Eurostar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para a plataforma de satélite, veja Eurostar (plataforma de satélite). Para o modelo de satélite, veja Eurostar E3000. Para o trem de alta velocidade italiano, veja Eurostar Italia.
Eurostar
Eurostar at St Pancras railway station.jpg
Comboio série 373 chegando na estação ferroviária St. Pancras vindo de Bruxelas
Informações
Tipo de transporte Ferroviário
Número de estações 16
Website «Eurostar Homepage» 
Funcionamento
Operadora(s) Eurostar International Limited
Número de veículos 45
Eurostar
Info/Ferrovia
Informações principais
Área de operação União Europeia
Tempo de operação 1994–presente
Frota 28 Eurostar e300
17 Eurostar e320 locomotivas
Website www.eurostar.com
Diagrama e/ou Mapa da ferrovia
Diagrama da ferrovia
Mapa da linha do Eurostar
(após 14 de Novembro de 2007)
Unknown route-map component "KINTa"
0:00 St Pancras - Londres
Stop on track
0:14 Ebbsfleet International
Stop on track
0:29 Ashford International
Unknown route-map component "tSTRa"
Unknown route-map component "tZOLL"
Eurotúnel
(Duração de 0:21)
fronteira
Reino Unido
França
Unknown route-map component "tSTRe"
Stop on track
0:51 Calais-Fréthun
Interchange on track
1:22 Lille-Europe
Unknown route-map component "KRWgl" Unknown route-map component "KRW+r"
Straight track Restricted border on track
Fronteira
França
Bélgica
Unknown route-map component "STR+l" Unknown route-map component "ABZgr" Unknown route-map component "KINTe"
2:01 Brussels Gare du Midi
Unknown route-map component "KINTe" Unknown route-map component "ABZgl" Unknown route-map component "STR+r"
2:16 Paris Gare du Nord
Straight track Unknown route-map component "KINTe"
2:40 Marne-la-Vallée – Chessy(Disneyland)
Continuation forward
Serviços sazonais e estendidos
Unknown route-map component "KRW+l" Unknown route-map component "KRWgr"
Interchange on track Straight track
4:41 Gare de Lyon-Part-Dieu
Stop on track Straight track
5:49 Avinhão Centre
Unknown route-map component "KINTe" Straight track
6:27 Gare de Marseille-Saint-Charles
Stop on track
7:12 Moûtiers(ski)
Unknown route-map component "eHST"
7:30 Aime la Plagne(ski: set down only)
End stop
7:51 Bourg Saint Maurice(ski)
Os tempos mostram a tabela
mais rápida desde Londres (St Pancras).

Eurostar é uma operadora de trens de alta-velocidade que liga Dover com Paris (Gare du Nord), Lille e Bruxelas (Gare du Midi). O trem atravessa o canal da Mancha passando pelo Eurotúnel. Na Inglaterra existe uma linha com os mesmos padrões, no qual foi concebida por meio de um projeto de duas fases conhecido como Channel Tunnel Rail Link (CTRL), sua operação teve inicio na estação londrina de St. Pancras em 2007.

O Eurostar entrou ao serviço em Novembro de 1994, tendo desde então estabelecido uma fatia dominante no mercado de rotas que serve — 68% nas rotas Paris-Londres e 63% na Londres-Bruxelas em Novembro de 2004. A companhia afirma que esses passageiros representam o equivalente a 393.000 voos de curta distância produtores de Dióxido de Carbono.

O tempo de viagem atualmente entre Londres e Paris é de aproximadamente 2 horas e 15 minutos, e de Londres a Bruxelas o total estimado é de 2 horas. A finalização do CTRL também implicou no aumento do número de comboios Eurostar que servem Londres. Após a conclusão da fase 2, foi possível alternar até 8 comboios por hora em cada sentido entre Londres e a Europa continental, o horário não foi afetado pelas restrições de hora de ponta, graças à separação das linhas do CTRL com o resto da rede britânica de caminho-de-ferro, muito mais lenta.

Eurostar e Thalys lado-a-lado na Gare du Nord, Paris.

Alguns serviços Eurostar operam em Ashford International e também em Calais-Fréthun e Lille no norte de França para além das três cidades terminais da linha. Os trens Eurostar servem a Euro-Disney de Paris, Avinhão no Verão, e — na época do ski — em Bourg-Saint-Maurice, Aime-la-Plagne and Moutiers nos Alpes franceses.

Em 2007 todos os trens Eurostar passaram a circular na linha CTRL para a nova estação terminal de St. Pancras. A empresa tentou manter alguns serviços do terminal de Waterloo existente, mas não foi aceito devido aos elevados custos que implicaria. Alguns comboios servem adicionalmente as estações em Ebbsfleet próximo de Dartford no noroeste de Kent e a estação internacional de Stratford no Leste de Londres.

A Eurotunnel, empresa concessionária do Eurotúnel é uma entidade completamente separada da Eurostar.

