BIG (hipermercado)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Hipermercado BIG Boa Vista, localizado na cidade de Curitiba, no Paraná, em 22 de fevereiro de 2018.

BIG é uma marca de rede varejista de âmbito nacional no Brasil. Substituiu as redes Walmart e Hiper Bompreço no Brasil, no ano de 2019, após aquisição do Walmart Brasil pela Advent International.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A marca foi criada na década de 1990, quando o grupo português Sonae, com sua divisão Sonae Distribuição Brasil (SDB), adquiriu uma cadeia de lojas no Rio Grande do Sul de nome BigShop. No final de 2005, a Sonae vendeu seus dez hipermercados no Estado de São Paulo para o Carrefour.[2] No mesmo período, todas as suas unidades no sul do Brasil foram adquiridas pelo grupo norte-americano Walmart, que manteve a marca.[3][4][5][6][7][8]

Em 2018, a divisão brasileira da Walmart teve a maior parte de sua operação adquirida pelo fundo norte-americano Advent International e o novo controlador resolveu extinguir a marca Walmart no país.[9]

Bandeira BIG[editar | editar código-fonte]

O Walmart Brasil ja tinha anunciado, em 2016, que iria converter suas bandeiras de hipermercados BIG e Hiper Bompreço para Walmart Supercenter.[10] As primeiras lojas que passaram por esta mudança foram as unidades localizadas na cidade gaúcha de Novo Hamburgo, e em Curitiba no bairro Santa Felicidade.[11][12]

Na época do anúncio, o Walmart Brasil ratificou que a mudança de todas as unidades BIG para Walmart Supercenter seria gradual e levaria cerca de três anos para ser completada.[13] A conversão de seus hipermercados Big esteve em pleno andamento, até meados de 2018.[14]

Aquisição da Advent International[editar | editar código-fonte]

O projeto de reestruturação, então promovido pela divisão brasileira do Walmart, entrou em pausa após 80% de suas operações terem sido adquiridas pela Advent International. Em agosto de 2019 foi anunciado a eliminação da marca Walmart e a criação do Grupo BIG, empresa controladora da rede de lojas, com investimento de R$ 1,2 bilhão.[15][9][16][17]

Atuação[editar | editar código-fonte]

O Hipermercado Big, anteriormente chamado de BigShop, concentrava as suas atividades nos três estados da região sul brasileira, possuindo grande força em centros como Porto Alegre, Florianópolis, Joinville e Curitiba, além de outras cidades interioranas principais.[18]

Big Eletroeletrônicos[editar | editar código-fonte]

A rede também possuía várias lojas com a bandeira Big Eletroeletrônicos, mas estas foram aos poucos sendo retiradas do mercado, restando apenas lojas no Estado de Santa Catarina.[19] Ainda assim, dentro de todos os Hipermercados Big existia uma seção de eletroeletrônicos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Após 24 anos no Brasil, Walmart volta a adotar marca Big». Consultado em 22 de setembro de 2019 
  2. «Carrefour compra 10 hipermercados Big por R$ 317 milhões». Estadão - Economia. 8 de junho de 2005. Consultado em 5 de julho de 2018 
  3. Online, Globo (14 de dezembro de 2005). «Wal-Mart adquire supermercados da rede Sonae no Brasil». Gazeta do Povo. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  4. «Sonae vende rede de supermercados no Brasil por 635 milhões». tvi24. 14 de dezembro de 2005. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  5. «Wal-Mart paga R$ 1,6 bilhão por rede do Sul». www1.folha.uol.com.br. Folha de S.Paulo - Varejo. 21 de novembro de 2005. Consultado em 4 de março de 2019 
  6. «Wal-Mart compra rede Sonae e dobra presença no mercado brasileiro». wwww.uol.com.br. UOL. 14 de dezembro de 2005. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  7. Sonae vende distribuição no Brasil e reforça em Portugal Publico.pt - acessado em 10 de agosto de 2019
  8. Belmonte, Wagner; Prado, Raquel. «Wal-Mart : "bater na mesma tecla" para reforçar apelo». Manager. Consultado em 27 de fevereiro de 2011 
  9. a b Máximo, Wellton (22 de junho de 2018). «Cade aprova venda de 80% do Walmart Brasil para fundo americano». Agência Brasil. Consultado em 4 de abril de 2019 
  10. Sant’Ana, Jéssica (28 de outubro de 2016). «Walmart anuncia fim da marca Big e vai investir R$ 100 milhões no Paraná». Gazeta do Povo. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  11. Sant’ana, Jéssica (28 de outubro de 2016). «Rede Walmart anuncia fim da bandeira "Big" no Paraná | Curitiba e Região, Economia, Notícias, Paraná». Tribuna PR - Paraná Online. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  12. Pacete, Luiz Gustavo (19 de junho de 2017). «Processo de unificação leva Walmart a abrir concorrência». www.meioemensagem.com.br. Meio & Mensagem. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  13. Jornal do Comércio de Porto Alegre (28 de outubro de 2016). «Hipermercado BIG será Walmart em todo o País». www.abras.com.br. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  14. Tümler, Cecília (4 de novembro de 2017). «Big Portão vira Walmart; Mercadorama Juvevê deve ser o próximo». Gazeta do Povo (salvo em Wayback Machine). Consultado em 15 de novembro de 2017 
  15. Marca Walmart deixa Brasil e muda para Grupo BIG com investimento de R$ 1,2 bilhão Infomoney - acessado em 12 de agosto de 2019
  16. Cavallini, Marta (4 de junho de 2018). «Advent International compra fatia majoritária do Walmart no Brasil». g1.globo.com. G1 - Economia. Consultado em 4 de abril de 2019 
  17. Mattos, Adriana; Filgueiras, Maria Luíza (5 de junho de 2018). «Advent compra 80% do Walmart». www.valor.com.br. Valor Econômico. Consultado em 4 de abril de 2019 
  18. «Hipermercados BIG». Walmart Brasil. Consultado em 15 de novembro de 2017 
  19. «BIG clic, BIG compras». Hipermercado BIG (salvo em Wayback Machine). 4 de fevereiro de 2006. Consultado em 4 de março de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]