Grupo BIG

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nuvola apps kcmpartitions.png
Este artigo não está em nenhuma categoria (desde agosto de 2019).
Por favor, categorize-o para que seja listado com suas páginas similares.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde agosto de 2019).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Grupo BIG
Razão social Bompreço do Brasil Participações S.A.
Empresa de capital fechado
Slogan Preço pra baixo, você pra cima
Atividade Varejo
Fundação 1995 (1995)
Sede Barueri, SP, Brasil
Área(s) servida(s) Brasil
Locais Brasil
Proprietário(s) Walmart (20%), Advent International (80%)
Presidente Luiz Fazzio
Empregados 55.000 empregados (2017)
Marcas
  • BIG
  • BIG Bompreço
  • Bompreço
  • Nacional
  • TodoDia
  • Maxxi Atacado
  • Sam's Club
  • Walmart (em processo de extinção)
  • Walmart Supermercado (em processo de extinção)
  • Hiper Bompreço (em processo de extinção)
  • Mercadorama (em processo de extinção)
Subsidiárias
  • WMB Supermercados
  • WMS Supermercados
  • Bompreço Supermercados
  • Veraneio Participações
Valor de mercado R$ 16 bilhões (2017)
Receita Aumento R$ 28,187 bilhões (2017)
Antecessora(s) Walmart Brasil
Website oficial www.big.com.br
  • Notas de rodapé / referências
  • [1][2]

Bompreço do Brasil Participações S.A., fazendo negócios como Grupo BIG, é uma empresa de comércio varejista brasileira controlada pela firma de private equity Advent International, em sociedade com o Walmart norte-americano. Dona de várias das principais marcas do setor no Brasil, sendo integrantes de seu portfólio negócios como o BIG, Bompreço, Walmart, TodoDia, Maxxi Atacado, Mercadorama e Nacional. É também a quarta maior empresa varejista do país, de acordo com o ranking da Sociedade Brasileira de Varejo e Comércio de 2018, [3] contando com 438 lojas e 55.000 funcionários. [4] Conhecida apenas como "Grupo BIG" desde agosto de 2019, em substituição ao antigo nome comercial usado pelo grupo, Walmart Brasil.

A empresa surgiu a partir da abertura do primeiro Sam's Club no país, pela rede Walmart em 1995. Logo em seguida, abriu a primeira loja focada no segmento de hipermercados na cidade de Osasco, em São Paulo, ainda em 1995. A rede começou a expansão pela região Sudeste nos anos que se sucederam. Se expandiu para outras regiões do país, tendo adquirido a rede pernambucana Bompreço em março de 2004. [5] Em dezembro de 2005, fechou a aquisição da rede de varejo da Sonae, multinacional portuguesa, por R$ 1,7 bilhão. Com isso, adquiriu junto as marcas BIG, Mercadorama e Maxxi, expandindo o número de lojas para 295 ao começo de 2006. [6]

Em 2011, trouxe para o Brasil a estratégia de preço que o levou a conquistar o mercado nos Estados Unidos e a tornar-se o maior varejista do mundo: o “Preço Baixo Todo Dia” (PBTD). Única no mercado brasileiro, essa estratégia buscava comunicar ao consumidor um compromisso de preço baixo constante no total da cesta de compra. Em sete anos, se investiu forte na comunicação do PBTD e no formato hipermercado.

Em dezembro de 2017, a matriz americana anunciou que estava á busca de potenciais investidores para a sua operação varejista no país. Á época, a rede varejista patinava no Brasil e de seus últimos 10 anos, apenas 3 haviam sido positivos. [7]

Em junho de 2018, anunciou a venda de 80% das operações brasileiras para a firma de private equity Advent International, por um valor não divulgado. Segundo termos do contrato, os novos operadores da rede teriam de aportar capital na filial brasileira e pagar 0,7% de suas vendas para uso da marca Walmart no Brasil. [8]

Em maio de 2019, o varejo on-line do Walmart Brasil foi descontinuado. Em agosto de 2019, o novo proprietário do Walmart Brasil, a firma de private equity Advent International, anunciou a reformulação das suas operações no Brasil. A marca Walmart deixa de existir e será gradualmente trocada para as marcas regionais BIG (já existente), BIG Bompreço (criada na junção do BIG e do Bompreço, para atuar nos mercados do Nordeste), Bompreço e Nacional (em substituição ás bandeiras Walmart Supermercados, Mercadorama, Nacional e Bompreço). Para a região Nordeste, as marcas BIG Bompreço e Bompreço substituem o Hiper Bompreço e Bompreço, já para o resto do país as marcas BIG e Nacional serão utilizadas. Ainda assim, existem as marcas Sam's Club (essa herdada do Walmart EUA), TodoDia (lojas de vizinhança) e Maxxi Atacado (esta última, foi totalmente remodelada pela nova gestão da filial brasileira). Na nova empresa, a matriz americana tem 20% das operações brasileiras, enquanto o Advent tem 80% da sociedade. A nova remodelação inclui a extinção do nome corporativo Walmart (substituído para Grupo BIG) e a conversão de hipermercados em clube de compras (operado na marca Sam's Club) e atacarejo (na marca Maxxi). As mudanças estarão totalmente concluídas até o final de 2021, quando as últimas lojas serão convertidas para as novas bandeiras. A justificativa dada para encerramento do uso da marca Walmart era o fato da filial brasileira pagar aos americanos 0,7% das suas vendas em forma de royalties pela marca global. [9]

  1. «Marca Walmart deixa Brasil e muda para Grupo BIG com investimento de R$ 1,2 bilhão». InfoMoney. 12 de agosto de 2019. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  2. «Advent International compra fatia majoritária do Walmart no Brasil». G1. 4 de junho de 2018. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  3. «10 maiores varejistas do Brasil faturaram R$ 226 bilhões em 2017; veja ranking». InfoMoney. 11 de setembro de 2018. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  4. Reuters (4 de junho de 2018). «Advent International compra fatia majoritária do Walmart no Brasil». G1. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  5. «Wal-Mart paga US$ 300 mi por Bompreço». Folha de S. Paulo. 2 de março de 2004. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  6. «Gigante Wal-Mart compra lojas do Sonae no Brasil por R$ 1,7 bi». Folha de S. Paulo. 14 de dezembro de 2005. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  7. «O Walmart vai dizer "bye-bye, Brazil"?». EXAME. 1 de fevereiro de 2018. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  8. «Walmart vende 80% dos negócios no Brasil; grupo tem 438 lojas no país». Correio Braziliense. 5 de junho de 2018. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  9. «Marca Walmart sai do mercado e novo grupo enxuga operação». Correio Braziliense. 12 de agosto de 2019. Consultado em 13 de agosto de 2019