Horst Ademeit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Horst Ademeit
Nascimento 8 de fevereiro de 1912
Breslau
Morte 7 de agosto de 1944 (32 anos)
Dünaberg
Nacionalidade alemão
Serviço militar
Patente Major

Horst Ademeit (8 de Fevereiro de 1912 - Dünaberg, (Desaparecido em ação) 7 de agosto de 1944) foi um piloto de caça alemão durante a Segunda Guerra Mundial tendo atingido a marca de 166 vitórias aéreas.[1][2][3]

História[editar | editar código-fonte]

Ele aprendeu a voar no período pré-guerra e como um reservista, recebeu o treinamento de piloto de caça.[1]

Na primavera de 1940, o então Unteroffizier Ademeit estava servindo com a 3./JG 54, onde teve a oportunidade de participar da Invasão da França e da Batalha da Inglaterra. Ele atingiu a sua primeira vitória em 18 de Setembro mas acabou sendo abatido sobre o Canal.[1]

Ele conseguiu saltar do avião e foi resgatado pelo serviço alemão. Em 4 de Outubro, Ademeit abateu um avião de reconhecimento Spitfire. Adameit acompanhou a I./JG 54 para a Rússia onde ele atuou na maioria das vezes em missões de ataque ao solo.[1]

Naquele fronte as oportunidades de combate aéreo eram constantes e o então Feldwebel Ademeit, servindo com a 1./JG 54, atingiu a sua 10ª vitória em 24 de Setembro de 1941, quando ele abateu um caça biplano russo I-15.[1]

Leutnant Ademeit chegou a sua 20ª vitória em 18 de Fevereiro, quando ele abateu um caça russoI-16. Em 11 de Janeiro de 1943, atingiu sua 33ª 34ª vitória, chegando a sua 40ª vitória em 7 de Março. Neste dia foi designado Staffelkapitän do 6./JG 54. Em 4 de Abril atingiu a sua 53ª vitória sendo então condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro no dia 16 de Abril.[1]

Em 22 de Junho, Ademeit registrou a sua 60ª vitória e em 3 de Agosto a vitória de nº 75 e a de 95 pouco tempo depois, em 4 de Setembro. Conseguiu chegar a marca das 100 vitórias aéreas em 15 de Janeiro de 1944 quando ele abateu três caças russos La-5 e um bombardeiro bimotor Pe-2.[1] Ademeit foi designado Gruppenkommandeur do I./JG 54 em 18 de Janeiro de 1944. Após a sua vitória de nº 120, o Hauptmann Ademeit foi condecorado com as Folhas de Carvalho (em alemão: Eichenlaub) da Cruz de Ferro (nº 414) em 2 de Março.[1]

Lá pela metade de Abril já havia chegado a marca de 150 vitórias. no início de Agosto de 1944, Ademeit foi apontado Kommodore da JG 54. Em 7 de Agosto de 1944, Ademeit perseguiu um Il-2 Sturmovik sobre as linhas russas, próximo de Dünaberg em seu Fw 190 A-5 (W.Nr. 5960).[1]

Não retornou desta missão e ainda é dado como desaparecido em combate até os dias de hoje. Parece que foi atingido por fogo inimigo de solo que danificou o seu avião e ele foi forçado a saltar. Foi promovido à patente de Major in absentia.[1]

À Horst Ademeit foram creditadas 166 vitórias em pouco mais de 600 missões, sendo destas, 164 na Frente Oriental.[1]

Patentes[editar | editar código-fonte]

Unteroffizier d.R. 1940[3]
Feldwebel d.R. 1940
Leutnant d.R. 1941
Oberleutnant d.R. 1943
Hauptmann d.R. 1944
Major d.R. 1944 póstuma

