Hissène Habré

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Desenho do presidente Hissène Habré.

Hissène Habré (1942 - ), foi presidente do Chade entre 1982 e 1990, quando foi deposto.

Biografia[editar | editar código-fonte]

O governo de Habré se caracterizou por uma continua violação dos direitos humanos e foi classificado pela ONG Human Rights Watch como o "Pinochet da África".[1] Durante seu governo, estima-se que 40 mil pessoas tenham sido assassinadas em crimes políticos. Após ser deposto, Habré estabeleceu-se no Senegal.

Julgamento[editar | editar código-fonte]

No dia 20 de julho de 2015 Hisséne Habré foi levado a julgamento em Dacar, no Senegal, por crimes contra a humanidade durante seu governo. Foi acusado também de manter escravas sexuais.[2]

Até o final de outubro, o julgamento ainda não havia terminado, estimando-se que estaria ainda na metade. A Human Rights Watch considera o ex-presidente um ditador.[2]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hissène Habré


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.