Hercílio Coelho Diniz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde março de 2019) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Hercílio Coelho Diniz
Hercílio Coelho Diniz
Deputado federal por Minas Gerais
Período 1 de fevereiro de 2019
a atualidade
Dados pessoais
Nome completo Hercílio Araújo Diniz Filho
Nascimento 14 de setembro de 1963 (55 anos)
Governador Valadares, Minas Gerais
Nacionalidade brasileiro
Partido MDB
Profissão Diretor-presidente do Coelho Diniz
Website www.herciliocoelhodiniz.com.br
linkWP:PPO#Brasil

Hercílio Araújo Diniz Filho, mais conhecido como Hercílio Coelho Diniz (Governador Valadares, 14 de setembro de 1963), é um empresário e político brasileiro.[1] Foi eleito deputado federal pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB) nas eleições de 2018,[2] altura em que era dono dos supermercados Coelho Diniz, uma das maiores redes do Vale do Rio Doce.[3]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Nascido em 14 de setembro de 1963, Hercílio Coelho Diniz tem 55 anos e é natural de Governador Valadares, do estado de Minas Gerais. De uma família de nove irmãos, ele é o primogênito dos homens.

Casado com Maria Luiza, é pai do Hercílio Neto, do Vinícius e do José Lucas, e avô de quatro netos; Guilherme, Isabela, Lara e Miguel.

A família também está presente na trajetória profissional de Hercílio. Ainda adolescente, com 14 anos, ele se juntou ao pai e ao avô Moisés na administração da Mercearia Governador, segundo empreendimento comercial da família; o primeiro, Armazém Diniz, fundado em 1961, funciona até hoje, no mesmo endereço: rua Marechal Floriano, 1515, mesmo número que Hercílio escolheu e utilizou durante a campanha eleitoral.

Em 1992, junto com o pai e cinco irmãos, Hercílio inaugurou o primeiro Supermercado Coelho Diniz em Governador Valadares. 26 anos depois, o grupo conta com 15 lojas distribuídas também nas cidades de Caratinga, Manhuaçu, Ipatinga, Coronel Fabriciano e Teófilo Otoni.

Carreira empresarial[editar | editar código-fonte]

Hercílio Coelho Diniz recebendo a Medalha da Inconfidência.

Responsável pela geração de 3.500 empregos diretos e mais de 10.500 indiretos, o grupo Coelho Diniz, do qual Hercílio é Diretor-Presidente, coloca em prática a famosa máxima: "em tempos de crise, trabalhe"; e mesmo no atual cenário econômico nacional, investe na expansão, com seis novas lojas em construção, sendo duas em Governador Valadares, e as outras em Ipatinga, Caratinga, Manhuaçu e Teófilo Otoni. Com as inaugurações das novas lojas, o número de empregos gerados pelo grupo pode passar dos 5.000.

Sua vida pública teve início a partir de intensa participação na sociedade civil, como Diretor Social da Associação Comercial e Empresarial de Governador Valadares (ACE GV); Conselheiro Diretor da Associação Mineira de Supermercados (AMIS) e Membro do Conselho Regional do Sesc Minas. Desde 2010, é presidente do Sindicato do Comércio de Governador Valadares.

Empreendedor nato, visionário, Hercílio é também um gestor aclamado e já laureado com diferentes homenagens, como o Mérito Empresarial pela FEDERAMINAS, Mérito Legislativo, pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais; a Medalha da Inconfidência, entre outros.

Com atuação história e consistente na filantropia, faz questão de apoiar, de maneira particular ou através do grupo Coelho Diniz, várias causas sociais. E mais que isso, tem a consciência e a percepção de que é preciso trabalhar pelo desenvolvimento não apenas como destacado comerciante, mas sobremaneira, com articulação e atuação política legislativa, defendendo sua cidade, a região e o estado de Minas Gerais.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Motivado pela indignação com o atual cenário  político e  pelas constantes denúncias de corrupção envolvendo  pessoas que foram escolhidas para representar o povo, Hercílio Coelho Diniz colocou o nome à disposição como candidato a Deputado Federal. Tendo como desejo, levar para a vida pública, sua experiência  de sucesso na  trajetória da vida privada, sempre baseado em suas principais característica como a liderança natural, caráter ilibado, perfil agregador e capacidade de dialogar com lideranças de diferentes vertentes políticas.

