Vargem Alegre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde novembro de 2013).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para a cidade que era distrito de Miraí, veja São Sebastião da Vargem Alegre.
Município de Vargem Alegre
"Alegre mineira"
Vargem Alegre

Vargem Alegre
Bandeira indisponível
Brasão de Vargem Alegre
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Fundação 21 de dezembro de 1995 (21 anos)[1]
Gentílico vargem-alegrense
Prefeito(a) Neudimar Ferreira Campos (PDT)
(2017–2020)
Localização
Localização de Vargem Alegre
Localização de Vargem Alegre em Minas Gerais
Vargem Alegre está localizado em: Brasil
Vargem Alegre
Localização de Vargem Alegre no Brasil
19° 36' 28" S 42° 17' 52" O19° 36' 28" S 42° 17' 52" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Região
intermediária

Ipatinga IBGE/2017[2]

Região
imediata

Caratinga IBGE/2017[2]

Municípios limítrofes Entre Folhas, Caratinga e Bom Jesus do Galho
Distância até a capital 256 km
Características geográficas
Área 116,664 km² [3]
População 6 632 hab. estatísticas IBGE/2017[4]
Densidade 56,85 hab./km²
Altitude 500 m
Clima tropical quente semiúmido Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,631 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 45 680 mil IBGE/2014[6]
PIB per capita R$ 6 884,68 IBGE/2014[6]
Página oficial

Vargem Alegre é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Pertence ao colar metropolitano do Vale do Aço e sua população estimada em 2017 era de 6 632 habitantes.[4]

História[editar | editar código-fonte]

A área onde está situado o atual município de Vargem Alegre teve como primeiros proprietários Cândido José Machado (a quem o nome da principal avenida da cidade homenageia) e Maria Gabriella de Jesus, que doaram 50 hectares de terras situadas na margem direita do Ribeirão Sacramento. Nessa área surgiu um povoamento, cujo desenvolvimento observado culminou na criação do distrito de Vargem Alegre pela lei nº 1.039, de 12 de dezembro de 1953, com território desmembrado de Entre Folhas e passando a pertencer a Caratinga. A emancipação foi decretada pela lei estadual nº 10.703, de 21 de dezembro de 1995.[1]

Geografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com a divisão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística vigente desde 2017,[7] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária de Ipatinga e Imediata de Caratinga.[2] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, o município fazia parte da microrregião de Caratinga, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Vale do Rio Doce.[8]

O município de Vargem Alegre está integrado na bacia hidrográfica do Rio Doce e a temperatura média anual é de 23,3 °C, ficando os meses mais quentes com valores em torno de 28,3 °C, e os mais frios em torno dos 19,1 °C. O principal curso d’água é o ribeirão do Boi, sub-bacia do Rio Doce, que tem como afluentes: Córrego São Cândido, o Ribeirão Caratinga, e os córregos Cajuru, Rochedo.

A Unidade Básica de Saúde de Vargem Alegre é uma das e estruturas de saúde que da suporte básico diurno e parte da noite. Suporte avançado e básico, após determinado horário, deve ser encaminhado às cidades de Caratinga ou Ipatinga.

Refletindo a realidade brasileira, Vargem Alegre sofre com a degradação ambiental, principalmente devido à derrubada e queimadas da Mata Atlântica para criação de pastagens. O outrora caudaloso Ribeirão do Boi, hoje está densamente poluído pelo esgoto não tratado da cidade e assoreado. Assim como estão seus afluentes principais.Ponto culminante do município é a Pedra da Penha com aproximadamente 854 metros de altitude .

Cultura e lazer[editar | editar código-fonte]

Música[editar | editar código-fonte]

Praça da cidade
Festa do Arroz edição 2009

Na área musical, destaque é a banda de rock "Mahais", onde dois de seus integrantes, Rocky (vocal) e Mell (guitarra solo), são de Vargem Alegre. A "Mahais" iniciou sua jornada em 2001 a partir da reunião de cinco amigos parar se apresentar em um festival do qual já saiu campeã. Esse foi o estimulo necessário para a banda começar. Após 2 anos de sucesso nas cidades mineiras, realizou a gravação do primeiro CD, composto por músicas próprias que posteriormente veio a ser lançado pela Universal Music. Em 2010, a banda lançou o segundo disco, gravado em parceria com o técnico vargem-alegrense Ney Franco, intitulado "Alforria", com músicas de autoria de Ney em parceria com os integrantes da banda e seu produtor Michael Sullivan. A banda "Mahais" já participou de programas de televisão como atitude.com, A Tarde é Sua, Vídeo Show, Globo Esporte, Bem Amigos!, entre outros.

Outro conjunto destaque da cidade é o "Trio Pé de Cedro", conjunto formado em 2004 e que vem alcançando destaque em Vargem Alegre e cidades vizinhas com a música sertaneja raiz, base e especialidade de seu repertório, este constituído de músicas que foram sucesso com Tião Carreiro e Pardinho, Tonico e Tinoco, Dino Franco e Mouraí, Lourenço e Lourival, Milionário e José Rico e Pedro Bento e Zé da Estrada, assim como sertanejas mais modernas e dançantes.

Turismo[editar | editar código-fonte]

O tradicional Festival do Arroz atrai multidões e é bastante conhecida em Minas Gerais e até em outros Estados. É realizada pela Prefeitura Municipal, sem custos para população. Costuma ser realizado no mês de de Julho, 3 dias de festa (24 h por dia). O Festival do Arroz é realizado a mais de 20 anos, em 2010 a XXIV edição.

Esporte[editar | editar código-fonte]

Vargem Alegre também tem grande destaque a nível esportivo tanto na região metropolitana do Vale do Aço quanto a nível nacional. O time da cidade, SEVALE, tem grandes atuações em campeonatos amadores da região.

A nível nacional, o grande destaque é o técnico vargem-alegrense Ney Franco, que além de diversos títulos nacionais e internacionais na categoria de base do Cruzeiro, como profissional foi campeão (2005) e vice (2006) do Campeonato Mineiro com o Ipatinga, campeão da Copa do Brasil (2006), Campeão Carioca (2007) com o Flamengo e Campeão Paranaense (2010) com o Coritiba. Comandou a Seleção Brasileira sub-20, com a qual foi Campeão da Copa do Mundo FIFA Sub-20.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Vargem Alegre - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 25 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2013 
  2. a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 25 de setembro de 2017 
  3. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (15 de janeiro de 2013). «Área territorial oficial». Consultado em 25 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2013 
  4. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (30 de agosto de 2017). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2017» (PDF). Consultado em 25 de setembro de 2017 
  5. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 9 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 9 de setembro de 2013 
  6. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2014). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2014». Consultado em 3 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 3 de janeiro de 2017 
  7. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 25 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 25 de setembro de 2017 
  8. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1990). «Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas» (PDF). Biblioteca IBGE. 1: 76–78. Consultado em 25 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 25 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.