951, Huesca chegou pela primeira vez à Segunda División.

Em 29 de março de 1960 nasceu a Sociedad Deportiva Huesca, jogando pela primeira vez na Segunda División B em 1977. Em 2006, o clube terminou em segundo lugar na Copa Federación de España, perdendo para o CD Puertollano; nessa mesma temporada, evitou por pouco o rebaixamento para a Tercera División, depois de um play-off dramático contra o Castillo.

Na campanha de 2006-2007, o clube chegou ao "play-off" para a promoção ao segundo escalão, depois de ter perdido uma final a duas mãos frente ao Córdoba CF. Na temporada seguinte, retornou à categoria de "prata".

A segunda divisão de 2008-2009 foi regular para o Huesca, com o novo estatuto da liga a ser mantido com muitas voltas à esquerda. Rubén Castro, emprestado pelo Deportivo La Coruña, foi um dos jogadores mais importantes durante a campanha, marcando 14 vezes, o nono melhor do campeonato.

O rebaixamento seguiu-se ao final da temporada 2012-2013, mas o clube retornou à Segunda División em 2015, depois de terminar em primeiro lugar e, por fim, uma vitória por duas rodadas frente ao Huracán Valencia.

Depois da temporada 2016-17, Huesca garantiu o primeiro lugar no play-off da La Liga pela primeira vez, mas foi eliminado nas semifinais pelo Getafe.

Na temporada 2017-18, o clube alcança o maior feito de toda a sua centenária história e consegue a promoção para a La Liga e vai disputá-la pela primeira vez em sua história na temporada 2018-19.

Bandeira de EspanhaSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol espanhóis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.