Franz Werfel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Franz Werfel
Werfel fotografado por Carl van Vechten, 1940
Nascimento 10 de setembro de 1890
Praga, Áustria-Hungria
Morte 26 de agosto de 1945 (54 anos)
Beverly Hills, Estados Unidos
Sepultamento Cemitério Central de Viena
Cidadania Austríaco
Etnia Judeu
Cônjuge Alma Mahler-Werfel
Ocupação escritor, poeta, dramaturgo, roteirista, escritor de ficção científica
Causa da morte ataque cardíaco
Assinatura
[[File:Franz Werfel (signature ca 1945).gif|frameless]]

Franz Viktor Werfel (Praga, 10 de setembro de 1890Beverly Hills, 26 de agosto de 1945) foi um romancista, dramaturgo e poeta austríaco. Sua carreira abrangeu a Primeira Guerra Mundial, o Período Entreguerras e a Segunda Guerra Mundial. Ficou conhecido principalmente como autor de Os Quarenta Dias de Musa Dagh (1933), romance baseado em eventos ocorridos durante o Genocídio Armênio de 1915, e A Canção de Bernadette (1941), romance sobre as visões da Santa Bernadette de Lourdes, que posteriormente se tornou filme homónimo.

Com a assistência de Varian Fry e o Comitê de Resgate de Emergência em Marselha, Franz e a sua esposa Alma Mahler-Werfelescaparam por pouco do regime nazi, encontrando abrigo durante cinco semanas na cidade de peregrinação de Lourdes. Ele prometeu escrever sobre a experiência e já em segurança na América, publicou The Song of Bernadette em 1941.

Fry organizou uma travessia secreta sobre os Pirenéus a pé. Em seguida foram para Madrid e depois viajaram para Portugal. Eles ficaram no Monte Estoril no Grande Hotel D'Itália, entre 8 de setembro e 4 de outubro de 1940. No mesmo dia em que saíram do hotel, embarcaram no S.S. Nea Hellas em direção a Nova Iorque, chegando a 13 de outubro.[1]

Romances[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Espaço Memória dos Exílios.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.