Redeconomia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Redeconomia é uma rede de supermercados da cidade do Rio de Janeiro.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Filial do Redeconomia em Magé

No ano de 1998, em agosto, foi criada a Rederj - Associação Redeconomia de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro, quando sete supermercados: Cariocão, Celma, Feira Nova, Germans, Princesa, Rosana e Torrebela - com um total de 37 lojas, que passaram a operar sob uma marca comercial unificada.[2] A estratégia foi uma forma de competir em pé de igualdade com outras empresas maiores, nacionais ou transnacionais, em condições de estabelecer parcerias com Produtores, Distribuidores e Fornecedores de Serviço foi a que pareceu viabilizar mais profundamente os objetivos pretendidos.

No decorrer de oito anos desde sua fundação, a Redeconomia recebeu a adesão de outras oito empresas: Flor da Posse, Impacto, Montreal, Polisuper, Rei, Rei do Rio, Rainha da Serra, Rainha da Figueira e Zona Norte - operando, em julho de 2005, com setenta lojas, e consolidando a posição de maior rede associativista no país.

No início de 2009 a rede se uniu a outra rede associativa: o Multi Market, gerando a Multieconomia. A fusão durou poucos meses, sendo desfeita em setembro, quando as duas redes voltaram a atuar em separado.[3]

A rede reúne outras pequenas redes de supermercado que anteriormente atuavam independentemente:

  • Cariocão Supermercados
  • Polisuper Supermercados
  • Celma Supermercados
  • Rainha da Figueira
  • Feira Nova Supermercados
  • Rei do Rio Supermercados
  • Flor da Posse Supermercados
  • Rei Supermercados
  • Impacto Supermercados
  • Zona Norte Supermercados
  • Montreal Supermercado
  • Compre Mais

Slogan[editar | editar código-fonte]

Rede Economia - Tudo Pra Você Economizar Mais.

Referências

  1. Bruna Caldas, Folha Dirigida (1 de março de 2013). «Redeconomia abre seleção para 115 vagas no Rio. 1º e 2º graus». Consultado em 23 de janeiro de 2015 
  2. Redeconomia. «Empresas». Consultado em 23 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 28 de janeiro de 2016 
  3. Fecomércio. «A associação faz a força» (PDF). p. 45. Consultado em 23 de janeiro de 2016. Arquivado do original (PDF) em 23 de janeiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikidata Base de dados no Wikidata