Frota[editar | editar código-fonte]

Eurostar e300[editar | editar código-fonte]

Eurostar e300
British Rail Classe 373
Trans Manche Super Train
Eurostars at waterloo international.jpg
Eurostar e300 em Waterloo
----
Família TGV
Período de construção 1993
Entrada em serviço 1994
Período de renovação 2010
Total em serviço 8 trens
Total preservados 3 carros motores
Formação 2 carros motores e 18 carruagens
Operador Eurostar
Especificações
Comprimento Total 400 m (1 310 ft)
Velocidade máxima 300 km/h (186 mph)
Alimentação 25 kV, 3 kV, 1,5 kV, 750 V
Captação de energia Catenária, terceiro trilho
segurança AWS, TPWS, KVB, TVM e TBL

O Eurostar e300, também conhecido como Trans Manche Super Train é um trem de alta velocidade construído pela Alstom, baseado no TGV para utilização nos serviços de alta velocidade entre a França e o Reino Unido através do Eurotúnel. Registrado no Reino Unido como Classe 373, ele possui 2 carros motores com 18 carruagens, 400 metros de comprimento, com velocidade máxima de 300 km/h, sistemas de segurança AWS, TPWS, KVB, TVM e TBL, e a capacidade de utilizar eletrificação em quatro voltagens, 25 kV, 3 kV ou 1,5 kV, sob catenária, ou 750 V, com terceiro trilho.[1][2][3]

Em outubro de 2010, a Eurostar anunciou a reforma da frota, incluindo adição de Wi-Fi, entretenimento a bordo e informação em tempo real da viagem e do destino pelo valor de 200 milhões de libras.[4]

Em outubro de 2015 o carro motor 3308 foi doado para exibição no National Railway Museum, em Iorque, substituindo um modelo de escala real que estava em exibição desde 1993.[5][6]

Em agosto de 2017 dois carros motores reformados pela Alstom foram doados para os campuses de Doncaster e Birmingham do National College for High Speed Rail (colégio nacional para Alta velocidade Ferroviária), para uso como salas de aula de realidade virtual.[7][8][9]

Eurostar e320[editar | editar código-fonte]

Eurostar e320 na High Speed 1

Em dezembro de 2010, a Eurostar fez um investimento de 700 milhões de libras para modernização da frota, com a compra de 10 novos trens, denominados e320 para operar nos serviços Londres-Paris-Bruxelas, além da reforma dos 28 trens existentes.

A Siemens foi contratada como empreiteira geral do projeto enquanto a Pininfarina foi contratada para desenhar os interiores, pintura e a reforma dos trens existentes. Em 2015, foi concretizada a compra de mais 7 trens, totalizando 17 novos trens, e um investimento total de 1 bilhão de libras.[10]

O Eurostar e320 faz parte da quarta geração da plataforma Velaro, possui velocidade máxima de 320 km/h, 400 metros de comprimento, 16 carros e assentos para 900 passageiros.[11]

Organização[editar | editar código-fonte]

Os serviços do Eurostar têm uma gestão unificada, do Eurostar International Limited (EIL) (SNCF (55%), Caisse de dépôt et placement du Québec (CDPQ) (30%), Hermes Infrastructure (10%) e SNCB (5%)).[12][13]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Keith Fender (setembro de 2015). «Articles - High speed evolution». www.ingenia.org.uk 64 ed. Ingenia. Consultado em 12 de março de 2021 
  2. «World High Speed Rolling Stock» (PDF). uic.org (em inglês). International Union of Railways. 27 de janeiro de 2020. Consultado em 12 de março de 2021 
  3. «The Chodkowski Chronicles – 3. Inside the beast». Railcolor News (em inglês). 21 de janeiro de 2018. Consultado em 13 de março de 2021 
  4. «Better by design: Eurostar's £700m facelift». www.railway-technology.com (em inglês). 11 de março de 2012. Consultado em 13 de março de 2021 
  5. «Eurostars First Generation Trains Become Museum Pieces». Railway-News (em inglês). 20 de outubro de 2015. Consultado em 12 de março de 2021 
  6. «Eurostar Car to join hall of fame at National Railway Museum». www.unseensteam.co.uk (em inglês). 5 de agosto de 2015. Consultado em 12 de março de 2021 
  7. «Eurostar Class 373 power cars saved from the scrap heap | RailStaff» (em inglês). RailStaff. 7 de julho de 2017. Consultado em 12 de março de 2021 
  8. «Eurostar arrives in Doncaster as the National College for High Speed Rail prepares to open its doors». NCATI (em inglês). National College for High Speed Rail. 8 de agosto de 2017. Consultado em 12 de março de 2021 
  9. «Eurostar arrives in Birmingham as the National College for High Speed Rail prepares to open its doors». NCATI (em inglês). National College for High Speed Rail. 18 de agosto de 2017. Consultado em 12 de março de 2021 
  10. «Eurostar e320 High-Speed Train - Railway Technology». www.railway-technology.com (em inglês). Consultado em 12 de março de 2021 
  11. «Eurostar unveils first new 200mph e320 train». www.railtechnologymagazine.com (em inglês). 13 de novembro de 2014. Consultado em 12 de março de 2021 
  12. http://www.eurostar.com/uk-en/about-eurostar/our-company/behind-the-scenes
  13. https://realestate.ipe.com/news/infrastructure/hermes-secures-eurostar-ownership-for-pension-funds-after-uk-sell-off/10006975.fullarticle

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Eurostar
Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.