A filiação ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) teve como critérios de escolha exatamente esta possibilidade de diálogo, respeitando as diferenças, aprendendo com os mais experientes e trazendo a oxigenação necessária de um bom cidadão que tem sua vida pautada pelas boas práticas pessoais, profissionais e sociais, sem os antigos vícios que tanto envenenaram o cenário político nacional.

Os questionamentos constantes, o posicionamento crítico em relação aos fatos e atuações dos políticos do Brasil e até mesmo da região, que o levaram à condição de legítimo representante de um grupo heterogêneo, diverso e suprapartidário, mas com um imprescindível pensamento em comum: dialogar, unir forças e trabalhar pelo desenvolvimento das regiões mineiras tão necessitadas de mais saúde, mais emprego e mais qualidade de vida.

Em sua primeira candidatura a um cargo público, o Deputado Federal eleito por Minas Gerais obteve um resultado expressivo nas urnas, atingindo o número de 120.489 votos (1,20% dos válidos). Votado em 611 municípios, figura como majoritário em 25 cidades, sendo que em 18 delas, ele permanece como o mais votado, incluindo Governador Valadares, sua cidade natal no qual obteve 30.729 votos. Hercílio Coelho Diniz também foi o mais votado nos vales do Aço e Rio Doce, sendo o mais votado de seu partido, o MDB, com quase o dobro de votos do segundo colocado. Em Minas Gerais, HCD - apelido que se refere às iniciais do nome de campanha - ocupa 14º lugar, entre os Deputados Federais mais votados do Estado. Conhecido como uma força nova no cenário político, homem simples e trabalhador, Hercílio se prepara agora, para atuar na Câmara dos Deputados e a trabalhar para o desenvolvimento e crescimento das regiões que irá representar no Congresso Nacional.  

A empresa Coelho Diniz[editar | editar código-fonte]

Supermercado Coelho Diniz no Centro de Coronel Fabriciano.

O Coelho Diniz atua no ramo varejista supermercadista. Apresenta soluções eficientes e inovadoras, além de variedade, excelente atendimento e produtos das melhores marcas, a fim de merecer a preferência dos clientes, visando sempre a superação no que se propõe a fazer: atender com qualidade.

A empresa iniciou suas atividades há mais de 25 anos. Atualmente está presente em algumas cidades do estado de Minas Gerais. Possui 16 unidades de vendas, sendo 9 lojas em Governador Valadares, e as outras em Caratinga, Teófilo Otoni, Manhuaçu, Ipatinga e Coronel Fabriciano.

A região de Caratinga foi a primeira escolhida para iniciar o projeto de expansão fora da cidade sede. A loja que atende as cidades vizinhas foi inaugurada em 2008 e é responsável pela geração de 200 empregos diretos. Já no Vale do Mucuri, onde chegou com força total, já são duas lojas em Teófilo Otoni e outra com fase de prospecção para atender a região. Com isso o número de empregos diretos gerados na cidade, que hoje é de quase 400, passe de 500 postos de trabalho. Manhuaçu, com a obra rapidamente executada, teve a primeira loja inaugurada fora da cidade sede, em 2008, o que torna o empreendimento e a relação com a cidade e toda a chamada "região do café" muito especiais, uma vez que a política de preços baixos beneficia também as cidades vizinhas. Em Manhuaçu, o grupo gera mais de 200 empregos diretos, um número que também irá dobrar com a inauguração da nova loja, já em construção. As lojas em Ipatinga e Coronel Fabriciano somam quase 1000 empregos nas duas cidades, sem contar a nova loja em construção que será a maior da rede.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. O Estado de S. Paulo (2018). «Hercílio Coelho Diniz». Consultado em 4 de março de 2019. Cópia arquivada em 4 de março de 2019 
  2. Jornal Diário do Aço (9 de outubro de 2018). «Hercílio Diniz promete trabalhar com transparência e menos privilégios». Consultado em 4 de março de 2019. Cópia arquivada em 4 de março de 2019 
  3. Lucas Ragazzi (13 de fevereiro de 2019). «Empresário de sucesso, Hercílio Diniz quer redução de taxas e espaço para novatos». O Tempo. Consultado em 4 de março de 2019. Cópia arquivada em 4 de março de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.