Final do Campeonato Catarinense de Futebol de 2009

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Final do Catarinense de 2009
Ressacada, local da segunda partida.
Evento Campeonato Catarinense de 2009
O Avaí jogou a segunda partida em casa por ter tido melhor desempenho em toda a competição.
Primeira partida
Data 26 de abril, 16:00 h
Local Índio Condá, Chapecó
Árbitro Santa Catarina José Acacio da Rocha
Público 7.674
Tempo Sol
Segunda partida
O Avaí venceu no tempo normal de jogo por 3 a 1 e na prorrogação por 3 a 0.
Data 3 de maio, 16:00 h
Local Ressacada, Florianópolis
Árbitro Santa Catarina Luiz Orlando de Souza
Público 14.498
Tempo Sol

A Final do Campeonato Catarinense de Futebol de 2009 foi a decisão da octagésima sexta edição desta competição. Foi realizada em duas partidas, com mando de campo alternado entre as duas equipes participantes, Chapecoense e Avaí que foi o campeão.

Antes da decisão[editar | editar código-fonte]

Campanhas dos finalistas[editar | editar código-fonte]

Avaí

O início da competição não foi o esperado do time do Avaí. No primeiro turno da competição, o Leão da Ilha teve atuação razoável e terminou a fase em sexto lugar com treze pontos conquistados.

Decidido a garantir a classificação para o quadrangular semi-final, o Avaí foi arrasador no segundo turno, obtendo sete vitórias dos nove jogos disputados e fechando a fase com vinte e dois pontos. Também garantiu a melhor colocação na classificação geral.

Chapecoense

A Chapecoense teve um rendimento muito parecido com o do seu adversário na final. Teve atuação discreta no primeiro turno e se utilizou de uma boa campanha na segunda fase para garantir a classificação para o quadrangular semi-final. Como ficou em segundo lugar na classificação geral, garantiu a vaga.

Histórico recente[editar | editar código-fonte]

Nos confrontos entre os dois finalistas durante toda a competição, a Chapecoense levou vantagem, já que, venceu duas, empatou uma e perdeu uma. Há de se ressaltar que, na última derrota no domingo, o Leão já estava classificado.

Já em finais, o único estadual decidido pelos dois foi o de 1977 quando o Joinville saiu vitorioso. Antes desta final de 2010, o Avaí possuia 14 títulos estaduais contra 12 do Joinville.

Vantagem[editar | editar código-fonte]

No regulamento do certame catarinense, estava previsto que a equipe que fizesse melhor campanha ao longo do campeonato, teria direito a jogar a final por dois resultados iguais e empate na prorrogação. Ou seja, dois empates ou uma vitória para cada lado e mais o empate na prorrogação dariam o título ao Leão. Além disso, o detentor da melhor campanha também poderia disputar a segunda partida em casa[1].

Venda de ingressos[editar | editar código-fonte]

A comercialização de ingressos para a primeira partida da final começou no dia 22 de abril[2] e, a torcida do Avaí teve direito a, aproximadamente, 700 ingressos[3]. Para a segunda partida, os ingressos foram disponibilizados para compra no dia 28 de abril[4] e, a torcida da Chapecoense teve direito a, aproximadamente, 1,2 mil ingressos.

Primeira partida[editar | editar código-fonte]

