Extrafarma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Extrafarma
Empresa de capital fechado
Slogan Pra Você Viver Melhor
Atividade Varejo
Fundação 1960
Fundador(es) Pedro de Castro Lazera
Sede Belém, PA,  Brasil
Área(s) servida(s) Regiões Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil
Proprietário(s) Pague Menos
Pessoas-chave André Covre
Produtos Farmácias
Faturamento Aumento R$ 1,417 bilhão (2015)[1]
Website oficial www.extrafarma.com.br

Extrafarma é uma empresa de distribuição e comércio de produtos farmacêuticos pertencente a Pague Menos. A empresa está entre as 10 maiores redes de farmácias do Brasil, com lojas nas Regiões Norte e Nordeste.[2][3][4][5]

História[editar | editar código-fonte]

Pedro de Castro Lazera fundou em 2 de Dezembro de 1960 a Imifarma, inicialmente focada no mercado de distribuição de medicamentos.[6]

Na década de 1990, a Imifarma passou a operar no mercado de varejo por meio de rede própria de farmácias sob o nome Extrafarma. A rede de lojas começou em Belém e expandiu-se para outras áreas do Pará e para os estados de Amapá, Maranhão, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte.[6]

Em setembro de 2013, a Extrafarma foi adquirida pelo Ultra por 1 bilhão de reais. Com a aquisição, o Ultra entrou no setor de varejo farmacêutico e fez da Extrafarma seu terceiro negócio de distribuição e varejo especializado, ao lado de Ipiranga e Ultragaz.[7][8]

Com a aquisição, o processo de expansão da Extrafarma passaou a ser beneficiado por maior acesso a capital e pela oportunidade de abertura de farmácias dentro de postos de gasolina Ipiranga e revendas Ultragaz.[9]

A Extrafarma possui mais de 254 lojas nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil[1] e em 2015 teve um faturamento anual estimado em 1,4 bilhão de reais.[10][2][3]

Em maio de 2021, o Grupo Pague Menos fez uma oferta pela Extrafarma por R$ 700 milhões.[11] A Extrafarma faz parte das empresas do Grupo Ultra e engloba as 10 maiores redes de farmácias do Brasil, com cerca de 400 lojas em 10 estados, distribuídas no Norte e no Nordeste do país.[12][13] O Cade deve avaliar a venda no dia 22 de junho de 2022, quando dará parecer da venda,[14] a Ultrapar se mostrou preocupada quanto a venda não ser consumada, apesar da Superintendência do órgão ter recomendado a aprovação previamente.[15][16][17] O Grupo Drogaria Pacheco São Paulo (DPSP) participará do ato de concentração como parte interessada no processo.[18][19]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Prêmio ADVB-PA - Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil: Prêmio Top Empresa Socioambiental, 2012.[20][21]

Referências

  1. a b Ultrapar (31 de Dezembro de 2015). «Ultrapar Relatório de 2015». Site da Ultrapar. Consultado em 4 de Novembro de 2016 
  2. a b Ronaldo D´ercole (1 de outubro de 2013). «Grupo Ultra compra rede de drogarias Extrafarma por R$1 Bilhão». Globo. Consultado em 4 de Junho de 2015 
  3. a b Monica Scaramuzzo e Adriana Mattos. «Extrafarma negocia venda de participação para fundos». Plancorp. Consultado em 4 de Junho de 2015. Arquivado do original em 13 de junho de 2015 
  4. «Extrafarma se associa ao grupo Ultra». Diário Online. Consultado em 4 de Junho de 2015 
  5. Marcos Mortari (30 de setembro de 2013). «Ultrapar compra dona da Extrafarma e entra no setor de varejo farmacêutico». InfoMoney. Consultado em 4 de Junho de 2015 
  6. a b Beatriz Ces (1 de fevereiro de 2013). «Extrafarma negocia venda de parte da empresa para financiar a expansão». CosméticaNews. Consultado em 4 de Junho de 2015 
  7. Érika Pinheiro Rosa (30 de setembro de 2013). «Grupo Ultraframa compra a rede de farmácias Extrafarma por R$ 1 bi». MaranhãoMaravilha. Consultado em 4 de Junho de 2015 
  8. «Extrafarma anuncia associação com o grupo Ultra por R$ 1bilhão». ORMNews. 30 de setembro de 2013. Consultado em 4 de Junho de 2015 
  9. «Ultra compra Extrafarma por R$ 1 bi». Valor. 1 de outubro de 2013. Consultado em 4 de Junho de 2015 
  10. «As 10 maiores redes de farmácias do Brasil». ÉpocaNegócios. 4 de março de 2013. Consultado em 4 de Junho de 2015 
  11. Ultrapar confirma a venda da Extrafarma para a Pague Menos; entenda o que muda para as companhias Seu Dinheiro
  12. Ultrapar confirma a venda da Extrafarma para a Pague Menos; entenda o que muda para as companhias Seu Dinheiro
  13. «Números Abrafarma». abrafarma. Consultado em 20 de fevereiro de 2020 
  14. «COMUNICADO AO MERCADO». Pague Menos RI. 9 de maio de 2022. Consultado em 21 de junho de 2022 
  15. «Negócio ameaçado? Ultrapar (UGPA3) diz que venda da Extrafarma pode não sair». Seu Dinheiro. 10 de maio de 2022. Consultado em 21 de junho de 2022 
  16. «Cade deve julgar venda da Extrafarma para Pague Menos no dia 22». Valor Econômico. 14 de junho de 2022. Consultado em 21 de junho de 2022 
  17. «Superintendência do Cade recomenda aprovação de compra da Extrafarma pela Pague Menos com restrições». Conselho Administrativo de Defesa Econômica. 9 de maio de 2022. Consultado em 21 de junho de 2022 
  18. «DPSP contesta venda da Extrafarma em julgamento no Cade». 15 de junho de 2022. Consultado em 21 de junho de 2022 
  19. «Pauta da sessão de julgamento da próxima quarta-feira (22/06) é publicada. Confira!». Conselho Administrativo de Defesa Econômica. 15 de junho de 2022. Consultado em 21 de junho de 2022 
  20. «ADVBPA premia empresas top do mercado paraense». DOL. 13 de dezembro de 2012. Consultado em 4 de Junho de 2015 
  21. «ADVBPA premia as melhores práticas». Diário do Pará. Consultado em 4 de Junho de 2015