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Cruz de Ferro (1939) 2ª Classe 7 de setembro de 1940[4]
Cruz de Ferro (1939) 1ª Classe 5 de setembro de 1941[4]
Distintivo de Voo do Fronte da Luftwaffe em Ouro
Troféu de Honra da Luftwaffe 8 de dezembro de 1941[5][6]
Cruz Germânica em Ouro 25 de fevereiro de 1942[7]
Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro 16 de abril de 1943[8][9]
414. Folhas de Carvalho 2 de março de 1944[9][10]

Unidades[editar | editar código-fonte]

Comandos Militares
Precedido por
Staffelkapitän do 6./JG 54
março de 1943 - ?
Sucedido por
Precedido por
Hauptmann Walter Nowotny
Gruppenkommandeur do I./JG 54
4 de Fevereiro de 1944 - 8 de Agosto de 1944
Sucedido por
Hauptmann Franz Eisenach

Referências

  1. a b c d e f g h i j k «Horst Ademeit» (em inglês). Luftwaffe 33-45. Consultado em 27 de dezembro de 2010 
  2. WW2 Awards. «Horst Ademeit». Consultado em 27 de dezembro de 2010 
  3. a b «Horst Ademeit» (PDF) (em alemão). Ritterkreuztraeger. Consultado em 26 de janeiro de 2015 
  4. a b Thomas 1997, p. 2
  5. Obermaier 1989, p. 60
  6. Patzwall 2008, p. 40
  7. Patzwall & Scherzer 2001, p. 11
  8. Fellgiebel 2000, p. 113
  9. a b Scherzer 2007, p. 188
  10. Fellgiebel 2000, p. 79

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Fellgiebel, Walther-Peer (2000). Die Träger des Ritterkreuzes des Eisernen Kreuzes, 1939-1945. die Inhaber der höchsten Auszeichnung des Zweiten Weltkrieges aller Wehrmachtteile (em alemão). Friedburg: Podzun-Pallas. 472 páginas. ISBN 3-7909-0284-5 
  • Scherzer, Veit (2007). Die Ritterkreuzträger. 1939 - 1945 ; die Inhaber des Ritterkreuzes des Eisernen Kreuzes 1939 von Herr, Luftwaffe, Kriegsmarine, Waffen-SS, Volkssturm sowie mit Deutschland verbündeter Streitkräfte nach den Unterlagen des Bundesarchivs, Volume 1 (em alemão). Jena: Scherzers Miltaer-Verlag. 846 páginas. ISBN 978-3-938845-17-2 
  • Patzwall, Klaus D; Scherzer, Veit (2001). Das Deutsche Kreuz 1941 — 1945 Geschichte und Inhaber Band II (em alemão). Norderstedt, Alemanha: Verlag Klaus D. Patzwall. ISBN 978-3-931533-45-8 
  • Thomas, Franz; Wegmann, Günter (1987). Die Ritterkreuzträger der Deutschen Wehrmacht 1939–1945 Teil III. Infanterie Band 1: A–Be (em alemão). Osnabrück, Alemanha: Biblio-Verlag. ISBN 978-3-7648-1153-2 
  • Thomas, Franz; Wegmann, Günter (1997). Die Eichenlaubträger 1939–1945 Band 1: A–K (em alemão). Osnabrück, Alemanha: Biblio-Verlag. 458 páginas. ISBN 978-3-7648-2299-6 
  • Obermaier, Ernst (1989). Die Ritterkreuzträger der Luftwaffe Jagdflieger 1939 — 1945 (em alemão). Mainz, Germany: Verlag Dieter Hoffmann. 256 páginas. ISBN 978-3-87341-065-7 
  • Schaulen, Fritjof (2003). Eichenlaubträger 1940 — 1945 Zeitgeschichte in Farbe I Abraham — Huppertz (em alemão). Selent, Alemanha: Pour le Mérite. 158 páginas. ISBN 978-3-932381-20-1 
  • Spick, Mike (1996). Luftwaffe Fighter Aces. New York: Ivy Books. ISBN 0-8041-1696-2.