26 de Abril Chapecoense 3 – 1 Avaí Estádio Regional Índio Condá, Chapecó
16:00 h
Rômulo Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26'
Fabinho Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78'
Badé Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86'
Súmula William Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28' Público: 7.674
Árbitro: Santa Catarina José Acacio da Rocha
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Chapecoense
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Avaí
CHAPECOENSE:
G 1 Brasil Nivaldo
LD 2 Brasil Thoni Capitão
Z 3 Brasil William Amaral
Z 4 Brasil Rafael Morisco
Z 5 Brasil Marcelo Ramos Penalizado com cartão amarelo
LE 6 Brasil Badé
V 7 Brasil Everton César Substituído após 85 minutos de jogo 85'
V 8 Brasil Cadú
M 10 Brasil Neném Substituído após 66 minutos de jogo 66'
A 11 Brasil Rômulo Substituído após 87 minutos de jogo 87'
A 9 Brasil Bruno Cazarine
Reservas:
G 12 Brasil Ricardo
V 13 Brasil Brenno Basso
V 14 Brasil Emerson Cris Entrou em campo após 87 minutos 87'
Z 15 Brasil Silvio Bido Entrou em campo após 85 minutos 85'
M 16 Brasil Santos
A 17 Brasil Fabinho Entrou em campo após 66 minutos 66'
A 18 Brasil Kanú
Técnico:
Brasil Mauro Ovelha
AVAÍ FC:
G 1 Brasil Eduardo Martini
LD 2 Brasil Ferdinando Substituído após 77 minutos de jogo 77'
Z 3 Brasil André Turatto
Z 4 Brasil Rafael
LE 6 Brasil Uendel
V 5 Brasil Marcus Vinícius
V 7 Brasil Wendell Falcão Substituído após 66 minutos de jogo 66' Penalizado com cartão amarelo
V 8 Brasil Léo Gago
M 10 Brasil Marquinhos Capitão Substituído após 18 minutos de jogo 18'
M 11 Brasil Odair
A 9 Brasil Lima
Reservas:
G 22 Brasil Paes
Z 13 Brasil Juninho Entrou em campo após 77 minutos 77'
LD 14 Brasil Medina Entrou em campo após 66 minutos 66'
V 15 Brasil Pingo
M 16 Brasil Davi
A 17 Brasil William Entrou em campo após 18 minutos 18'
A 18 Brasil Evando
Técnico:
Brasil Silas

Segunda partida[editar | editar código-fonte]

3 de Maio Avaí Brasil 6 – 1 (pro.) Brasil Chapecoense Estádio da Ressacada, Florianópolis
16:00 h
Evando Gol marcado aos 31 minutos de jogo 31'
Léo Gago Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50'
Marquinhos Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79', Gol marcado aos 98 minutos de jogo 98'
Lima Gol marcado aos 102 minutos de jogo 102'
Ferdinando Gol marcado aos 105+1 minutos de jogo 105+1'
Súmula Rômulo Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8' Público: 14.498
Árbitro: Santa Catarina Luiz Orlando de Souza
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Avaí
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Chapecoense
AVAÍ:
G 1 Brasil Eduardo Martini
LD 2 Brasil Ferdinando Penalizado com cartão amarelo
Z 3 Brasil André Turatto
Z 4 Brasil Emerson
LE 6 Brasil Uendel
V 5 Brasil Marcus Vinícius Expulso
V 8 Brasil Léo Gago
M 10 Brasil Marquinhos Capitão Substituído após 118 minutos de jogo 118' Penalizado com cartão amarelo
M 11 Brasil Caio Penalizado com cartão amarelo
A 7 Brasil Evando Substituído após 90 minutos de jogo 90'
A 9 Brasil William Substituído após 41 minutos de jogo 41'
Reservas:
G 22 Brasil Paes
LD 13 Brasil Medina
V 14 Brasil Wendell Falcão
V 15 Brasil Bruno Entrou em campo após 41 minutos 41' Penalizado com cartão amarelo
M 16 Brasil Odair Entrou em campo após 118 minutos 118' Penalizado com cartão amarelo
A 17 Brasil Cristian
A 18 Brasil Lima Entrou em campo após 90 minutos 90' Penalizado com cartão amarelo
Técnico:
Brasil Silas
AVAÍ FC:
G 1 Brasil Nivaldo Penalizado com cartão amarelo
LD 2 Brasil Thoni
Z 3 Brasil William Amaral Penalizado com cartão amarelo Expulso
Z 4 Brasil Rafael Morisco Penalizado com cartão amarelo
Z 5 Brasil Ânderson Lima Capitão Penalizado com cartão amarelo Expulso
LE 6 Brasil Badé Penalizado com cartão amarelo
V 7 Brasil Everton César
V 8 Brasil Cadú Substituído após 53 minutos de jogo 53' Penalizado com cartão amarelo
M 10 Brasil Neném Substituído após 63 minutos de jogo 63'
A 11 Brasil Rômulo
A 9 Brasil Bruno Cazarine Penalizado com cartão amarelo
Reservas:
G 12 Brasil Ricardo
V 13 Brasil Anelka
V 14 Brasil Brenno Basso
Z 15 Brasil Silvio Bido
M 16 Brasil Emerson Cris Entrou em campo após 53 minutos 53'
A 17 Brasil Fabinho Entrou em campo após 63 minutos 63'
A 18 Brasil Kanú
Técnico:
Brasil Mauro Ovelha

Referências