InBrands

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
InBrands
Razão social Inbrands SA
Empresa de capital fechado
Atividade Varejo, Têxtil, Moda
Gênero Privada
Fundação 30 de junho de 2007 (12 anos)
Fundador(es) Nelson Alvarenga Filho e Americo Fernando Rodrigues Breia
Sede São Paulo,  Brasil
Área(s) servida(s)  Brasil
Acionistas FIP PCP 40,7% e NABR Investimentos 39,6%[1]
Lucro Baixa R$ 14 milhões (2012)[2]
Faturamento Aumento R$ 1 bilhão (2012)[2]
Significado da sigla Iconic Brands
Antecessora(s) Ellus
Website oficial InBrands.com.br

A InBrands é uma holding de alto padrão detentora de marcas de moda e confecção do Brasil. Foi criada em 2007 a partir da Ellus, e é a segunda maior do gênero no país.[3]

A InBrands comercializa as marcas Ellus, Ellus Second Flor, VR Menswear, VRK, Selaria Richards, Richards, Salinas, Herchcovitch;Alexandre, Mandi, Bobstore e G-Star Raw.[4] Desde 2012 detém os direitos de distribuição e comercialização da Tommy Hilfiger no Brasil[5] e já foi a maior acionista da Luminosidade, empresa que controla o São Paulo Fashion Wek e o Rio Fashion Week até 2013.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Daniela Barbosa (15 de junho de 2012). «5 coisas que você deve saber sobre a InBrands, a maior sócia do SPFW». Exame. Consultado em 18 de agosto de 2016 
  2. a b c Marina Gazzoni (16 de dezembro de 2013). «Inbrands arruma a casa para voltar às compras». Exame. Consultado em 14 de março de 2017 
  3. Samantha Lima (14 de outubro de 2011). «InBrands é uma beleza só na passarela». Exame. Consultado em 18 de agosto de 2016 
  4. InBrands. «Nossas Marcas». InBrands.com. Consultado em 14 de março de 2017 
  5. Estadão Conteúdo (12 de novembro de 2012). «Tommy Hilfiger faz joint venture com o grupo Inbrands, da Ellus». Época Negócios. Consultado em 18 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.