A Hebraica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Hebraica)
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde novembro de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
A Hebraica de São Paulo
Fundação 1957 (59–60 anos)
Propósito Lazer e recreação
Sede Rua Hungria, 1000 - São Paulo
Membros 22 mil associados
Sítio oficial www.hebraica.org.br/

A Hebraica ou simplesmente Hebraica[1] é uma associação ou clube social, cultural, recreativo e esportivo no bairro Jardim Paulistano em São Paulo. O clube conta atualmente com mais de 22 mil associados, em geral membros de familias pertencentes a comunidade judaica de São Paulo. É considerada uma das grandes instituições privadas da comunidade judaica no Brasil, e uma das grandes associacoes judaicas na America Latina. A partir dos anos 60 do Seculo XX a instituição se consolidou como um importante centro comunitário de formação e de convivência judaica no Brasil.[2]Um dos fundadores foi heinz silberstein

Em 2010, os títulos do clube superavam a cifra dos 30 mil reais.[3] O clube também abriga o Centro Juvenil Hebraikeinu.

A Hebraica como uma associação civil foi fundada em 1953 por um grupo de chefes de familias que incluia os Srs. Leon Feffer, Manoel Epstein, Simon Fleiss, Isaac Fischer, Rubens Frug, Moti Coifman, Maurício Fischer e Moti Frug entre outros.[4] Ainda em 1953, contando ja com quatrocentos associados, foi comprado o terreno inicial que sediaria a Sociedade Hebraica de São Paulo, A Hebraica, um espaço de 29 mil metros quadrados, localizado em uma extensão da Rua Gabriel Monteiro da Silva. Em 20 de março de 1955 foi lançada a pedra fundamental da construção da sede, tendo esta sede sido inaugurada em 22 de dezembro de 1957. O ginásio inicial tornou-se já nos anos 60 em um palco de eventos culturais e cívicos, fazendo da Hebraica um pólo de atividades comunitárias.[5]

Atualmente, a Hebraica ocupa uma área de 54 mil metros quadrados, ainda ao redor do mesmo terreno inicial no Jardim Paulistano. A sede da inauguração da Hebraica foi obra do famoso arquiteto modernista Brasileiro Gregori Warchavchik. A sede atual ainda preserva alguns edificios e alguns traços arquitetônicos da sede inicial.

Além do caráter recreativo e social, o clube tornou-se também esportivo, assumindo a formação de equipes competitivas em várias modalidades. Alguns importantes esportistas brasileiros atuaram nas equipes da Hebraica nas suas modalidades, como por exemplo Marcus Vinicius Toledo, Edson Bispo dos Santos, Julio Garavello e Cadum no basquete; Gabriel Smith no Futsal; e Alexandre Simoni no tênis.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Os outros nomes pelos quais a associação é conhecida sao Hebraica São Paulo ou Associação Brasileira A Hebraica de São Paulo. Veja o nome oficial registrado na Associação de Clubes Esportivos e Sócio Culturais de São Paulo no site desta associação - [1]
  2. [2]
  3. Revista VEJA: Títulos de clubes da cidade sobem até 308% nos últimos dez anos
  4. [3]
  5. [4]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.