Sobrália

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Sobralia (gênero botânico).
Sobrália
  Município do Brasil  
Símbolos
Brasão de armas de Sobrália
Brasão de armas
Hino
Gentílico sobraliense[1]
Localização
Localização de Sobrália em Minas Gerais
Localização de Sobrália em Minas Gerais
Sobrália está localizado em: Brasil
Sobrália
Localização de Sobrália no Brasil
Mapa de Sobrália
Coordenadas 19° 14' 06" S 42° 05' 52" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Região metropolitana Vale do Aço
Municípios limítrofes Alpercata, Tarumirim, Fernandes Tourinho, Engenheiro Caldas, São João do Oriente, Dom Cavati e Iapu
Distância até a capital 297 km
História
Fundação 30 de dezembro de 1962 (59 anos)[2]
Administração
Distritos
Prefeito(a) Roberto Moreira Rodrigues Júnior[3] (Republicanos, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 206,787 km²
População total (estatísticas IBGE/2019[1]) 5 553 hab.
Densidade 26,9 hab./km²
Clima tropical quente semiúmido (Aw)
Altitude 270 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 35144-000 a 35145-999[4]
Indicadores
IDH (PNUD/2010[5]) 0,631 médio
PIB (IBGE/2016[6]) R$ 49 481,26 mil
PIB per capita (IBGE/2016[6]) R$ 8 507,78
Sítio sobralia.mg.gov.br (Prefeitura)
camarasobralia.mg.gov.br (Câmara)

Sobrália é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se no Vale do Rio Doce e pertence ao colar metropolitano do Vale do Aço. Sua população estimada em 2019 era de 5 553 habitantes.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O desbravamento da região do atual município, até então povoada exclusivamente pelos índios Puris e Botocudos, teve início no começo do século XX, quando chegaram ao lugar vários exploradores em busca de terras férteis para a agricultura e pecuária. Com o passar do tempo, formou-se um povoado, denominado Córrego das Pedras e, mais tarde, Itaúba.[2] Dado o desenvolvimento populacional, foi criado o distrito subordinado ao município de Tarumirim e com o nome de Sobrália pelo decreto-lei estadual nº 1.058, de 31 de dezembro de 1943. A emancipação foi decretada pela lei estadual nº 2.764, de 30 de dezembro de 1962, constituindo-se pelo distrito-sede e pelo distrito de Plautino Soares.[2]

Geografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com a divisão regional vigente desde 2017, instituída pelo IBGE,[7] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária e Imediata de Governador Valadares.[8] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, fazia parte da microrregião de Governador Valadares, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Vale do Rio Doce.[9]

O principal córrego é o Córrego das pedras, que passa no centro da cidade e é transposto por 4 pontes. A pedra Itaúba é o principal ponto turístico, onde está localizado o "Cruzeiro". Muitas pessoas sobem lá para pagar promessas, outras simplesmente a passeio.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Saúde[editar | editar código-fonte]

Conta hoje com um posto do Programa Saúde em Casa na Sede e um Posto de Saúde na sede e outro no distrito. Duas ambulâncias para transporte de pacientes que precisam de atendimento fora da cidade. Possui também, em pleno funcionamento, um Conselho Municipal de Saúde que atua na fiscalização e contribui com idéias para o melhoramento da qualidade de vida da população. O Município participa do Convênio CISDOCE, cooperativa entre municípios, que viabiliza atendimento médico e laboratorial à toda população, com descontos consideráveis em consultas e exames ou isenção de pagamento para pessoas carentes. Conta, também com uma unidade da Farmácia Popular de Minas Gerais a partir do ano de 2011.

Educação[editar | editar código-fonte]

Sobrália conta com uma Escola Estadual que oferece o ensino da Fase Introdutória até o 3º ano do Ensino Médio. Conta ainda com duas creches (uma na Sede e outra no Distrito)e três Escolas Municipais (Nos Córregos Santa Terezinha e Caixa Larga e uma no distrito) que oferecem desde a fase introdutória até à oitava série do Ensino Fundamental. Conta ainda com transporte escolar que atende a maior parte da demanda da Educação Básica.

Cultura e lazer[editar | editar código-fonte]

Esporte[editar | editar código-fonte]

  • Itaúba Futebol Clube
  • Boka Juniors Futebol Clube
  • Associação Taekwondo Sobrália
  • Panelinha Futebol Clube (Futsal)
  • Associação ALMA (escalada em rochas)

Principais festas religiosas[editar | editar código-fonte]

  • São Sebastião (20 de janeiro) - Com leilão de bezerros doados pelos fazendeiros e outros animais,doados pela comunidade.
  • Mês de Maria (maio) - Coroação de Nossa Senhora e reza do terço todos os dias à noite com barraquinhas e leilões após e a, que já virou tradicional, canjiquinha com costelinha.
  • Festa de Nossa Senhora da Conceição e Santa Luzia - 5 a 13 de dezembro - Missa todos os dias. Nossa Senhora da Conceição é a Padroeira e Santa Luzia foi adotada na devoção pelo povo junto com o antigo Pe. Roberto Bocca (pároco - conhecido por Frei Roberto - in memorian).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Sobrália». Consultado em 1 de março de 2019. Cópia arquivada em 1 de março de 2019 
  2. a b c d Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Sobrália - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 19 de junho de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 13 de junho de 2013 
  3. «Candidatos a vereador Sobralia-MG». Estadão. Consultado em 16 de maio de 2021 
  4. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  5. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 8 de julho de 2014 
  6. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2016». Consultado em 1 de março de 2019. Cópia arquivada em 1 de março de 2019 
  7. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 25 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 25 de setembro de 2017 
  8. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome IBGE_DTB_2017
  9. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Divisão Territorial Brasileira 2016». Consultado em 25 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.