Guerra civil no Mandato da Palestina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guerra civil no Mandato da Palestina
Parte da(o) Conflito árabe-israelense
Katamon.jpg
Data 30 de novembro de 194714 de maio de 1948
Local Mandato Britânico da Palestina
Desfecho Declaração de independência do Estado de Israel, que levou a explosão da Guerra árabe-israelense de 1948
Combatentes
Judeus da Palestina (Haganá,
Palmaj,
Irgún,
Lehi)
Árabes da Palestina (Exército da Guerra Santa,
Exército Árabe de Libertação)
Flag of the United Kingdom.svg Forças militares do Reino Unido na Palestina
Principais líderes
Yigael Yadin,
Yigal Allon,
Menachem Begin
Abd al-Qadir al-Husayni,
Fawzi al-Qawuqji
General Gordon MacMillan

A guerra civil durante o Mandato da Palestina (também chamada de guerra palestino-sionista) ocorreu entre 30 de novembro de 1947 (um dia depois da aprovação, pelas Nações Unidas, do Plano de Partilha da Palestina, que marcou o fim do Mandato Britânico na região) e 14 de maio de 1948.

Este período é o primeiro estágio da Guerra da Palestina de 1948, durante a qual os judeus e os árabes da Palestina se confrontaram, enquanto os britânicos, que supostamente tinham a obrigação de manter a ordem e garantir a segurança da região, organizaram a sua retirada, intervindo apenas ocasionalmente.

A fase seguinte, a Guerra árabe-israelense de 1948, iniciou-se em 15 de maio de 1948, com o fim do Mandato Britânico e a criação do Estado de Israel, quando o conflito na Palestina tornou-se uma guerra total entre o novo Estado judeu e seus vizinhos árabes.

Ícone de esboço Este artigo sobre um conflito armado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.