Grupo Zema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grupo Zema
Razão social Domingos Zema & CIA.
Sociedade limitada
Atividade Eletrodomésticos, eletroeletrônicos, móveis
Gênero Varejo
Fundação 12 de maio de 1923 (96 anos)
Fundador(es) Domingos Zema
Sede Araxá, Minas Gerais
Presidente Ricardo Zema
Empregados 4.000 (2011)
Renda líquida 1,2bi milhões (2012)
Website oficial www.grupozema.com.br

Grupo Zema é uma empresa brasileira sediada em Araxá no Estado de Minas Gerais fundada em 12 de maio de 1923 por Domingos Zema.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O grupo iniciou com a fundação da Casa Sport, primeira empresa de acessórios, peças e lubrificantes automotivos da cidade de Araxá em 12 de maio de 1923.[1] A empresa foi fundada por Domingos Zema que posteriormente começou a construir carroças e alugar carros.[2] Em 1936, foi criado o primeiro posto de combustível da cidade por Domingos.[3] Em 1969, o grupo comprou um segundo posto iniciando o processo de expansão da marca. Na década de 70 com a compra de uma concessionária da General Motors e com a compra de uma loja Frigidaire, (inicialmente vendia-se geladeiras com essa marca) eles começaram a vender eletrodomésticos.[4]

Subsidiárias[editar | editar código-fonte]

  • Auto Peças
  • Auto Zema
  • Moto Zema
  • Consórcio Zema
  • Zema Moda
  • Zema Financeira
  • Zema Eletro
  • Zema Petróleo

Lojas Zema[editar | editar código-fonte]

Anteriormente conhecida como Eletrozema, tem como foco principal em cidades do interior onde oferece menos concorrência e mais produtos acessíveis.[4] Seu faturamento em 2012 chegou em 980 milhões de reais e foi considerada a quarta maior rede em número de lojas e 12ª maior em vendas.[4]

Zema Petróleo[editar | editar código-fonte]

Em 22/11/2018 foi anunciado que o grupo francês Total adquiriu o negócio de postos do grupo[5]. A empresa de postos de combustíveis do grupo revendia mensalmente 50 milhões de litros de combustível[4] nas 230 franquias em cinco estados do Brasil.[6].

Referências

  1. a b «Nossa História». Zema. Consultado em 29 de setembro de 2014 
  2. «Combate à sonegação fiscal é bandeira do Brasilcom» (PDF). BrasilCom em Ação (6). Consultado em 29 de setembro de 2014 
  3. «AL-MG 29/04/2014 - Pg. 5». Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais. Ministério da Justiça. 29 de abril de 2014. Consultado em 29 de setembro de 2014 
  4. a b c d Loureiro, Michele (24 de dezembro de 2012). «O rei dos grotões é o grupo Zema». Exame. Grupo Abril. Consultado em 29 de setembro de 2014 
  5. «Francesa Total compra Zema Petróleo, com 280 postos». Valor Econômico 
  6. «Zema Petróleo». Zema. Consultado em 29 de setembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]